A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Furacão vence o Leão nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

Na ultima quarta feira (15), tivemos o jogo de volta entre Atlético Paranaense e Remo. O jogo foi na Arena da Baixada em Curitiba e ainda assim, contou com a presença de alguns torcedores azulinos. Mesmo com o Atlético passando por uma crise e lutando para não ser rebaixado no campeonato paranaense, vale ressaltar que é um time de série A e a realidade do clube é muito diferente da do Remo. O leão ainda briga por uma vaga na série D do campeonato brasileiro e passou por uma situação delicada na semana passada, onde foi exposto que os jogadores estavam com os salários atrasados. O fato de não poder contar com o seu principal jogador da temporada, o meia Eduardo Ramos, que está com uma lesão na coxa, e o técnico Cacaio ter divulgado que o Remo entraria em campo com o time misto, fez com que parecesse que a partida seria mais difícil do que a anterior.

Grande engano! O Furacão não assustou o Remo e conseguiu a vaga para a próxima fase nos pênaltis. No tempo regular do jogo, o Atlético abriu o placar aos dezenove minutos do primeiro tempo com o Lula. O Furacão manteve o domínio de campo e teve outras oportunidades de marcar. O Remo estava atordoado em campo e errou muitos passes. Quase não apresentou perigo ao gol atleticano. Cacaio, técnico do Remo, mexeu na equipe que veio para o segundo tempo com Levy, no lugar do estreante Allax, pela lateral. E Rafael Paty, entrou no lugar do Bismarck no ataque. Leão ficou mais incisivo e conseguiu o empate aos sete minutos do segundo tempo. Em uma cobrança de falta, a bola parou nos pés de Felipe Macena, que chutou forte, para o gol. Remo insistiu no ataque pelo lado direito e o Furacão aparentou certo nervosismo em campo. O estreante Mateus Carioca mostrou habilidade com a bola, mas pouco rendeu no meio de campo e foi substituído por Ratinho. Aos vinte e nove minutos, um lindo lance do Remo, Levy deu um belo voleio e a bola saiu tirando tinta do travessão. A partir daí, o Atlético se postou em campo novamente e passou a pressionar o jogo. Nos acréscimos, o Furacão teve chances de matar a partida e marcar, mas ficou tudo para ser decidido nos pênaltis mesmo. 

Um furacão de emoções

Pênalti que colocou o Atlético-PR na segunda fase. (foto: globo.com)
Mais uma vez o Atlético conseguiu decepcionar sua torcida, embora tenha conseguido a classificação, fez um jogo muito fraco contra o mistão do Remo. Precisou das penalidades para avançar e saiu do confronto muito vaiado pela apaixonada torcida rubro-negra.

São Paulo continua vivo na Libertadores com vitória na raça e gol nos acréscimos

Os nomes do jogo comemorando juntos. (Rubens Chiri/saopaulofc.net)
São Paulo foi até Montevidéu enfrentar o Danúbio, lanterna da Chave 2 da Libertadores. Ao chegar no Uruguai, Rogério Ceni havia dito "Aqui começa ou termina uma Libertadores para nós, um dos dois, não tem muita alternativa." Essa frase resumiu o emocional do São Paulo no jogo.

Galo e a sina do 2 a 0

E a sina continua! Mais uma vez o Atlético terá que se encontrar com o fantasma que o vem assombrando desde a semifinal da Libertadores de 2013. O mal assombrado 2 a 0. Foi assim contra o Newell´s Old Boys, Olímpia, Corinthians e Flamengo. O alento é que, assim como na final do torneio continental, não existe o gol qualificado fora de casa, caso o Colo Colo resolva aumentar ainda mais o sofrimento alvinegro. 

Mexicanos ainda tem chances de classificação
Fonte: espn.uol.com.br
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana