A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

domingo, 28 de junho de 2015

Ceara perde mais uma na Serie B e técnico Silas é demitido.

Após jogo horroroso, Ceará perde mais uma na série B, e técnico Silas é demitido.

(foto: Christian Aleckson / Cearasc.com)

Fluminense se supera e entra no G4

O jogo de hoje é perfeito para usar os vários jargões do futebol. Poderia dizer que "Se não é sofrido, não é Fluminense", "De virada é mais gostoso", "A bola pune" e "Quem não faz, leva". Todos se encaixam perfeitamente no cenário de hoje. O Tricolor precisando de uma vitória para entrar no G4 jogando fora de casa contra um time cuja última vitória foi há um mês e com um técnico interino. A julgar pelo segundo tempo do jogo de quarta contra a Ponte, deveria ser apenas uma formalidade, no entanto, usando mais um jargão: futebol é uma caixinha de surpresas.

Como gosta de dizer Gérson, o Canhotinha de Ouro: "Quem tem Gum tem medo." A frase já fez sentido inúmeras vezes e hoje mais uma vez merece ser usada. Provavelmente só o jogo contra o Bahia em 2011 quando perdemos de 3 a 0 com direito a gol contra, pênalti e expulsão do nosso Welington Pereira Rodrigues que supera a desastrosa presença em campo dele neste domingo. Absolutamente nada que ele fazia dava certo. Passes? Errados. Roubadas de bola? Quem precisa disso quando se pode fazer falta. Correr? Não. E foi justamente nas costas dele que saiu o gol de Erik para o Goiás. Cavalieri também tem uma boa parcela de culpa uma vez que ficou plantado na pequena área e não tentou dificultar nem um pouco a conclusão de cavadinha do atacante do time goiano. Após o gol, o time se perdeu completamente. Todo mundo começou a errar na saída de bola e foi um festival de horrores na nossa zaga. Poderíamos facilmente ter saído do primeiro tempo perdendo por dois ou três gols de diferença.


Voltamos do intervalo mais uma vez sem Gérson e mais uma vez começamos a jogar melhor. Enderson já deve ter percebido que o garoto não está mais ajudando a equipe. Está na hora de colocar Lucas Gomes de titular e dar um chá de banco para o Pogba das Laranjeiras. Com a saída dele, o Flu começou a criar mais no ataque e pressionar a fraca defesa Esmeraldina. O resultado foi o gol de Wagner que nos recolocou na partida. Poucos minutos depois Gum fez o errado que deu certo. No recuo errado de Giovanni, a bola passou por Antônio Carlos e Cavalieri ficou para trás no toque de Erik. Gum chegou afobado dando um carrinho que passou longe de acertar a bola. Para evitar o gol, meteu a mão na bola e foi expulso. Na cobrança, Cavalieri (ou Cavalimito, CavaliDeus) defendeu o chute de Felipe Menezes e animou o time. Mesmo com um a menos criamos mais uma ou duas oportunidades e numa dessas Pelédson virou o jogo. Se o verdadeiro Pelé jogou metade do que nosso pedreiro joga, talvez o ex-jogador do Santos realmente tenha sido bom. O final do jogo já seria tenso com um a menos, mas Vinícius torceu o tornozelo e enfrentamos os 10 minutos finais com nove jogadores em campo. No final das contas: 2 a 1 e terceira colocação.


Próximo jogo é contra o Santos no Maracanã, quinta-feira às 21h. Espero ansiosamente um gancho de cinco partidas para o Gum, a volta de Marlon e a volta de Fred, pois Magno Alves já mostrou que não dá conta do recado. Parabéns à equipe que mereceu ser chamada de time de guerreiros ao final do jogo. Rumo ao Penta.

Saudações Tricolores

Matheus Garzon - @MatheusGarzon
Linha de Fundo - @linhadefuundo

FICHA TÉCNICA:
Goiás 1x2 Fluminense

Local: Estádio Serra Dourada - Goiânia (GO).
Público: 2.419 pagantes
Renda: R$ 87.850,00
Cartões Amarelos: Clayton Sales e Erik || Wagner e Henrique
Cartões Vermelhos: Gum
Gols: Erik (33'min - 1ºT) || Wagner (7'min - 2ºT) e Edson (16'min - 2ºT)

ESCALAÇÕES:

GOIÁS: Renan; Clayton Sales, Felipe Macedo, Fred e Rafael Forster; Rodrigo, Patrick (Artur), Liniker (Wesley) e Felipe Menezes (William Kozlowski); Bruno Henrique e Erik.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Antônio Carlos e Giovanni; Edson, Jean, Gerson (Lucas Gomes), Wagner (Pierre) e Vinícius; Magno Alves (Henrique).

Treinadores: Augusto César || Enderson Moreira

Primeiro adversário

Jogo de pré-temporada 2014/2015 contra o time de Numancia.
Foto: ESPN.com
O time do Atlético de Madrid definiu seu primeiro adversário nessa fase de preparação de pré-temporada. Será o Numancia, time que terminou a última temporada na metade da tabela da Liga Adelante (Segunda divisão da Espanha).

Em época de inverno, Palmeiras serve chocolate quente para o São Paulo

O Alviverde venceu o tricolor por 4x0 impondo o segundo massacre do ano.

Em dias de frio...
(Foto: Palmeiras - Departamento do Interior - Facebook)

Valdívia brilha e Internacional vence Santos pela 9ª rodada


O Internacional entrou em campo neste domingo (28/06) contra o Santos pressionado pelas últimas atuações e pela péssima colocação no brasileirão. Mas com os retornos de D’Alessandro, Nilmar e Valdívia e empurrado pela torcida presente no Beira-Rio, o colorado conseguiu a vitória.

( Diego Guichard)

Erik tentou nos salvar, mas o amadorismo do Goiás foi maior.

Goiás paga com seus próprios erros e perde novamente.
Foto: Portal Esmeraldino
O futuro do Goiás só resguarda coisa ruim nesse Campeonato Brasileiro. Dessa vez, contamos com a volta do nosso melhor jogador em campo, que mostrou qualidade e marcou até gol, mas a ruindade da equipe esmeraldina foi maior. Por conta dos nossos próprios erros, perdemos mais um jogo em casa e agora batemos na porta zona de rebaixamento. Só nos resta lamentar.

Ponte bate Furacão e segue na cola do G4


Em dia maravilhoso de Biro Biro, Ponte venceu de virada e fica a um ponto do G4.                                                           

A Macaca entrava em campo para tentar reencontrar-se com as vitórias, já eram 3 partidas sem vencer, 2 empates (Goiás e Santos) e 1 derrota (Fluminense). Era a hora de voltar a vencer, pois agora a Ponte encara 3 confrontos longe do Moisés.

Um tremendo vexame...

Setor defensivo falha em todos os gols e derrota custará muito caro.

Técnico e Interino cobravam do setor defensivo tranquilidade.
Com certeza o recado não foi anotado.

Santa volta a jogar bem, e reencontra a vitória na série B!


Pela nona rodada da série B, o Santa Cruz recebeu o Sampaio Corrêa no Arruda, muito abaixo do esperado no campeonato, o Santa chegou na rodada com apenas um vitória na competição, e amargando a vice lanterna, mas a mudança de treinador deu resultado até então, após um empate contra o Ceará fora de casa que poderia ser uma vitória se não fosse um erro do juiz, o jogo dentro de casa contra o Sampaio mostrou a mudança na confiança tricolor, que tomou conta da partida, e poderia ter ganha por mais do que o 1x0.

Outra mudança crucial foi à entrada de Renatinho após a volta de Martelotte, que disse que o meio campista dava mais velocidade a equipe, e deu, acabou dando mais do que a velocidade, deu os três pontos ao tricolor do Arruda, e tirou o Santa da zona de rebaixamento.

Avaí perde para o Grêmio em casa e estaciona nos 12 pontos

Na tarde desse sábado (27), o Avaí pegou o Grêmio na Ressacada e saiu com a derrota por 2 a 1. A equipe de Santa Catarina tomou logo 2 gols no começo do primeiro tempo e isso prejudicou a equipe de tentar uma reação.

Avaí pega o Vasco em São Januário no dia 1° de Julho (Quarta-Feira), pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro.

JEC desperdiça chances preciosas e sofre a 7ª derrota na competição

Um erro na bola aérea defensiva foi suficiente para o tricolor sofrer mais uma derrota, e o pior é que tivemos chances de fazer o gol, mas não soubemos aproveitar, o sentimento que fica é o de “dava para ser melhor”, mas bola pra frente. Com um Mineirão lotado, JEC perde para o Atlético e segue no Z-4.

Essa foi a 7ª derrota do Joinville na série A.
Foto: Divulgação/JEC

Náutico empata com ABC e perde a vice-liderança

Boa tarde alvirrubros! Na tarde de ontem (27/06), O Náutico foi até Natal-RN enfrentar o ABC no Frasqueirão. Com muitos erros de passes e chuva de gols, o jogo terminou empatado e com polêmica. Os gols foram marcados por Pedro Carmona e Marino duas vezes. O jogo foi marcado pelo aniversário do clube da casa que na segunda-feira completa 100 anos, parabéns ABC!

Náutico e ABC empatam com jogo de 6 gols

Chapecoense e Sport empatam na Arena Condá

Foto Márcio Cunha/Mafalda Pres
Chapecoense e Sport voltaram a se enfrentar em 2015, depois de dois jogos pela Copa do Brasil, o time do Recife levou a melhor e conseguiu a classificação nos pênaltis. Neste sábado (27), as equipes voltaram a se encontrar na Arena Condá em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.

Na estreia de Marcelo Vilar, Caxias empata com o Guaratinguetá

FOTO: Facebook SER Caxias
Precisando vencer para sair da zona de rebaixamento, o Caxias entrou em campo na manhã deste domingo para enfrentar o Guaratinguetá, em São Paulo. Só que, mesmo estreando técnico novo, o time do Caxias repetiu os erros anteriores, perdeu gols, e não conseguiu vencer a fraca equipe de SP. Agora, a equipe permanece na nona colocação do grupo B, com apenas três pontos conquistados e sem vencer na competição.

Em noite de brasileiros, Lyoto decepciona e é nocauteado por Yoel Romero

Em uma noite repleta de lutas verde-amarelas, a maior esperança dos muitos brasileiros presentes na Florida e nos quatro cantos do mundo foi o único a perder. Vindo de derrota para Luke Rockhold, Lyoto foi derrotado mais uma vez e tornou a decepcionar. Já os outros cinco menos "badalados" venceram e nos deram orgulho, destaque para Thiago Marreta que venceu de forma avassaladora com um belíssimo nocaute.

Lyoto Machida vs. Yoel Romero: A luta mais esperada da noite foi puro estudo e procura da distância ideal por dois rounds. Fora isso, só uns chutes e um soco ou outro do cubano que não conseguia impor seu wrestling devido à boa movimentação de Machida que ficou só na movimentação e nos chutes baixos. O duelo só veio esquentar no terceiro round quando Romero aproveitou a primeira e única oportunidade que teve e colocou Machida para baixo. No chão, o cubano utilizou o wrestling que lhe rendeu uma medalha de prata olímpica e atropelou o brasileiro rapidamente com uma chuva de cotoveladas. Simplesmente devastador. Sexta vitória seguida do Yoel Romero e segunda derrota seguida de Lyoto.

Lyoto depois de ser atropelado por Yoel Romero
(Foto: UFC)
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana