A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sábado, 20 de junho de 2015

Com estreia de Martelotte, Santa mistura azar com incompetência e empata em festival de gols!


Pela oitava rodada da série B, em um duelo dos desesperados, o lanterna Ceará recebeu o vice-lanterna Santa Cruz, e fizeram um emocionante jogo, que teve de tudo, expulsão de goleiros, pênalti polêmico, gol impedido, empate no fim do jogo, e como não poderia faltar, uma ajuda do juiz para prejudicar o espetáculo.

Corinthians não joga bem e vê o Santos sair do Z4

Com mudanças em ambas às equipes e situações diferentes no campeonato, Santos e Corinthians se enfrentaram na tarde deste sábado dentro da Vila Belmiro. A equipe da baixada contava com seis desfalques, entre os nomes, o mais conhecido e que faz falta: Robinho; e amargando a zona de rebaixamento. Já pelo lado do Timão que vê os seus jogadores indo embora (graças a Deus), contou com a presença de Uendel na lateral esquerda e Vagner Love no lugar de Romero.

Antes de a bola rolar, foi realizado um minuto de silêncio em homenagem a Zito, que faleceu essa semana. O time Santista tinha estampado em sua camiseta o rosto do jogador, e atrás estava escrito “Obrigado, Zito”.

Foto: Marcos Ribolli

Trajetória Brasileira no Mundial Sub-20

A seleção brasileira vai esperar o tão sonhado hexa mais um pouco, os garotos do sub20 tentaram, mas pararam na persistência dos sérvios que no final do segundo tempo da prorrogação conseguiram o gol do titulo do mundial. Após a troca técnica (Gallo por Micale) houve alguns cortes na convocação antes feita por Gallo (David, Bruno Lopes, Caio Rangel e Yuri Mamute) foram desconvidados por Micale para a disputa do Mundial na Nova Zelândia. 

Acompanhe a trajetória Brasileira no Mundial:

Sanchéz desencanta e Chile goleia Bolívia

Na noite desta sexta-feira (19), Chile e Bolívia se enfrentaram no estádio Nacional, em Santiago. Após a vitória da seleção equatoriana em cima do México, as duas seleções entraram em campo já classificadas para as quartas de finais da Copa América.

O Chile depois de empatar em 3x3 diante dos mexicanos na segunda (15) veio para a partida precisando de um empate para garantir a primeira colocação do Grupo A. Para a partida, o treinador Jorge Sampaoli enfrentou problemas extra campo, tudo por conta do destaque da equipe, Arturo Vidal, acabou batendo com sua Ferrari a mais de 160 km/h e alcoolizado, exames apontaram, 1,4 ml de álcool no sangue do meia, o acidente ocorreu na madrugada de terça para quarta, e depois de discutir com policiais, acabou sendo levado a delegacia e detido, onde ficou ate o início da tarde de quarta, sendo liberado após julgamento. O treinador da La Roja concedeu entrevista e garantiu à permanência do jogador na disputa da Copa América, Sampaoli garantiu que o acidente não irá afetar em nada na competição, e manteve o camisa 8 como titular da equipe.

A primeira vez a gente nunca esquece

Observei, durante essa semana, algumas publicações do Fortaleza nas redes sociais. A assessoria lembrou partidas históricas e heróicas, como o jogo contra o Avaí, em 2004, que nos levou para a Série A, e o duelo diante do Guarany de Sobral, em 2010, na final do primeiro turno do Campeonato Cearense.

Aproveitando boas memórias, recordei partidas em que estava presente no Castelão, tais como a bela virada sobre o Corinthians, em 2005, com dois golaços do Mazinho Lima, por exemplo. Tinha apenas 9 anos, fui ao estádio com o meu pai, e comemorei bastante.

Mazinho Lima marcou os gols do Leão sobre o Corinthians (Foto: UOL)

Apesar de ter sido um confronto de Série A e uma vitória sobre o campeão brasileiro daquele ano, essa partida não foi a mais especial do meu histórico de torcedor. Em 2007, minha família estava em João Pessoa, capital da Paraíba. Meu aniversário não foi comemorado. Estava muito chateado, mas não sabia o que estava guardado pra mim.

Naquele dia, o Leão encarou o Icasa, pela primeira partida da final do Campeonato Cearense daquele ano. Quando estava me preparando para ver o jogo – que terminou em 2 a 2 –, meu pai revelou que meu presente seria a ida para o confronto decisivo, que aconteceu na semana seguinte.

Passei os cinco dias seguidos com muita ansiedade. Queria que o tempo voasse. Meu desejo era chegar o sábado para seguir viagem. Na escola, revelei aos amigos que iria ao jogo e todos ficaram satisfeitos, pois sabiam de todo meu fanatismo pelo Fortaleza.

O dia da decisão

Confesso que não dormi muito do sábado, 5 de maio de 2007, para o domingo. Sem palavras para descrever o que senti. Meu pai pediu para eu ficar pronto cedo, pois o estádio iria lotar. Diante de toda ansiedade, fiquei preparado às 14h. Saímos de casa 30 minutos depois.

O clima ao redor do Castelão era de otimismo. Afinal, jogávamos pelo empate porque fizemos a melhor campanha daquele ano. O adversário era tradicional, mas o nosso time era totalmente superior ao deles. Naquele ano, o Icasa contou com o nosso camisa 10, Daniel Sobralense.

A bola rolou e não demorou muito para eu comemorar junto a 55 mil tricolores. Aos 14 minutos do primeiro tempo, o Fortaleza iniciou um contra-ataque mortal. Simão deu um belo passe para Rinaldo. Enquanto Lopes derrubava Adriano Chuva, o Homem-Raio “chamou Lúcio para dançar”. Após grande jogava individual, o camisa nove chutou da entrada da área e abriu o placar.



Depois de ver o golaço do Rinaldo, pulei e gritei bastante. Acreditei em “chocolate”, mas preferi curtir o momento junto à Nação Tricolor. Toda alegria era transparente. O sorriso de uma criança de 11 anos ao ver seu time do coração se aproximar do 36º título estadual emocionou o meu pai, que nem torce pelo Fortaleza.

Lágrimas de campeão

Quando o jogo terminou, não consegui segurar a emoção. Ao ouvir o apito final, ergui meus braços para o alto e comecei a chorar. Não tinha palavras para descrever o que sentia. O abraço do meu pai serviu para aliviar a ansiedade.

Era um sonho realizado. Após tantas adversidades, eu via o meu time ser campeão. E eu estava lá, comemorando, pulando e cantando com todos os torcedores. Realmente, não há momentos na vida superem este vivi. Resta apenas o agradecimento ao Fortaleza Esporte Clube.

Obrigado, Rei Leão do Brasil!

#FechadoComOLeão



Rafael Alves  | @rafaelalvessg_

Botafogo tropeça em casa mas segue líder da Série B

Botafogo e Boa Esporte empataram na noite desta sexta, no Nilton Santos, pela 8ª rodada da Série B. Com o resultado, o Glorioso segue líder isolado da competição, com 20 pontos. Na próxima rodada, o adversário é o Macaé, dia 27, às 16h30.

Diego Jardel foi titular no jogo contra o Boa Esporte. Foto: Vitor Silva/FF Press)
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana