A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Em seu aniversário de 101 anos, Palmeiras faz festa no Mineirão com direito a terremoto

O Cruzeiro preparou uma festa para o alviverde no Mineirão. Mal-agradecido, o porco deu um sacode na raposa com 2 gols divinos de Gabriel Jesus (Glória irmãos) e 1 de Lucas Barrios com assistência divina do menino Jesus, que tem apenas 18 anos. 

Barrios foi o autor do primeiro gol alviverde.
(Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
No dia 26 de agosto de 2015, bem no dia do seu aniversário, a Sociedade Esportiva Palmeiras foi ao Mineirão visitar o Cruzeiro, e para comemorar, o porco decidiu maltratar a raposa, e começou aos 8 minutos do primeiro tempo, com Lucas Barrios, Gabriel Jesus ampliou aos 27 e aos 33 minutos, o Cruzeiro diminuiu aos 38 do primeiro tempo e aos 29 do segundo tempo.

O JOGO 

O Palmeiras começou o jogo frenético e melhor que o Cruzeiro em campo, tanto que fez o gol logo aos 8 minutos. Dudu tocou para Gabriel Jesus que tocou de calcanhar para Barrios que completou para o gol do Palmeiras, Cruzeiro 0x1 Palmeiras no Mineirão. 

Barrios comemora seu gol pelo Palmeiras.
(Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
A situação ainda piorou para o Cruzeiro. Aos 24 minutos, Bruno Rodrigo do Cruzeiro cometeu uma falta quase dentro da área e como era o último homem, foi convidado a se retirar de campo com o famigerado cartão vermelho, a sorte do Cruzeiro foi que o Egídio acertou a falta na trave.

O goleiro Fábio ainda está procurando jesus.
(Foto: P4lm31r4s M1l Gr4u)
3 minutos depois, saiu mais um do Palmeiras. Jesus recebeu do Egídio e completou de primeira para o segundo gol alviverde. Aos 33 minutos, o goleiro Fábio virou ateu após procurar jesus e não achar, boatos que o goleiro cruzeirense está procurando jesus até agora. 

Gabriel Jesus driblou o goleiro Fábio e completou para o terceiro gol do Palmeiras
(Foto: Cristiane Mattos/Futura Press)
Aos 38, o Cruzeiro diminuiu o placar com Vinicius Araújo e aos 29 da segunda etapa, o Cruzeiro fez mais um com Alisson de pênalti, o jogo terminou 3x2 para o Verdão. 

O Verdão emprestou o salão de festa em itaquera para o Santos eliminar o Corinthians
(Foto: P4lm31r4s M1l Gr4u)


Luigi Berzoini || @LuigiLouco999 

Quem tem boca NÃO vai às Quartas

      Fala, Turma da Fuzarca!

                    Momento de crise, tudo dando errado, risco de queda. Nada disso impede que, jogando diante do seus rivais, o Gigante - mesmo que ferido - continue soberano. O maior ganhador de clássicos vêm destruindo em todos nos confrontos diretos. Nessa última quarta (26), o Vasco garantiu a classificação com o empate em 1 a 1 com o Flamengo com gols do Madson (contra) e Rafael Silva.


Rafal Silva e Julio dos Santos comemorando o gol. (Fonte: Vasco Oficial)

Cruzeiro se despede da Copa do Brasil depois de vexame.


   No jogo de volta da Copa do Brasil, a Raposa foi a campo para tentar reverter o placar construído na primeira partida, porém o sonho dos cruzeirenses acabou logo quando o Palmeiras soube aproveitar a crise na equipe de Luxa e abriu uma grande vantagem em noite inspirada de Gabriel Jesus, que brilhou no duelo de ontem.

Sobre o jogo:

  A primeira etapa mostrou a fragilidade na equipe celeste, que foi completamente dominada pelo Verdão. O Palmeiras estabeleceu seu ritmo de jogo logo, o que resultou no gol aos oito minutos, Jesus recebeu de Dudu, que fez um belo passe de calcanhar para Barrios abrir o placar no Mineirão. Esse era o início de uma noite desastrosa para os mineiros.

   O Palmeiras manteve sua postura depois do gol e continuou pressionando o time da casa, que estava totalmente perdido dentro de campo,com erros grotescos da zaga que mais uma vez teve sua parcela de culpa,prejudicando mais uma vez o Cruzeiro.A zaga cruzeirense não conseguia parar o ataque alviverde,em mais um momento de desordem da zaga mineira o oportunista atacante palmeirense foi parado com falta por Bruno Rodrigo na entrada na área com o objetivo de evitar o segundo gol que acabou sendo expulso,a verdade que o "esforço" do zagueiro cruzeirense foi por água abaixo,novamente Jesus em uma noite inspirada,com faro de gol o garoto apenas de 18 anos finalizou com frieza após cruzamento de Egídio.

  Poucos minutos depois a equipe paulista amplia sua vantagem,outra vez com ele o camisa 33 o inexplicável Gabriel,em grande agilidade deixou Fábio no chão e praticamente sem ângulo marcou um lindo gol.Para amenizar essa situação nada confortável Vinicius Araújo faz um golzinho ainda no primeiro tempo,gol que não reduziu a revolta e estresse da primeira fase.

Segundo tempo :

   Na etapa final,o time de Marcelo Oliveira teve algumas chances com Gabriel e Barrios de aumentar o placar produzido na etapa inicial,mas por um milagre a zaga celeste soube marcar bem as duas jogadas.O Verdão voltou mais tranquilo pro segundo tempo,controlando mais o jogo e valorizando a posse de bola.A Raposa conseguiu diminuir o placar com gol de pênalti de Alisson que em troca de passes da equipe celeste que encontrou Arrascaeta na área e foi derrubado por João Pedro.O duelo permaneceu com poucas chances claras de gol,a melhor oportunidade foi da equipe vistante que acabou desperdiçando chance de fazer o quarto gol com Leandro Pereira.Desse modo o árbitro apita o final do jogo sem acréscimos.

  Com esse resultado o Cruzeiro se despediu da Copa do Brasil,oque é irônico pois a equipe celeste é um do maiores ganhadores do torneio. É fato que o Cruzeiro vive má fase,mas os jogadores e equipe se conformaram com tudo isso,agora em péssima campanha pelo Campeonato Brasileiro iremos lutar até o final para não cair,isso tudo é um desrespeito com aquele  torcedor que dá a vida pelo time,queremos jogadores que dão raça e tem objetivos,não queremos mercenários dentro do clube.

   FICHA TÉCNICA:
CRUZEIRO 2 X 3 PALMEIRAS
Data/Horário: 26/8 - 22h
Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Marcelo Bertanha Barrison (RS) e Rafael da Silva Alves (RS)
Renda/público: R$ 533.825,00 / 16.972 pagantes
Cartões amarelos: Amaral, Zé Roberto, João Pedro, Robinho (Palmeiras)
Cartão vermelho: Bruno Rodrigo, 24'/1ºT
Gols: Barrios, 8’/1ºT (0-1); Gabriel Jesus, 27’/1ºT (0-2); Gabriel Jesus, 32’/1ºT (0-3); Vinícius Araújo, 38’/1ºT (1-3); Alisson, 30'/2ºT (2-3)

CRUZEIRO: Fábio; Ceará (Manoel - intervalo), Paulo André, Bruno Rodrigo e Mena; Charles, Henrique, Fabrício e Alisson; Leandro Damião (Allano - 24'/2ºT) e Vinícius Araújo (De Arrascaeta - intervalo). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Amaral (Andrei Girotto) e Robinho; Zé Roberto (Mouche - 34'/2ºT), Gabriel Jesus, Dudu e Lucas Barrios (Leandro Pereira - 20'/2ºT). Técnico: Marcelo Oliveira.


TWITTER-@PAULINHA_CEC

Paysandu se despede da Copa do Brasil

Mosaico bicolor. De um lado "1914" e o escudo, do outro "FIEL". (Foto1: @SigaPaysandu Foto2: Fernando Torres/ASCOM Paysandu)
Esta noite (26) o Paysandu entrou em campo para jogar o segundo jogo das oitavas da Copa do Brasil. Precisava reverter o resultado do primeiro jogo, onde o Fluminense venceu por 2x1, para seguir na competição. A torcida fez uma linda festa para empurrar o alviazul para a vitória, e só precisava do placar de 1x0 para chegar as quartas de final... Mas acabou sofrendo a derrota.

Caiu em Itaquera... Santos atropela!

Lucas Lima e Gabriel
Na noite dessa quarta feira (26/08) o Corinthians recebeu o Santos em sua Arena. Após perder por 2-0 no jogo de ida, o Timão precisava de três gols para reverter a desvantagem mas viu o Peixe ser cirúrgico nos contra-ataques mais uma vez e matar o duelo.

O Corinthians entrou em campo com algumas mudanças, sem Jadson, Elias e Fágner, Tite deu oportunidade para Edílson, Ralf e o garoto Matheus Pereira, de apenas 17 anos mostrarem serviço. Já o Peixe escalou força máxima, outra vez, sem nenhuma surpresa.

O JOGO:

A partida começou com domínio amplo dos donos da casa, naturalmente com mais posse de bola, o Corinthians partiu pra cima do Santos, mas sem conseguir infiltrações passou a arriscar muitos chutes de fora da área. Renato Augusto, Matheus Pereira e Malcom já haviam finalizado sem muito sucesso, enquanto o Santos não conseguia trocar passes na defesa, tampouco no ataque, mas logo aos 14 minutos de jogo, pela primeira vez que conseguiu de desvencilhar da marcação, Lucas Lima achou passe espetacular para Geuvânio, o camisa 11 do Peixe por sua vez, encontrou Gabriel sozinho dentro da área, que bateu no contrapé de Cássio e abriu o placar.

Daí em diante, o Corinthians continuou mantendo a posse de bola, mas criando pouco. A melhor chance foi com Renato Augusto, que após dar uma bola caneta em Tiago Maia, acabou batendo mal, sem grandes perigos. O Peixe chegou assustar com Ricardo Oliveira em contra-ataque, mas sem grandes emoções.

Precisando de quatro gols para conseguir a classificação, Tite sacou Bruno Henrique no intervalo para entrada de Cristian, que não surtiu muito efeito. Aos 19 minutos da etapa final, outro contra-ataque santista, dessa vez puxado por Marquinhos Gabriel, que achou Ricardo Oliveira dentro da área, o camisa 9 do Peixe anotou seu 24º gol na temporada em 42 jogos e sacramentou a classificação santista.

Jogadores do Peixe comemorando um dos gols
Ainda deu tempo de Romero, que entrou no lugar de Matheus Pereira durante a segunda etapa, receber boa bola de Love e diminuir o placar para os mandantes, mas de nada adiantou. Ao final do jogo, o placar mostrava 2-1 para o Santos e o Corinthians chegou a terceira eliminação em casa na temporada.

Não pode se dizer que não foi uma classificação merecida, em 180 minutos o Santos deu pouquíssimas chances para o Corinthians, que quando as teve, não soube aproveitar. Dorival acertou o sistema defensivo com Renato e Tiago Maia de volantes e conseguiu dar um padrão de jogo para o Peixe, muito importante não só para a classificação, mas também para sequência do Brasileirão. O Corinthians por sua vez, segue líder e agora pode manter foco total para manutenção da ponta e busca ao título, que agora, será cobrado mais do que nunca por seus torcedores.

O Peixe aguarda seu adversário em mais um sorteio, que ainda será realizado. Mas por ora, as equipes voltam o foco para o Brasileirão, onde o Santos vai à Minas encarar o Cruzeiro e o Timão, encara a Chapecoense, também fora de casa.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 2 SANTOS

Local: estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 26 de agosto de 2015, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Marcio Eustaquio Santiago (MG)
Público: 37.338 pagantes
Renda: R$ 2.353.824,50
Cartões amarelos: Vagner Love, Bruno Henrique, Felipe e Gil (Corinthians); Ricardo Oliveira e Lucas Lima (Santos)

Gols
Corinthians: Romero, aos 27 minutos do segundo tempo
Santos: Gabriel, aos 14 minutos do primeiro tempo, e Ricardo Oliveira, aos 19 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Edílson, Felipe (Edu Dracena), Gil e Uendel; Ralf; Matheus Pereira (Romero), Bruno Henrique (Cristian), Renato Augusto e Malcom; Vagner Love
Técnico: Tite

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia (Leandrinho), Renato e Lucas Lima; Gabriel (Marquinhos Gabriel), Ricardo Oliveira e Geuvânio (Chiquinho)
Técnico: Dorival Júnior

Pedro Henrique  |  @peeedrito17

←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana