A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

segunda-feira, 20 de julho de 2015

De volta ao G4, Leão atropela São Paulo diante de 42 mil torcedores

Jogadores comemorando o gol marcado por Elber
(Foto: Superesportes PE)

Na tarde desse domingo (19), o Sport recebeu o São Paulo na Arena Pernambuco e os 41.994 torcedores presentes (novo recorde da Arena) viram o time rubro-negro jogar outra ótima partida, vencer o time tricolor - hábito comum pelas bandas da Ilha do Retiro - e, de quebra, voltar ao G4.

Qual a verdadeira Chapecoense?

Uma imagem que retrata a campanha da Chapecoense longe da Arena Condá. (Foto: Gazeta Press)

Faltou sorte ao tricolor: JEC não sai do empate com a Ponte Preta

Com três bolas na trave e duas ótimas chances desperdiçadas, o Joinville teve tudo para conseguir uma boa vitória contra a Ponte Preta, mas a velha máxima do “quem não faz, leva” entrou em ação e o tricolor ficou apenas no empate. Em noite onde faltou sorte ao JEC, ficamos no 1x1 com a macaca e permanecemos na lanterna da série A.

Pablo e Kempes disputando a bola.
Foto: Divulgação/JEC


Porco violento engole peixe em estádio

O Verdão venceu o Santos por 1x0 e está em 6° lugar no Brasileirão 2015.

Antes do jogo, ídolos de ambos os clubes foram homenageados e entraram em
campo junto com os atuais times, o clássico Palmeiras x Santos completou
100 anos em 2015.
(Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
Nesse domingo (19) o Palmeiras enfrentou o Santos no Allianz Parque e saiu com a vitória por 1x0, mas esteve muito perto de tomar o empate. O Santos fez muita pressão no segundo tempo, mas esta não foi muito efetiva e o Verdão conseguiu segurar o placar. O Palmeiras soma 25 pontos no Brasileirão e fará seu próximo jogo contra o Vasco em São Januário.

O JOGO 

O Clássico teve um primeiro tempo equilibrado e com poucas emoções. O Santos teve mais posse de bola que o Verdão, mas faltou criatividade para a equipe do litoral. Os lances mais perigosos foram de chutes de longe. 

Já o Palmeiras estava mostrando mais uma vez a evolução no sistema defensivo, já que atuou recuado e conseguiu segurar o rápido ataque santista. No ataque, o Verdão acertou apenas uma jogada com Leandro Pereira, que bateu com precisão após receber passe de Robinho. O primeiro tempo terminou assim, Palmeiras 1x0 Santos. 

Leandro Pereira fez o único gol do jogo contra o Santos.
(Foto: Reginaldo Castro/Gazeta Press)

Segundo tempo

No segundo tempo a defesa do Palmeiras piorou e o Santos começou a pressionar mais. A bola parou na mão de Prass em alguns lances e Neto Berola quase fez um golaço, que acabou indo para fora. O Palmeiras não conseguiu ampliar o placar para matar o jogo e sofreu o segundo tempo inteiro com a pressão santista. No final o juiz ainda deu 5 minutos de acréscimo para complicar mais ainda o Verdão, mas no final o peixe não foi páreo para o porco e acabou sendo engolido com brilho de Fernando Prass. 

A equipe alviverde está a dois pontos do G-4.
(Foto: Luis Moura/Gazeta Press)



FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 0 SANTOS
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data/Horário: 19/7/2015, às 16h
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Rodrigo Correia e Dibert Pedrosa (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Leandro Almeida, Arouca (Palmeiras); Ricardo Oliveira, Werley, Lucas Lima (Santos)


PALMEIRAS: Fernando Prass, Lucas, Victor Ramos, Leandro Almeida e Egídio; Gabriel e Arouca (Amaral); Rafael Marques, Robinho e Dudu (Gabriel Jesus); Leandro Pereira (Barrios). Técnico: Marcelo Oliveira.
SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Werley, David Braz e Zeca; Renato e Thiago Maia (Marquinhos Gabriel); Geuvânio (Neto Berola), Lucas Lima e Gabriel (Nilson); Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.
AVANTI PALESTRA!!! Siga @Palmeirismo  

Luigi Berzoini || @LuigiLouco999 
Linha de Fundo || @linhadefuundo 

O homem que merecia o mundo


"Honra é um princípio de comportamento do ser humano que age baseado em valores bondosos, como a honestidade, dignidade, valentia e outras características que são consideradas socialmente virtuosas". É uma palavra forte e de significado intenso, porém, você é a personificação dela e representa exatamente o que é ter honra.

Você honrou a camisa, seu povo, seus admiradores, sua família e seu caráter. Honrou quem era, a essência de tudo que sempre quis ser. Mostrou ao mundo inteiro que os valores não precisam ser alterados graças ao dinheiro, mostrou que o orgulho das origens e da caminhada difícil nunca pode ser menor do que a vontade da fama. Mostrou que, acima de tudo, é igual a cada um de nós.

Ronaldo Angelim, o nome que sempre me fará sorrir e sentir uma alegria imensa no peito. Você não sabe como me sinto a cada vez que lembro do privilégio que tive ao poder vê-lo jogar. O Magro de Aço que nunca deixou de ter o que sempre pedimos: raça. Sua devoção e dedicação inspiram, transformam e emocionam cada um que conhece sua história. Meu coração dói por lembrar que não posso contar com você em campo. Ah Angelim, que saudade que tenho de você.

Não vi Zico, Junior e nem a geração dourada e mais gloriosa do nosso Flamengo. Mas vi você. Vi em campo e fora todas as coisas necessárias para chamá-lo de ídolo. Não és imortal apenas pelo gol do Hexa, mas sim por todos os corações que conquistou nos cinco anos que passou aqui. Imagine como me sinto quando lembro de Fabio Luciano e você formando a melhor dupla de zaga que já vi?


Peço-lhe desculpas por não ter mostrado quanto sou grata. Você merecia mais do que uma nota oficial, um "primeiro chute" num amistoso e uma placa comemorativa. Você merece um jogo, uma estátua, o mundo. Você merece tudo que quiser, pois nos deu tudo que queríamos. Agradeço todos os dias por ter tido o prazer de tê-lo por aqui. Foram 284 jogos, 17 gols e inúmeros títulos. Foram histórias para a vida inteira, um gol que marcará para sempre cada rubro-negro e o amor eterno da maior torcida do país. E você merecia muito mais.

Palavras nunca serão suficientes para dizer o que sinto por você. Gratidão, admiração e amor são sentimentos fracos perto disso. Eu lhe agradeceria todos os dias se pudesse, todos os minutos para que sentisse e soubesse que nunca será esquecido. Nem cinquenta Maracanãs seriam suficientes para mostrar a quantidade de pessoas que amam-te sem pedir nada em troca.

Honra, caráter, humildade, ídolo. Simplesmente Angelim.


"Se a humildade sempre marcou o comportamento do zagueiro, não falta orgulho para falar de sua passagem pelo Mais Querido. Vários títulos, grandes partidas, liderança e exemplo a ser seguido. O Clube de Regatas do Flamengo agradece a Ronaldo Angelim. Um grande rubro-negro que sempre honrou nosso Manto Sagrado"

— Nota do site oficial do Clube de Regatas do Flamengo.

Mariana Sá || @imastargirl
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana