A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Avaí vence do Goiás e se recupera de goleada

A equipe do Avaí conseguiu uma vitória muito importante fora de casa. A equipe se recuperou da goleada sofrida contra o Atlético-MG na Ressacada por 4 a 1 e foi para o Serra Dourada enfrentar o Goiás e saiu com a vitória de 1 a 0, com gol de Anderson Lopes nos acréscimos. Com a vitória, a equipe foi para 7° colocação somando 10 pontos.

Com atuação vergonhosa e cheio de falhas, Palmeiras perde para o Figueirense

Oswaldo escalou mal, o time jogou de forma vergonhosa e o Palmeiras perdeu de 2x1.

A torcida compareceu e o time não correspondeu.
(Foto: futeboldecampo.net)

Stan Wawrinka bate Novak Djokovic e conquista inédito título de Roland Garros

Neste domingo (7), Stan Wawrinka fez história no sagrado saibro de Paris, vencendo o melhor do mundo Novak Djokovic por três sets a um, com parciais de 4/6, 6/4, 6/3 e 6/4 em 3h18 de partida, e conquistando pela primeira vez o título de Roland Garros. Esse foi o segundo Grand Slam da carreira do suíço, que em Janeiro de 2014 havia conquistado o Australian Open em cima de Rafael Nadal.

A melhor derrota do mundo.

Goiás leva mais um gol nos acréscimos e passa vergonha.
Foto: Globo Esporte.
Na noite deste domingo no Serra Dourada, mais uma vez o nosso brilhante treinador Hélio dos Anjos fez suas "Hélices" e nós conseguimos uma derrota em casa. Uma derrota nunca é um bom resultado, mas mostrarei aqui o ponto positivo desse resultado negativo no final dessa matéria. Esmeraldino, prepare bem seu coração e abra bem os seus olhos.

O Jogo:

O Goiás tentava fazer o que todo time que joga em casa contra um time menor que ele deve fazer: impor o seu jogo, apesar disso, o time esmeraldino tinha dificuldades para chegar ao ataque por conta da forte marcação do Avaí, que chegou primeiro com Renan Oliveira após cruzamento de Nino Paraíba. A cabeçada do meia foi por cima do gol do goleiro Renan.

O time esmeraldino teve sua primeira chance com o "craque" do ataque, Bruno Henrique, que tentou chute de esquerda, mas sem perigo ao goleiro Vágner. Os avaianos logo responderam com Pablo que arriscou um chute forte e ela passa rente ao travessão de Renan. Depois disso, o primeiro tempo ficou ruim, poucas chances criadas e muitos passes errados, principalmente da equipe do Goiás, apesar disso, o time da casa ainda teve uma grande chance, bem parecida com aquela que poderia ter nos colocado à frente do placar contra o Sport no meio da semana, e foi tão parecida, que Bruno Henrique perdeu o gol novamente. Que coincidência, não?

No segundo tempo, o Goiás tentava muitos ataques pelas laterais principalmente com Diogo Barbosa, que pra ser sincero, poderia ser pego no antidoping mais vezes. A primeira chance de gol veio na cabeçada de Wesley, mas a bola foi fraca e ficou fácil para Vágner. O Avaí apostava em algo fundamental, que nenhum jogador do Goiás mostrava ter capacidade para fazer: O individualismo. Anderson Lopes, atacante do time catarinense, conseguiu passar pela desequilibrada defesa esmeraldina, mas adiantou demais a bola e perdeu na disputa com o goleiro Renan.

Enquanto o Goiás sofria para conseguir um espaço na área do Avaí, o time visitante aproveitava a desorganização da defesa. Denner conseguiu um ótimo contra-ataque, mas Anderson Lopes perdeu novamente a chance. O Goiás voltava ao ataque, mas sem sucesso, e o Avaí voltava aos seus contra-ataques. Estava escrito que o time avaiano marcaria um gol, e foi o que ocorreu, quando Rômulo saiu na velocidade e tocou na saída de Renan: 0x1.

Com a derrota, as vaias e os xingamentos justos em cima da equipe e de Hélio dos Anjos foram imensos. O resultado colocou o Goiás na 11ª colocação com os mesmos 8 pontos. A próxima partida é contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, ás 11h, no próximo domingo (14/06). A derrota já está mais que desenhada.

A culpa é do "Sr.Burro":

Foi assim que Hélio dos Anjos se chamou depois da derrota para o Avaí: "Burro". Essa foi uma coisa na qual eu concordei com ele. Desde que chegou ao Goiás, só fez besteira atrás de besteira: Conquistou um estadual que mesmo se colocassem um cachorro no comando, nada tiraria aquele título do Goiás, vinha com suas "brilhantes" e "inovadoras" idéias de retranca e agora está se dando mal com isso, barrou o melhor jogador do time que estava apenas passando por uma má fase, e é aceitável, porque jogar em um elenco horroroso desse não é simples para ninguém. A culpa não é de Erik, a culpa é toda sua: "Sr.Burro".

O ponto positivo da derrota:

A boa parte dessa derrota é abrir os olhos para a realidade. Nada do que vimos no início desse Campeonato Brasileiro como ganhar do Palmeiras no Allianz Parque ou começar nas primeiras posições deve ser levado à sério. O time esmeraldino está voltando agora para sua realidade: Um elenco fraco, um técnico ultrapassado e uma diretoria amadora. A nossa realidade é não ser rebaixado no Brasileirão, e eles ainda se acham no direito de reclamar da falta de público nos estádios. Enquanto o Goiás não mudar, não devemos mudar por eles. Sei que essas mudanças levam tempo, mas espero que o Goiás faça o básico ao decorrer desta semana e mande Hélio dos Anjos para bem longe daqui, se isso não acontecer, espero que muitas derrotas venham ainda.

FICHA TÉCNICA:
Goiás 0x1 Avaí - 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2015

Local: Estádio Serra Dourada - Goiânia (GO)
Público: 1.105 pagantes
Renda: R$ 25.840,00
Cartões Amarelos: Alex Alves e Jarlan || Jéci, Antônio Carlos, Eduardo Neto e Rômulo.
Cartões Vermelhos: Não teve.
Gols: Rômulo (48'min - 2ºT)

Escalações:

GOIÁS: Renan; Everton, Felipe Macedo, Alex Alves e Diogo Barbosa; Rodrigo, Patrick e Felipe Menezes (Artur); Carlos (Lucas Coelho), Bruno Henrique e Wesley (Jarlan).

AVAÍ: Vágner; Jéci, Antônio Carlos, Emerson e Nino Paraíba; Renan, Eduardo Neto (Adriano), Pablo (Rômulo), Renan Oliveira (Denner) e Romário; Anderson Lopes.

Treinadores: Hélio dos Anjos || Gilson Kleina.

Pós jogo feito por Wagner Filho, colunista do Goiás Esporte Clube.

Twitter:

Wagner Filho || @wagner_gec
Linha de Fundo || @linhadefuundo 
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana