A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Com cara de jogão, Portuguesa e Londrina se enfrentam no Canindé

O primeiro turno da competição foi muito movimentado para os dois times, prova disto é a tabela de classificação. O alviceleste paranaense se encontra na 4ª posição, a Lusa vem logo abaixo, com dois pontos a menos.

Sem desculpas, vá ao Serra Dourada!

Saudações Rubro Negras!

Meus amigos! Nosso Atlético está cada dia mais forte e as notícias da semana animaram bastante todos atleticanos para o restante da temporada e até para 2016. Tem novidade sobre o jogo de sábado contra o Sampaio Corrêa, tem novidade no elenco, tem novidade até sobre o estádio Antônio Accioly!

Clima no Atlético é só risos! No time e na torcida.

Unanimidades - 16ª rodada #CartolaFC

Salve Cartoleiros!


quinta-feira, 30 de julho de 2015

O Borussia Dortmund de 2015/2016

Bem amigo aurinegro, eu sei que você sofreu com o time na temporada passada. Para esse ano, algumas coisas mudaram, outras não. Alguns poucos novos jogadores, um novo técnico e a promessa de um novo horizonte pela frente. O time fez uma pré-temporada calorosa, por sinal, na Ásia e certas coisas parecem ter mudado. Nem muito nem pouco, apenas mudaram.

Tuchel em um ano de desafios.

Sua imensa torcida QUER VOLTAR a ser feliz

     Fala, Turma da Fuzarca!

        Hoje vou fazer diferente, não vai ter o tradicional pós-jogo. Não quero escrever tudo que já venho escrevendo a meses... mesmos erros, mesmas falhas. Cansei!



           Vinhamos de três boas vitórias que encheram os olhos do já iludido torcedor. Lotamos São Januário, fizemos a festa, porém, mais uma vez, o resultado em campo encheu meus olhos... de lágrimas. Tomar outra goleada em casa - mesmo se fosse fora -  é inadmissível se tratando de Vasco da Gama.  E ontem (29), contra o Corinthians, mais uma goleada.

CHUCK NORRIS - 16ª RODADA DO #CartolaFC

Salve, salve, nação cartoleira e leitores do Linha de Fundo.

O desempenho do Chuck na última rodada ficou bem aquém dos esperado. Em uma rodada que muita gente passou dos 100 pontos não conseguimos sequer chegar aos 60 - um resultado bem ruim que pode ser explicado pelo estilo deveras destemido do noso Esquadrão. A rodada passada foi mais "lógica" e premiou o conservadorismo que não é muito nossa praia.

Nesta rodada essa lógica deve ser um pouco subvertida. Os dois jogos que iriam monopolizar as atenções/escalações foram antecipados e não valerão para o game fantasy. Na teoria, melhor para a 'ousadia e alegria' do Chuck. Na prática é hora de provar isso. Hora de pontuar alto. Não vamos colocar uma META, vamos deixar uma meta aberta. Quando a gente atingir a meta, nós vamos dobrar a meta. Bem fácil de entender, né?!. Ou não. Vamos ao nosso TIMAÇO da DÉCIMA QUINTA RODADA:

#CHUCK NORRIS16RODADA #VAMOSMITAR

PREÇO DO TIME: 170,45

DEFESA: Vamos apostar numa defesa pouco convencional, porém muito promissora para a rodada. Wilson joga em casa contra um Goiás que marca poucos gols fora de casa. Além disso é um goleiro com boa média de DD desde os tempos de Figueirense e Vitória. Goleiro bom de cartolafc. Nas laterais vamos com William que é lateral que nunca negativa, tem excelente média de RBs e enfrenta a Chapecoense que não assusta muito fora de casa. Egídio não precisa de justificativa: É MITO e titular quase fixo do Chuck. Na zaga dois jogadores que não deverão ser tão escalados, mas que jogam em casa contra times em crise técnica e que possuem média mesmo sem SG. Com sorte Luccas Claro e Marquinhos ainda podem fazer um golzinho de lambuja.

MEIO CAMPO: Um ladrão de bolas e dois meias bem ofensivos. Aliás, O LADRÃO deste campeonato. Ótavio é quase fixo aqui e não tem motivos pra sair. Sempre rende pontinhos preciosos, mesmo na crise. Em um jogo contra o Palmeiras no Allianz será muito exigido. Tem tudo pra MITAR. Éverton teve uma melhora absurda após a chegada de Guerrero: Está mais participativo, finalizando mais e chegando no ataque. Diego Souza é o CARA do Sport. Na Ilha vai assumir a responsabilidade e liderar o Leão em mais um triunfo convincente.

ATAQUE: André e Paolo Guerrero são UNAMINIDADES do Chuck. Ótima fase, jogando com a torcida a favor em um momento crescente. Menos de três gols da dupla será decepcionante. Para fechar o TRIDENTE vamos manter Rafael Marques que decepcionou rodada passada mesmo com o Palmeiras goleando. A paciência é uma virtude, diria o velho Chuck Norris. Com certeza Rafael se redimirá no domingo.

TÉCNICO: Sport tem o melhor aproveitameto da galáxia jogando em casa contra um Cruzeiro cambaleante e pouco confiável. Aposto em um jogo sem sobressaltos, uma goleada não seria absurda. Eduardo Baptista é um grande nome da nova geração de novos treinadores que estão surgindo.

BANCO DE RESERVAS: Danilo Fernandes [Sport], Alex Muralha [Figueirense], Vitor Ramos [Palmeiras], Matheus Ferraz [Sport], Jorge [Flamengo], Renê [Sport], Gabriel [Palmeiras], Edson [Flu], Dalessandro [Internacional], Clayton [Figueirense], Leandro [Palmeiras], Ricardo Oliveira [Santos]

Boa sorte a todos

XEPA - 16°Rodada

   Fala, Cartoleiros!

          Começo a semana sabendo que os principais jogos da rodada não valeriam para o Cartola, logo pensei "Que decepção", porém, o XEPA sempre contorna situações adversas, e nessa não será diferente.


Após saber as pontuações do Cartola

Corinthians goleia o time que continua sem respeito: Vasco!

Quem está acostumado a acompanhar aos jogos do Corinthians sabe do quanto o time tem problemas em ganhar com aqueles que estão na zona de rebaixamento. Diante do seu torcedor, o Timão conseguiu quebrar o feito e venceu por 3 a 0 o Vasco. Mas não ache que o jogo foi uma maravilha.

FOTO: @Corinthians

Galo mostra que não há campo neutro vestido de Preto e Branco

Galo prova pra Pato que quem fala demais dá bom dia a Cavalo.

Londrina movimenta elenco para segundo turno da 3ª divisão

Após um primeiro turno de boa campanha (4 vitórias, 4 empates e 1 derrota), Londrina tenta solucionar problemas no número de gols marcados e para isso, contrata mais dois atacantes.




O primeiro turno do campeonato brasileiro da série C chegou ao fim e neste período de 9 jogos o alviceleste paranaense obteve uma campanha regular: perdeu apenas uma partida, fora de casa contra o Brasil de Pelotas; venceu 4 partidas, 2 em jogos no qual foi mandante e 2 jogando como visitante; além dos 4 empates obtidos (3 deles sendo contra equipes que amargam as últimas posições da tabela e outro contra o atual vice líder, Juventude).  
Contudo, a o desempenho ofensivo do time não tem satisfeito a torcida. Foram apenas 8 gols em 9 jogos, média abaixo de um gol por jogo. E devido a isso, o Londrina foi ao mercado buscar reforços.
 Se durante o primeiro turno jogadores (ídolos da torcida inclusive) já tinham saído do clube, não foi diferente ao final dele; foi anunciada a rescisão contratual com Gustavo Xuxa (atacante).
Na mesma entrevista foi apresentado o volante Jumar de 29 anos que já tem passagens por clubes da série do futebol nacional, como Vasco e Palmeiras. Foi anunciada também a contratação de um velho conhecido dos tubarões de barbatanas: Bruno Batata, atacante de 30 anos que em 2014 jogou pelo Londrina na série D e devido à sua boa campanha, acabou se tornando um "xodó" da torcida. Ainda neste pacote o Londrina trouxe também o atacante espanhol Jonathan Toledo Giráldez, com 20 e jogador do Mansou Senior, terceira divisão do campeonato espanhol; em breve será apresentado.
  
Para a partida com a Portuguesa neste sábado, o Londrina não poderá contar com nenhuma das 3 contratações feitas, tendo em vista que a situação de nenhum dos atletas foi regularizada junto à CBF.

O histórico dia 29/07/2015 para os Xeneizes

Desde que foi anunciada a volta de Carlitos Tevez ao Boca Juniors, houve a ansiedade em cima de sua estreia, seu primeiro gol e seu rendimento em campo. A primeira partida, com certeza foi um marco importante. Uma vitória em casa diante do Quilmes em um jogo válido pelo Campeonato Argentino. O gol da volta desde então era o momento mais esperado dos Xeneizes durante este tempo... O gol que será lembrado sempre, assim como todas as suas conquistas, aconteceu na noite de ontem.

O JOGO DOS "SONHOS"

O jogo era válido pela Copa da Argentina, em Formosa (Mais de 500 Km longe de Buenos Aires) e o Boca Juniors estava em casa. A torcida ocupou 90% do estádio e ficou em êxtase com a classificação, a goleada e com o gol de Carlitos.

O Banfield quase abriu o placar aos 2 minutos de jogo. E só. O Boca dominou a partida e debutou à frente do marcador logo cedo: Tevez recebeu na entrada da área e chutou forte, o goleiro do Banfield rebateu e Pablo Pérez marcou o primeiro gol aos 5 minutos de jogo. Pablo Pérez, inclusive, vem em crescente gigante, sendo muito importante no meio campo do time azul e ouro, mas está suspenso para a próxima partida válida pelo Campeonato Argentino devido ao acúmulo de 5 cartões amarelos e mais sua posterior expulsão.

O time do Boca comemora o gol que abriu o placar em Formosa.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Ceará bate ABC fora de casa e volta a vencer após 12 rodadas

Comemoração do gol que deu a vitoria ao Ceara.
(Foto: Christian Aleckson/Cearasc.com)
Após 12 jogos sem vencer, o Vozão reencontrou os caminhos da vitória, conquistou seus primeiros 3 pontos jogando fora de casa e sua segunda vitória na competição. Mesmo com o resultado positivo, o Vovô continua na lanterna do campeonato e segue em busca de espantar a má fase.

Jejuns e recorde batidos na medida e hora certa


Precisão e concentração definem as provas de ciclismo, hipismo, pentatlo moderno, triatlo e tiro.  Os atletas brasileiros estavam bem equilibrados e conseguiram buscar medalhas em quase todas as competições durante o Pan-Americano de Toronto, Canadá.

Apenas uma categoria do ciclismo nos rendeu medalha. Nas provas de ciclismo de pista os brasileiros conseguiram dois bronzes e assim quebraram o jejum de 20 anos sem conquistas nos Jogos Pan-Americanos. Flávio Cipriano, Kacio Fonseca e Hugo Osteti, em velocidade por equipe, ficaram em terceiro lugar, atrás de Canadá e Venezuela. A conquista individual veio na modalidade Omniun com Gideoni Rodrigues Monteiro ocupando a também terceira posição.

Das magrelas para os pomposos cavalos. A equipe de hipismo brasileira trouxe três medalhas, uma de prata e duas de bronze. No concurso completo de equitação por equipes ficamos em segundo lugar e na outra prova de equipes, o adestramento, ocupamos a terceira posição. A medalha de bronze individual foi conquistada por Ruy Fonseca no concurso completo de equitação, ficando atrás apenas do estadunidense e do canadense.

No pentatlo moderno o nome de Yane Marques novamente esteve presente no pódio. Prata em Guadalajara e ouro no Rio, ela repetiu o feito da próxima cidade olímpica e deixou para trás a mexicana e a americana. Yane Marques é uma grande aposta brasileira para o Rio 2016.

Crédito: Divulgação Time Brasil

Deu no pé! Sérgio Malucelli desiste de parceria com o Figueirense

(Foto: Gazeta do Povo)
Tudo que ontem aparentemente estava totalmente acertado e que só faltava a assinatura, hoje teve uma reviravolta e não acontecerá mais. O empresário e presidente do Londrina, Sérgio Malucelli, informou na tarde desta quarta-feira (29) que ele não fará mais parte do grupo de empresários que irão investir no Figueirense pelos próximos 15 anos. O motivo de sua desistência seria sua conversa com a família, e por isso preferiu permanecer com todo o seu foco no Londrina.

Conquistando vagas e corações dos brasileiros

Alguns esportes não são muito tradicionais do povo brasileiro, mas esses carimbaram medalhas, deram o primeiro passo do projeto elaborado ou conquistaram o público para os prestigiarem na disputa dos jogos no Rio 2016. Em Toronto, no Pan-Americano, as modalidades de badminton, golfe, hóquei sobre grama e rúgbi nos somaram quatro medalhas recheadas de esperança.

Um esporte sem patrocínio e que vem invadindo as aulas de Educação Física e projetos sociais, o badminton somou duas medalhas de prata e uma de bronze. Nos jogos de dupla, os brasileiros subiram ao segundo lugar do pódio no feminino e no masculino com Lohaynny Vicente e Luana Vicente, e Daniel Paiola e Hugo Arthuso. Na dupla mista formada por Lohaynny Vicente e Alex Tjong, estes conseguiram a terceira posição, logo a medalha de bronze. Com o pequeno apoio da Confederação Brasileira de Badminton (CBHb) os atletas que vão para o Campeonato Mundial na Indonésia em agosto irão arcar com os próprios custos. Mas todos estão muito felizes com os resultados pan-americanos e a classificação para a primeira participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Crédito: CBBd

A Locomotiva Rubro Negra está de volta!

Saudações Rubro Negras!

Bem amigos do Linha de Fundo! O Atlético venceu o CRB e a arbitragem ontem no Estádio Serra Dourada pelo placar mínimo em um jogo bem complicado, porém inteiramente dominado pela equipe goiana. Foi a segunda vitória em dois jogos sob o comando interino de Gilberto Pereira, primeira vez no ano com essa sequência. Seria um sinal?


O Atlético começou o jogo tendo domínio da posse de bola e teve sua primeira chance aos 13 minutos com Viçosa, em um desvio fraco para o gol com a defesa do goleiro Juliano. Aos 20 foi a vez de Marllon concluir de cabeça após cobrança de escanteio e mandar para a linha de fundo com a bola tirando tinta da trave alagoana. Aos 36 Willie fez boa jogada pela direita, invadiu a área e chutou para uma boa defesa do goleiro. No fim do primeiro tempo o CRB teve a sua única chance antes do intervalo, Zé Carlos recebeu na área e isolou a redonda para alegria do goleiro Márcio, que foi mero espectador do jogo.

Na segunda etapa, o jogo continuou com domínio absoluto rubro negro, que aos quatro minutos já havia chegado com Viçosa. Mas aos 15 minutos o técnico Gilberto Pereira promoveu a troca de Willie por Juninho e, aos 16, ele desviou um chute de Jorginho, colocando a bola pro fundo do barbante do CRB. Depois disso o Atlético deve mais 3 finalizações com Eron, Juninho e Viçosa, mas nenhuma delas passou pelo goleiro Juliano. Enquanto isso, Márcio assistia a tudo sem trabalhar em nenhum momento e a entrada de Rafael na zaga deu uma segurança absurda na defesa rubro negra.

Final de partida com o Atlético vencendo o bom time do CRB, que foi completamente anulado pela marcação atleticana, por 1-0 sem grandes dificuldades. Destaques para Arthur, incansável no ataque, Juninho, que foi o autor do gol da vitória, Feijão, que foi um monstro na meia cancha, e os zagueiros Marllon e Rafael, que neutralizaram qualquer chegada do Galo de Alagoas.

O Atlético está a procura de um novo técnico, mas está bem claro que a solução já veste Rubro Negro e já está no comando. Gilberto Pereira nos salvou em 2013 e hoje está fazendo um ótimo começo de trabalho ao lado de João Paulo Sanches, tem o aval dos jogadores e da torcida. Efetiva o Gilberto, Adson!

Único destaque negativo foi a fraca arbitragem do senhor João Batista de Arruda, que deixava de marcar faltas claras pelo bem de um suposto futebol mais dinâmico. Titia CBF tem dado essa instrução aos árbitros, mas quem faz o jogo bonito e sem faltas são os próprios jogadores. Falta é falta! Fora que este senhor inverteu faltas quando as marcou e aplicava cartão apenas para um dos clubes, sem critério algum. Queria fazer um pedido ao presidente da Federação Goiana de Futebol para que possa interceder por nós, pois já perdemos as contas quantos pontos o Atlético já perdeu por conta disso.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1X0 CRB
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO) 

Data: 28/07/2015 
Horário: 21h50 
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ) 
Auxiliares: Gabriel Viana (RJ) e Silbert Sisquim (RJ)

Público: 1.070 pagantes 

Renda: 21.720 reais
Gol: Juninho 16’ 2T (1-0) Cartões amarelos: Marllon, Éder (Atlético)
ATLÉTICO-GO: Márcio; Éder Sciolla (Anderson Pedra), Marlon, Rafael e Eron; Feijão, Pedro Bambu e Jorginho; Willie (Juninho), Júnior Viçosa e Arthur (Geraldo). 

Técnico: Gilberto Pereira

CRB: Júlio César; Marcos Martins, Audálio, Gabriel e Pery; Olívio, Josa (Glaydson), Leandro Brasília e Cañete; Ricardinho (Gerson) e Zé Carlos. 

Técnico: Mazola Júnior

América se esforça pra perder e tem êxito

Na noite de terça feira, 28/07, o América enfrentou o Paysandu em Belém e fez a pior partida que eu já vi na minha vida. O coelho fez de tudo pra perder e conseguiu sair com a derrota por 2x0.

Vitória joga bem, mas não vence um Macaé fechado

Foto: valbahia.com
O clube baiano perdeu mais um vez a chance de assumir a liderança da competição. E dessa vez dentro de casa. Valeu para medir o nível de concentração dos atletas e competitividade do time para enfrentar um adversário esperto e com proposta de jogo defensiva bem definida.

O JOGO

No primeiro tempo, ambas as equipes não conseguiram criar chances claras de gol. Mesmo atrás, o Macaé finalizou mais contra a meta do Vitória com o perigoso Pipico e Anselmo. O Vitória teve apenas uma chance num desvio de cabeça de Pedro Ken, quando o goleiro operou uma boa defesa.

Segundo tempo

Na segunda etapa o jogo ficou mais aberto, não porque o Macaé saiu de sua proposta, mas porque o Vitória passou a descer num 4-3-3 e correr mais riscos atrás. No entanto, o time do Rio de Janeiro teve apenas uma grande chance e o Vitória assustou muito mais com Kanu de cabeça, Rogério, que perdeu um gol frente ao goleiro, e Vander, que entrou bem no jogo e exigiu uma boa defesa do goleiro, também chutando outra bola da entrada da área no poste esquerdo da meta.

Apático, Botafogo faz seu pior jogo na Série B e quase perde no Nilton Santos

Na última terça, dia 28, o Botafogo recebeu o Criciúma no Nilton Santos pela 15ª rodada da Série B. Apesar de jogar em casa, onde segue invicto, o alvinegro não fez prevalecer o mando de campo. Se teve alguma coisa que prevaleceu, infelizmente, foi o 0 a 0. Foi sem dúvida um empate com gosto de derrota. Com o ponto conquistado, o Botafogo segue na liderança do campeonato com 29 pontos, apenas 2 a mais que Vitória, América e Náutico, os outros integrantes do G4 que, por sorte, tropeçaram na rodada. O próximo adversário do Glorioso é o Luverdense, também no Nilton Santos, sábado às 16h30.


O Lobo volta a uivar

(Foto: Fernando Torres/ASCOM Paysandu)
Na noite de hoje (28), o Paysandu entrou em campo para enfrentar o América-MG e novamente encarou um ex-técnico, dessa vez um ídolo, que comandava o clube quando o time conquistou seus títulos mais importantes. Depois de uma sequência de jogos sem vencer, o Papão reencontrou a vitória diante do Coelho no Mangueirão.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Náutico perde para o Paraná, mas continua no G4

Boa noite alvirrubros! Hoje (28/07) o Náutico foi até o sul do país enfrentar o Paraná na Vila Capanema. O timbu não entrou com o mesmo ritmo do jogo contra o Vitória e acabou levando os gols no início do jogo, o resultado final foi 2x0 para os donos da casa.

Náutico perde para o Paraná fora de casa

O triste fim do Guarani de Campinas

Mais uma vez o futebol moderno faz uma vítima. Desta vez o Bugre de Campinas, atolado em dívidas, não encontra uma luz no fim do seu túnel e se encaminha para o vale da sombra da morte.

Exemplo de clube quando o assunto era craques nos anos 80 e 90, o Guarani de Campinas, de nomes como Neto, Amaral, Careca, Evair, Amoroso e outros, alcançou destaque no cenário nacional na década passada e assim foi se tornando conhecido. Famoso por ser o único clube do interior Paulista a conseguir conquistar um Campeonato Brasileiro (1978) com seu esquadrão Verde e Branco, se tornou tradicional e fez sua história ser conhecida em São Paulo.

Esquadrão Imortal dono do Campeonato Brasileiro de 1978.
O Bugre foi se afundando em dívidas. Problemas e mais problemas tornaram o Guarani de Campinas um clube pequeno nos dias de hoje. A equipe amarga na triste Série C do Campeonato Brasileiro e na Série A-2 do Estadual. 

O Guarani também perdeu forças quando seu estádio foi leiloado. Sua torcida hoje não tem aquela força de antigamente e observam seu maior rival, a Ponte Preta de Campinas, alcançar a Série A do campeonato nacional, a Série A-1 do Estadual, disputando até as fases finais e chegando até a fase decisivas de campeonatos internacionais, como o caso da Sul-Americana contra o Lanús-ARG.

O Brinco de Ouro deixou de ser a Joia Rara..
É triste ver um time, que ao lado da Juventus da Mooca, Bahia e outros eram o terror do mata-mata, se tornar isso. Afundado na lama, é o que podemos usar para dizer como se sentem os torcedores do Bugre e o clube em si. Seus 104 anos foram jogados na sarjeta e é uma perda gigantesca para o cenário do futebol nacional.


''Hoje e sempre Guarani.''

Segundo teste para a equipe de Diego Simeone

Griezmann comemorando primeiro gol nessa temporadaFoto:www.gettyimages.com
Em seu segundo jogo da fase preparatória para o início da temporada, o Atlético de Madrid conseguiu uma belíssima vitória por 2 a 0 contra a equipe da Real Oviedo (Espanha) com gols de Griezmann na primeira etapa e Fernando Torres no segundo tempo, garantindo a vitória da equipe de Madrid.

Sérgio Malucelli confirma sociedade de 15 anos com o Figueirense

Sérgio Malucelli, presidente do Londrina

Na raça, Lusa não desiste e arranca empate no fim contra o Tombense


Foi um jogo que o torcedor lusitano deveria esquecer, até os 43 do segundo tempo. A Portuguesa perdia o jogo contra o Tombense por 2 a 0, em Muriaé, e a desorganização da equipe demonstrada em campo fazia com que o torcedor lusitano já lamentasse a derrota, foi aí que a Lusa mostrou que está com raça e não desiste nunca e foi atrás do empate, com dois gols marcados por Guilherme Queiróz em quatro minutos, aos 43 e 47 do segundo tempo, a Rubro-verde chegou ao empate com sabor de vitória fora de casa.

Londrina e Madureira não saem do zero em jogo tecnicamente fraco

A partida tinha clima de festa, marcava o retorno do Londrina ao Estádio do Café. O time entrou em campo com a consciência de que com uma vitória poderia assumir a liderança do grupo B da série C dependendo de um empate entre Brasil de Pelotas e Tupi.

Foto: Wellington Ferrugem

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Palmeiras massacra Vasco e leva o respeito para São Paulo

A equipe alviverde imitou o Avaí e goleou o Vasco em São Januário, levando o respeito embora para a capital paulista.

Palmeiras comemora um de seus 4 gols contra o Vasco.
(Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Nacional dá vexame no Acre

O Nacional bem que tentou, mas a falta de coragem e a retranca fizeram com que o time fosse derrotado pelo placar de 2x1, contra o Rio Branco. Danilo Rios marcou o gol do Leão no jogo. O time se complica, já que o adversário é considerado a terceira força do grupo. O próximo jogo é em Manaus, contra o Remo.

Time lúcido e com volume de jogo no 1 tempo. No 1 tempo.

Avaí perde pênalti, deixa escapar o empate e perde um ponto precioso

Avaí saiu da Ressacada na noite desse Sábado com derrota, que por pouco não foi um empate. Com uma virada no final do jogo, o Avaí teve a oportunidade de empatar - após um pênalti marcado aos 45 minutos - mas o goleiro do Furacão pegou o pênalti, que foi cobrado por Juninho. 

Avaí agora pega o Joinville no Domingo (02), às 16h.

Evandro salva novamente o Coritiba com gol no final

Evandro comemorando seu 1º gol marcado diante da torcida coxa-branca
(Coritiba/Divulgação)
Na tarde de ontem o Coritiba recebeu a equipe do Corinthians no Estádio Couto Pereira. E muito diferente das outras partidas, a equipe Coxa-branca mostrou muita raça para lutar de igual para igual até o final da partida contra um dos melhores times da competição e arrancar o empate aos 47 do 2º tempo.

Agora, o Verdão tem uma semana inteira para trabalhar, já que retorna a campo apenas no próximo domingo (02/08) contra a equipe do Goiás, em partida que acontecerá às 11h da manhã no Couto Pereira.

Náutico vence mais uma em casa e volta ao G4

Bom dia alvirrubros! No sábado, o Náutico recebeu o Vitória-BA na Arena Pernambuco e venceu por 2x1, gols marcados por Douglas e Rafael Pereira pelo Náutico e Rhayner, ex-Náutico, descontou para o Vitória. O jogo foi marcado pelas expulsões, duas para o time baiano (Elton e Mansur) e uma para o time pernambucano (Gaston Filgueira). O Timbu ainda não perdeu em casa, agora são 7 vitórias e 1 empate.

Selfie da vitória

Metrô dá a "Volta" por cima e vence a 1ª na Série D

Depois da estreia decepcionante na Série D semana passada, na derrota para o Lajeadense por 1x0, o Metropolitano fez o 1º jogo dentro de "casa" nesse campeonato. "Casa" isso porque o jogo ocorreu em Florianópolis, no estádio Orlando Scarpelli com portões fechados, devido a uma punição que o clube sofreu ano passado decorrente de uma discussão entre membros da diretoria alviverde e o árbitro Flávio Guerra, no intervalo do jogo contra o Tombense, pelas oitavas de final da Série D 2014. A punição foi que o clube deveria atuar com portões fechados por dois jogos em campeonatos nacionais. O 1º foi hoje, o 2º será contra o São Caetano, no dia 03/08. E por causa das condições do gramado do SESI, a diretoria resolveu mandar os jogos longe de Blumenau.

Assim foi o jogo entre Metrô e Volta Redonda: Jogo em Florianópolis e sem presença de torcida.(Foto: Sidnei Batista/Assessoria Metropolitano)

O heroico Club Atlético Boca Juniors

Gigante na partida, Tevez assegura vitória Xeneize.
Tevez no jogo frente ao Belgrano foi o retrato da cara do "novo Boca Juniors": Um jogador e um time que demonstram raça, vontade, determinação e inteligência aliada à uma boa técnica.

domingo, 26 de julho de 2015

Pra ingressar no G4, Lusa busca vitória diante do Tombense

Tombense e Portuguesa farão o primeiro confronto válido por competições oficiais (Foto: Divulgação/EI)

Só nos resta chorar...


Não dá mais. Outra derrota vergonhosa para um time extremamente ridículo em casa. É o fim da picada para o Goiás nesse Campeonato Brasileiro. Entramos definitivamente na zona de rebaixamento, e duvido muito que iremos sair. O lugar com esse time é na segunda divisão. Para os esmeraldinos, só nos resta xingar, protestar, e principalmente, chorar.

Acabou o caô e o tabu: Cirino ressuscita e Flamengo sonha



Depois de um início de ano complicado e cheio de problemas, o Flamengo finalmente parece ter encontrado o caminho das vitórias. Apesar dos desempenhos duvidosos, os jogadores rubro-negros podem se orgulhar dos resultados conquistados. Três vitórias em três jogos no Brasileirão e a esperança de um futuro melhor.

São Paulo derrota o Cruzeiro e cola no G4

Alexandre Pato comemorando seu gol. (saopaulofc.net)

Coxa arranca empate no fim de jogo diante do Corinthians

O Corinthians entrou em campo na tarde deste domingo em busca de somar mais três pontos, já que o Atlético-MG venceu o Figueirense por 1 a 0 e abria a vantagem provisoriamente na liderança do campeonato. O adversário era o Coritiba que amarga à zona de rebaixamento com apenas 10 pontos, não vencendo a cinco jogos.

Foto: globoesporte.com

Um Furacão (de emoções) em Floripa

Weverton, defende pênalti no acréscimos e garante vitória do Atlético. 

No clássico Nordestino, o Timbu foi mais aplicado e venceu

Foto: André Nery/JC Imagem
Em mais um clássico conturbado em Recife entre Náutico e Vitória, o time baiano viu seu concorrente direto virar o jogo e lhe ultrapassar na tabela de classificação. Em tarde de jogo decidido no banco de reservas e Lisca levou a melhor sobre Mancini.

Arsenal vence o Wolfsburg e conquista a Emirates Cup

Arsenal e Wolfsburg se enfrentaram para decidir o título da Emirates Cup. No jogo preliminar, o Villareal venceu o Lyon por 2-0 e ficou com 10 pontos, sendo assim o Arsenal necessitava de um empate ou gols para ficar com o título. Por ser torneio de pré-temporada, o Arsenal jogou mesclando titulares, reservas e promessas como Cech, Wilshere, Adelaide.

O JOGO:

Primeiro tempo foi modorrento, chato de assistir. Wolfsburg teve mais posse de bola, mas o Arsenal que teve as melhores chances. Aos 16 minutos, De Bruyne cruzou, mas o "Lord" Bendtner não conseguiu alcançar. Walcott jogou de centroavante e isso tem que ter fim, pois ele não sabe finalizar cara a cara com o goleiro, teve uma grande chance e o zagueiro travou. Aos 43 minutos, Monreal tocou para Ozil chutar cruzado e quase abrir o placar para o Arsenal. Destaque deste primeiro tempo para a habilidade apurada de Adelaide, promessa recém-contratada vindo do Lens e que tem apenas 17 anos.

Walcott comemorando seu gol
Foto: 101 Great Goals

Fluminense é chapecado pela arbitragem e sai do G4

Mais uma vez, o Fluminense foi prejudicado pelos seus principais inimigos nesse campeonato: a zaga e a arbitragem. No jogo de hoje, contra a Chapecoense, o Tricolor jogou bem e merecia a vitória. Não só merecia como teria caso o juiz Raphael Claus não alterasse tão significativamente o resultado da partida.

O primeiro tempo começou com chances para os dois times. Tanto o time alviverde quanto o tricolor poderiam ter aberto o placar. Acabou que numa saída de bola errada de Edson, o ataque do time da casa pegou nossa zaga desorganizada (ou deveria dizer em seu estado normal?) e fez 1-0. Nem houve tempo para comemoração por parte dos torcedores na Arena Condá, pois poucos minutos depois, o Fluminense empatou com o mesmo Edson que entregou o gol dos adversários com um belo chute de fora da área.

Gabigol brilha de novo e Santos vence Joinville

Gabriel comemorando um de seus gols
Após a boa vitória sobre o Sport no meio de semana pela Copa do Brasil, o Santos recebeu o Joinville na Vila Belmiro na manhã desse sábado (26/07) e precisando da vitória para respirar no campeonato, o Peixe bateu os catarinenses sem muitas dificuldades, com outra boa atuação de Gabriel, que anotou dois tentos.

Pouco objetivo, Bahia empata primeira em casa

O jogo entre Bahia e Botafogo na tarde de sábado pela série B do campeonato brasileiro reunia todos os elementos que compõem um grande jogo: Tradição, bom público, disputa por posições na tabela e rivalidade. Quando a bola rolou tivemos intensidade e luta para compensar a falta de qualidade técnica que por vezes ficava evidente no embate. O resultado foi um jogo bom, emocionante e disputado em alta rotação por muitos momentos.

O Botafogo vinha com uma série de problemas a equacionar: Desde o técnico interino, passando pela recente saída de jogadores importantes, até a utilização de seis jogadores da base para suprir as lacunas do elenco. O recente declínio técnico do líder do campeonato preocupava a torcida alvinegra. No fim das contas o saldo foi positivo: Liderança mantida com um empate contra um adversário direto à subida de divisão fora de casa.

O Bahia de Sérgio Soares também entrou em campo com uma alta dose de desconfiança da torcida tricolor. Time está tentando se reestruturar entre a volta de jogadores importantes [Kieza, Ávine], o declínio de outros [Pittoni, Maxi] e a chegada de novos atletas [Alexandro, Jailton]. O time não tem agradado nas últimas semanas, seja pelos resultados ruins ou pelo desempenho abaixo do aguardado. Neste jogo, mais motivos para o desconfiômetro do torcedor do Esquadrão atingir níveis alarmantes.

O treinador do tricolor tentou surpreender a equipe carioca. Montou a base da equipe durante a semana com Eduardo no time, o que indicava uma grande possibilidade do Bahia abandonar o 4-3-3 da última quarta-feira. No último instante, com a escalação do alvinegro decidida, optou pela entrada do centroavante Alexandro no time. Souza também voltou ao time titular após experimentar o banco por alguns jogos. Nas laterais dois jogadores com características ofensivas: O estabanado e voluntarioso Adriano e o ídolo da torcida Ávine.

O início do jogo refletiu o cenário esperado: O Bahia com um 4-3-3 base alta e com marcação forte no campo defensivo do Botafogo, intensidade nas fases de transição e muitas jogadas pelos lados do campo, sempre procurando o 2 contra 1 sobre o lateral alvinegro. Apesar da postura e do domínio territorial e de posse – tricolor teve 60% de posse acumulada nos 20 primeiros minutos – a produção ofensiva ficou abaixo do desejado, como tem sido praxe nos últimos jogos da equipe. Apenas um chute de Souza de fora da área e um pênalti não marcado em cruzamento de Ávine e o lateral esquerdo Jean desviou com braço. Muita transpiração, pouca inspiração.

Diante da evidente e esperada queda do ritmo inicial, sem a vantagem desejada no placar, Maxi passou a jogar centralizado, atrás da dupla de atacantes, repaginando o time no 4-4-2 losango, com Yuri no vértice defensivo e Real [esquerda] e Souza [direita] como armadores pelos lados. Na nova função em campo o argentino finalizou com perigo uma vez, de esquerda, assustando o goleiro Jefferson.

Souza voltou e melhorou seu desempenho. Mas segue devendo na parte ofensiva

Porém, logo na sequência o Botafogo abriu o marcador no primeiro ataque da equipe. Bola virada com rapidez encontrou o lateral esquerdo Luís Ricardo no mano a mano com Ávine. Ele abriu espaço com um belo drible e chegou à linha de fundo tabelando com Otávio, de cara com Douglas Pires cruzou para o meio e encontrou Luís Henrique livre. O jovem não encontrou dificuldades em finalizar com precisão. Uma ducha de água fria na torcida, mas um castigo merecido para a ineficiência tricolor.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana