A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quinta-feira, 19 de março de 2015

A história de Jobson no Botafogo

Jobson é um rosto conhecido no Botafogo. Jogador um tanto quanto polêmico que chegou ao clube em 2009. Ele foi uma peça superimportante para a permanência do Botafogo na série A do campeonato deste ano.

Avai jogará domingo contra o Marcílio Dias

Pela terceira rodada do Quadrangular da Morte, Avai pega o Marcílio Dias
A equipe do Avaí irá em campo domingo (22) enfrentar a equipe do Marcílio Dias no estádio Hercílio Dias, em Itajaí. O Avaí no Quadrangular da Morte, tem 3 Pontos com 1 vitória e 1 derrota, Derrota que aconteceu no ultimo jogo para Guarani De Palhoça por 5 x 3 e que fez o Geninho entregar o Cargo e dando a oportunidade para o Auxiliar Técnico Raul Cabral comandar a equipe até o final do Catarinense. O Avaí ainda não terá o seu artilheiro Anderson Lopes que pegou 3 jogos de suspensão e que foi a estrela no último jogo do Avaí contra o Marcílio que venceu de 4 x 3. A possível escalação do Avaí pode ser a seguinte:
Vágner; Pablo,Jeci,Antônio Carlos e Eltinho; Uelliton,Tinga,Marquinhos, Renan Oliveira e Denner; André Lima.

Figueirense sai na frente, mas deixa vitoria escapar no segundo tempo

Figueira chegou a estar vencendo por 2x0, mas decaiu no segundo no tempo e jogo terminou empatado.

Capitão Marquinhos comemorando o gol (Foto: Site Figueirense)

Estamos vivos, irmãos, estamos vivos

Em um daqueles jogos de levar torcedores ao pronto-socorro com problemas no coração, o leão venceu a 'Bolívia querida' e garantiu a classificação à próxima fase do Nordestão

Élber, autor de um dos gols rubro-negro
(Foto: Ricardo Fernandes/Superesportes PE)

Nivaldo: 41 anos de superação, glórias e muito amor a Chape

José Nivaldo Martins Constante ou simplesmente Nivaldo, completa neste dia 19/03, 41 anos. O goleiro nascido na cidade de Torres-RS, que chegou na Associação Chapecoense de Futebol em abril de 2006 para entrar para história do Verdão do Oeste.

O primeiro capítulo desta história começou a ser escrito no segundo semestre de 2006, comandado pelo treinador Agenor Piccinin, onde a Chapecoense conquistou o título da Copa Santa Catarina, que preparava as equipes para a disputa do Catarinense do ano seguinte. Em 2007, Nivaldo novamente como titular da equipe foi campeão Catarinense sobre o Criciúma, sempre passando muita confiança ao torcedor com belas defesas. Além do título, o goleiro foi considerado o melhor goleiro do campeonato.

Nivaldo completa neste dia 19/03 41 anos. (Foto:Sirli Freitas/Agência RBS)

Flamengo venceu Brasil de Pelotas, mas não convenceu

Flamengo jogou mal, mas venceu. (Foto: Fim de Jogo)
O Flamengo entrou em campo nesta quarta-feira (18) para o jogo da volta da Copa do Brasil contra o Brasil de Pelotas. Tendo conseguido uma vantagem de 2-1 na primeira partida, o rubro-negro só precisava administrar o resultado para passar de fase. Já o Pelotas se apegava ao passado, já que já eliminou os cariocas uma vez, e ao favoritismo imposto pela imprensa, que vinha fazendo a equipe do Sul parecer um bicho de sete cabeças. No fim, a dificuldade ficou só no papel.

Chapecoense faz mais um Inter de vítima e avança na Copa do Brasil

Virou rotina para a Chapecoense enfrentar times com nome de Inter e marcar 5 gols, na noite desta quarta-feira (18) a Chapecoense estreou na Copa do Brasil, o adversário era o desconhecido INTERporto do Tocantins. O tigre como é conhecido na cidade de Porto Nacional tinha até então disputado apenas 3 partidas no ano, todas no Campeonato Tocantinense.

A Chapecoense viajou a Tocantins depois de empatar com o Joinville fora de casa em partida válida pela 3° rodada do hexagonal do Catarinense. Para a partida o treinador Vinícius Eutrópio poupou a maioria de seus titulares. Novamente dando oportunidades a Hyoran e Bruno Rangel. Quem também teve nova oportunidade foi o lateral direito Pedro, que estreou no empate em 0x0 na ultima rodada da primeira fase do estadual jogando contra o Joinville.

Hyoran abriu o placar com um golaço de bicicleta. (Foto: Cleberson Silva/Chapecoense)
O JOGO

O primeiro tempo começou com o time da casa assustando a defesa do Verdão, logo aos 4 minutos João Pedro tocou para Valdo que chutou forte, a bola passou raspando o travessão do goleiro Nivaldo. Depois disso a Chapecoense confirmou o favoritismo e abriu o placar aos 26 minutos, Bruno Rangel alçou a bola para a área e Hyoran aproveitou para marcar um golaço de bicicleta. A partir daí começou o bombardeio do Verdão, que ampliou aos 30 minutos, desta vez Maranhão achou Rangel livre na área, o atacante teve calma e só empurrou para o fundo das redes. O terceiro gol saiu aos 38 minutos, Gil com um toque de calcanhar deixou Hyoran na cara do gol ampliando o marcador. O quarto gol saiu ainda no primeiro tempo, aos 40 minutos quando a defesa do time da casa saiu jogando errado, a bola caiu nos pés do matador Bruno Rangel que não perdoou e marcou seu segundo gol na partida e o quarto do Verdão.

Hyoran e Bruno Rangel foram os autores dos 5 gols do Verdão. (Foto: Ceberson Silva/Chapecoense). 
No segundo tempo e com o jogo já definido a Chapecoense diminuiu o ritmo, mas ainda faltava o gol da zoeira, foi então que aos 23 minutos Bruno Rangel driblou o zagueiro Alberto e o goleiro Carlão e marcou o quinto para a Chapecoense. Tudo indicava que seria mais um 5x0 da Chapecoense frente um time com Inter no seu nome, mas a equipe da casa reagiu duas vezes com o atacante Patrick, primeiro aos 36 minutos quando de cabeça diminuiu o placar e fez alegria do torcedor do Tigre que foi ao estádio, o segundo gol saiu aos 44 minutos, de novo de cabeça Patrik fechou o placar do jogo em 5x2 para a Chapecoense.

Versão 3 do "ué", brincadeira realizada pelo twitter oficial da Chapecoense após a vitória de 5x0 sobre o Internacional-RS. A zoeira jamais deverá ter fim.
Com o placar a Chape eliminou o jogo da volta e agora aguarda seu adversário na próxima fase, confronto que será disputado entre Sport e Cene.

BOLA CHEIA: Bruno Rangel e Hyoran, a dupla foi responsável pelos 5 gols do Verdão na partida, Bruno Rangel com seu oportunismo anotou 3 gols, enquanto o menino Hyoran duas vezes, um deles sendo uma pintura de bicicleta.

BOLA MURCHA: Roger, o centroavante que entrou no segundo se desentendeu com o meia Wesley quando o placar já marcava 5x0, os dois acabaram expulsos. Com isso o atacante fica fora da primeira partida na próxima fase e prejudica o Verdão.

FICHA TÉCNICA:

Local: Estádio General Sampaio, em Porto Nacional.
Cartões Amarelos: Valdo (Interporto
Cartão Vermelho: Wesley (Interporto) e Roger (Chapecoense).
Arbitragem: Sávio Pereira Sampaio, auxiliado por Ciro Chaban Junqueira e Luciano Benevides de Sousa

INTERPORTO:
Carlão; Luciano, Isac, Alberto (Rodrigo) e Amarildo; Paulo Roberto, João Pedro, Valdo e Wesley; Patrick e Fabinho (Matera). Técnico: Roberto Oliveira.

CHAPECOENSE:
Nivaldo; Pedro, Neto, Vilson e Richarlyson; Gil (Wanderson), Elicarlos (Jajá), Nenén (Roger), Hyoran e Maranhão; Bruno Rangel Técnico: Vinícius Eutrópio.

OH MINHA CHAPE, AMO VOCÊ, EU VOU CANTAR O JOGO INTEIRO PRA VOCÊ VENCER. ♪♪

Marcelo Weber | @acfmarcelo

Na volta de Pep Guardiola ao Camp Nou, Barcelona bate o City


Assim como na temporada 2013/2014, o Barcelona eliminou o City nas oitavas de finais. Nesta quarta-feira, os catalães ganharam por 1 a 0 no Camp Nou, graças a um gol de Rakitic após bela assistência de Messi.

O argentino teve uma noite excepcional, ele participou da maioria das jogadas ofensivas, além da assistência para Rakitic deu belos dribles e foi o Messi dos tempos de Guardiola. Ao final do jogo se rendeu ao talento do ex-pupilo: "É um luxo ver Messi jogar".

Mapa de calor de Messi
O jogo

O Barcelona começou em cima do City, aos 6 minutos de jogo Kompany perdeu a bola para Daniel Alves, que tocou para Neymar, o brasileiro chutou e foi direto na trave. Em seguida Messi tabelou com Iniesta e bateu para uma boa defesa de Joe Hart. Aos 31 minutos, Messi arrancou pela direita e fez um lindo lançamento para Rakitic na área. O croata dominou e tocou por cima de Hart para abrir o placar.

Depois do gol, o time da casa seguiu no controle do jogo e levando mais perigo. O ex-técnico do Barça não se segurou e foi flagrado pelas câmeras festejando o gol de Rakitic. Aos 44 minutos, Suárez recebeu grande passe de Messi, tocou com categoria na saída de Hart, e a bola acertou a trave.

Jogadores comemorando o gol de Rakitic
O domínio da equipe catalã foi grande, assim como no primeiro jogo o City só observou o Barcelona trocando passes e criando oportunidades de gols.

Estatísticas da primeira etapa
Na volta para a etapa final, os visitantes equilibraram a partida e assustaram após bobeira de Ter Stegen. O goleiro tentou sair jogando com o pé e foi desarmado por Aguero, que chutou para o gol. Piqué apareceu no meio da área para tirar de cabeça. Suárez respondeu aos 18' ao concluir na rede pelo lado de fora depois de jogada com Neymar e Messi.

O jogo criou certa tensão, o Barcelona queria mais um gol para consolidar a classificação e o City procurava o empate para tentar uma pressão nos minutos finais. Aos 31 minutos, em um lance duvidoso entre Aguero e Piqué, o argentino caiu, o árbitro adicional marcou a penalidade. Aguero foi para a cobrança e brilhou a estrela do jovem alemão na defesa.

Ter Stegen defendendo a penalidade de Aguero
Dez minutos após a defesa de Ter Stegen, Suárez teve uma bela oportunidade parando na bela defesa de Hart, aos 43 minutos o goleiro fez outro milagre em chute de Messi e nos acréscimos Neymar entrou cara a cara com o arqueiro do City, que evitou novamente o gol.

Na noite em que os catalãs tiveram seu ex-técnico presente no Camp Nou, Messi teve uma noite espetacular, Joe Hart fez pelo menos 10 importantes defesas, uma muralha no gol do City, fora o repertório de dribles entre Messi e Neymar.


FICHA TÉCNICA:
BARCELONA 1 X 0 MANCHESTER CITY

Estádio: Camp Nou, em Barcelona
Público: 92.000 mil espectadores.
Árbitro: Gianluca Rocchi (Itália), auxiliado pelos compatriotas Elenito Di Liberatore e Gianluca Cariolato.
Cartões amarelos: Daniel Alves (Barcelona); Fernandinho, Kolarov, David Silva e Nasri, Demichelis (Manchester City).
Gol: Rakitic (Barcelona).

Barcelona: Ter Stegen; Daniel Alves (Adriano), Piqué, Mathieu e Alba; Mascherano, Rakitic (Rafinha) e Iniesta; Neymar, Messi e Luis Suárez. Técnico: Luis Enrique.

Manchester City: Hart; Sagna, Kompany, Demichelis e Kolarov; Fernandinho e Yaya Touré (Bony); Milner (Lampard), David Silva e Nasri (Navas); Agüero. Técnico: Manuel Pellegrini.

Eu sou o Guilherme Luís e escreverei para vocês sobre o Barcelona.

#ViscaElBarca

Paysandu abre vantagem, mas deixa empatar

Nesta quarta-feira (18), o Paysandu entrou em campo para enfrentar o Águia Negra-MS, no Ninho da Águia. O jogo fora trazia a expectativa do clube alviceleste conseguir eliminar o jogo de volta e para isso acontecer o clube só precisava vencer por 2 gols de diferença. E, até os 21 minutos, o Paysandu conseguiu corresponder à expectativa.


O JOGO:

Foto: Hélder Rafael
No primeiro tempo o Paysandu começou indo para o ataque e aos 4 minutos fez o primeiro gol, com Bruno Veiga aproveitando falha da zaga sul-mato-grossense. Aos 6' quase saiu o segundo do alvi-celeste. O Paysandu continuou fazendo pressão e os ataques do Águia não levavam perigo para a defesa bicolor. E aos 16' Aylon no contra-ataque invadiu a área e chutou cruzado marcando o segundo gol do Paysandu. Com o resultado parcial, não haveria jogo de volta e o Águia Negra estaria eliminado da Copa do Brasil. Aos 24' o time da casa teve a melhor oportunidade até então, mas Gilson Tussi desperdiçou, cabeceando para fora. 27' Augusto Recife levou amarelo após fazer falta em Gilson, na cobrança, a bola foi diretamente à mão do goleiro Andrey. O Águia começou a chegar mais no ataque e ter boas chances para marcar o primeiro. Aos 43' Carlinhos apareceu bem no ataque bicolor, invadiu a área, mas a zaga afastou e botou para escanteio.


O jogo acabou 2x2 e com isso, teremos jogo de volta no dia 1 de abril, o Paysandu decide em casa a vaga da segunda fase da Copa do Brasil.


O Paysandu entra novamente em campo no domingo (22), contra o Nacional, no segundo jogo das quartas de final da Copa Verde, fora de casa.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana