A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

O Pulso ainda Pulsa

     Fala, Turma da Fuzarca!

            Vasco venceu a Ponte, em Campinas, por 1 a 0 e ainda mantem o sonho de sair da Zona de Rebaixamento. Com gol de Leandrão, o Cruzmaltino voltou a ganhar após nove rodadas. E como já disse, foi em Campinas, contra time de fora do Rio de Janeiro, não foi clássico. Expliquem essa.



O grupo B da Série C vai pegar fogo na reta final

Desde as primeiras rodadas da competição, quem acompanha pôde perceber que não seria um campeonato em que algum time venceria e se classificaria com sobra, facilmente. E isto está se comprovando cada vez mais, faltam apenas 3 rodadas para o fim da primeira fase e até o sexto colocado do grupo tem chances de classificação à segunda fase da competição. Por isso, nós do Linha de Fundo preparamos um resumo completo de como será essa etapa final de primeira fase.


Imagem: globoesporte.com
Olhando para o topo da tabela pode-se ter uma noção de porque o campeonato será tão "quente" neste fim de primeira fase. Confira abaixo o resumo de cada equipe:
  • Tupi: 
          Primeiro colocado do grupo, o Tupi se mostrou uma equipe equilibrada durante o decorrer da competição, marcou 18 gols e sofreu apenas 8, devido a isso tem a melhor defesa de toda a Série C, junto ao Vila Nova, mas se engana quem acha que o Alvinegro das Minas Gerais terá vida fácil nestas rodadas. A equipe comandada por Leston Jr. ainda têm pela frente o Juventude (fora de casa), outra equipe que briga por uma posição no G-4 e após a derrota para a Portuguesa fará de tudo para tentar se recuperar diante de sua torcida, no primeiro turno as equipes ficaram no empate. Tupi enfrenta ainda o Londrina fora de casa em um confronto direto com o vice líder da competição, que possui bom retrospecto dentro de casa, sem ter perdido um jogo sequer quando jogou em seus domínios. Por último e tão importante quanto os outros dois confrontos, o Galo enfrentará o Brasil de Pelotas dentro de casa, a equipe gaúcha por sua vez vem decaindo na competição e este pode ser um jogo mais decisivo ainda (leia o tópico sobre o Xavante).


  • Londrina: 
          Vice líder da competição e vindo de derrota contra o Guaratinguetá, o Londrina terá jogos dificílimos e terá que superar sua sina de ceder gols aos adversários no minutos finais da partida. O Tubarão tem pela frente o Caxias diante de sua torcida e pretende não deixar o "laterninha" roubar preciosos pontos na disputa pela liderança do grupo, ainda mais em seus domínios. Posteriormente o Alviceleste Paranaense enfrentará o líder Tupi, também dentro de casa, este jogo promete ser um dos melhores de todos desta primeira fase e pode ser a chance da equipe de Claudio Tencatti ultrapassar o líder (com uma combinação de jogos na 16ª rodada e também na 17ª). Por último, o Londrina encara o Madureira, que entrou na zona de rebaixamento e pode estar se complicando mais e mais a cada jogo, nesta última rodada a partida contra o Tricolor do Rio pode estar definindo a sua permanência na série C para 2016 ou o descenso para a D.

  • Brasil de Pelotas:
          Em campanha decrescente, o Grêmio Esportivo Brasil terá de superar as adversidades para não sair do G-4, logo de cara enfrentará o Madureira fora de seus domínios, a equipe carioca desceu ao Z-2 e precisa vencer pra escapar da degola, isto deverá gerar mais dificuldades ainda para os gaúchos. Na rodada seguinte o Xavante joga contra o Guarani, último clube com chance de classificação à próxima fase do campeonato e não deverá ter jogo fácil, por mais que a partida seja dentro do "Caldeirão". Pela última etapa do segundo turno, a equipe comandada por Rogério Zimmermann jogará fora contra o líder do campeonato, Tupi. Sem vida fácil nessas última rodadas, o Rubro Negro Gaúcho precisa se ligar para não ficar de fora do G-4.

  • Portuguesa:
          Após vitória maiúscula contra o Juventude dentro de casa, a Lusa precisa firmar sua boa campanha e carimbar de vez seu passaporte a segunda fase, e tem pela frente o Guarani que ainda sonha com uma vaga no G-4. Na rodada seguinte a equipe Lusitana joga contra o quase rebaixado Caxias. Pela 18ª e última rodada da primeira fase, uma partida que pode definir a permanência da Tombense na Série C ou ainda descenso à série D, por isso apesar da confiança é uma partida para se ficar ligado e manter o ataque positivo, que até aqui é o mais potente e perigoso de todo o campeonato.

  • Juventude: 
Quinto colocado do grupo e vindo de uma derrota por 4 a 2 contra a Lusa, o time Jaconeiro joga sua recuperação contra o líder Tupi, no Alfredo Jaconi. Na rodada seguinte, viaja e joga contra a Tombense, que vem em decrescência no campeonato mas que apesar disso vem tirando pontos de equipes do G-4. Na última rodada encarará o Guaratinguetá, que vem roubando pontos de equipes com o Londrina e Brasil de Pelotas, jogo este que será também no Alfredo Jaconi.

  • Guarani:
          Ainda com chances de classificação aos mata-matas, o Bugre terá partidas complicadíssimas, a primeira delas sendo contra a Portuguesa de Desportos no estádio Brinco de Ouro, as complicações para essa partida se agravam se tivermos em vista que a Lusa briga e necessita crescer neste final de primeira fase. Na partida seguinte, viaja a Pelotas para outro duelo contra o Xavante que vem decaindo na competição. Pela última rodada desta primeira fase, o Bugre poderá decretar de vez o rebaixamento do Caxias.

  • Tombense:
Com retrospecto complicadíssimo e com aproveitamento de apenas 33% de todos os pontos disputados, a equipe campeã da Série D de 2014, corre o risco de rebaixamento nesta temporada! Serão 3 duelos contra equipes que "jogarão a vida" em cada um dos jogos, logo de cara o Guaratinguetá que na última rodada venceu o vice líder Londrina e pretende manter os bons resultados para escapar de vez do descenso. Em seguida, a equipe de Tombos joga contra o Juventude que persegue e está muito próximo de garantir sua vaga no G-4. Na última rodada mais um jogo contra outro time que precisa vencer, fora de casa o Tombense jogará contra a Portuguesa de Desportos. 

  • Guaratinguetá:
Crescendo na competição e quase escapando do rebaixamento, o Guará já de cara tem um confronto direto,  joga fora, contra a Tombense, essa partida será decisiva e pode embolar ainda mais a classificação para Tombense, Guaratinguetá e Madureira, é que dependendo da combinação de resultados, os 3 times podem chegar aos 15 pontos, fazendo o rebaixado ser definido pelo saldo de gols. Na rodada seguinte, mais um confronto direto, recebe o Madureira e pode já nesta partida se ver livre do descenso a Série D de 2016, claro com bom combinação de resultados. Já na última rodada, mais um jogo complicado, a Garça viaja a Caxias e enfrenta o Juventude que estará brigando pela vaga no G-4 e na próxima fase da competição.

  • Madureira:
Cada vez mais embolado na classificação, o time carioca terá também jogos difíceis, o primeiro deles será contra o Brasil de Pelotas, no Rio de Janeiro. Em seguida, um confronto direto na briga pra escapar do rebaixamento, o Madureira joga contra o Guaratinguetá em um jogo que pode dar ares tristes à  uma das duas equipes. Na 18ª rodada o Madureira encara o Londrina, novamente no Rio, a equipe paranaense poderá estar jogando pela liderança, não é um jogo muito bom de se ficar dependendo mesmo com o empate arrancado no norte paranaense, em jogo do turno passado.

  • Caxias:
Quase já rebaixado o Caxias precisará vencer todos os jogos e ainda torcer para uma combinação de resultados caso queira escapar do rebaixamento, jogará contra Londrina, Portuguesa e Guarani.


É amigo leitor, só jogo decisivo neste finalzinho de segundo turno. Se tiver a oportunidade acompanhe os jogos e não se arrependerá!

Lei do ex faz Santa de vítima e equipe vê G4 cada vez mais longe


Nessa terça pós feriadão, o Santa Cruz recebeu o Paysandu no Arruda, a equipe do Pará lutava pela liderança do campeonato, e mesmo com seis desfalques era uma equipe que impõe respeito, muito bem montada pelo Dado Cavalcanti, antigo conhecido pela torcida coral, e comandados pelo ótimo jogador Yago Pikachu, um dos poucos jogadores acima da média nesta série B.

Já o Santa lutava por uma vaga entre os seis primeiros, jogando dentro de casa o Santa Cruz vinha de ótimos resultados, um dos melhores mandantes da série B, a torcida estava confiante na vitória, ainda na bronca com Anderson Aquino por conta do pênalti perdido na última partida, a torcida viu a estreia de Diogo Campos, que ao lado de Grafite deu mais mobilidade ao ataque tricolor, deixando mais espaço para o Centroavante da camisa 23. O Santa também teve outra novidade pra sua torcida tricolor, na verdade duas, a primeira foi a instalação do telão no Arruda, mesmo mal posicionado, o telão mostrou novamente o empenho do marketing tricolor, que trabalha como nunca, a outra novidade, veio através do telão, o Santa anunciou a contratação do meio campista Vinicius Reche, que atuava na Coreia do Sul.

Martelotte abriu mão de Renatinho pelo lado esquerdo e de Marlon na lateral, tendo Diogo Campos e Lúcio como opções, mas foram das laterais que surgiram os problemas, Lúcio e Vitor erraram muito no jogo, lances que resultaram nos gols do Paysandu, e principalmente Vitor, que foi o jogador mais xingado pela torcida na partida.

E coube a Betinho ser o carrasco do Santa Cruz, o jogador que ainda é o vice artilheiro do Santa no ano, e atual artilheiro do campeonato pernambucano entrou no segundo tempo, e cravou a lei do ex bem no coração do torcedor.


O JOGO

O Santa Cruz entrou em campo com a seguinte escalação: Tiago Cardoso, Vitor, Néris, Alemão, Lúcio, Moradei, Wellington, Luisinho, João Paulo, Diogo Campos e Grafitte. Téc: Martelotte.

O Santa dominou a partida do começo ao fim, desde o início buscando o gol e ficando em seu campo de ataque, parecia que o empate bastava para o papão, que com seis desfalques se preocupou em tentar não deixar o Santa jogar, mas no futebol existem regras, e uma delas é: quem não faz, leva.

O Santa teve várias chances de abrir o placar, a mais bonita veio dos pés de Grafitte, que deu um belo chapéu no zagueiro e sem deixar a bola cair chutou de perna esquerda, pouco centimetros acima do angulo do gol do Paysandu. Sem chutar a gol, o time do Pará deixou o Santa acomodado na defesa, e o lateral Vitor vacilou, deixou uma bola fácil na lateral ser tomada pelo jogador adversário, o jogador deu um belo passe pra Jonathan, que com um chute forte venceu Tiago Cardoso e abriu o placar aos 32 minutos, primeiro chute do Paysandu na partida, 1x0.

Após do gol, o time tricolor sentiu o baque, o time do Paysandu segurou a bola, e nada mais foi criado, a torcida começou a ficar nervosa e o juiz apitou o fim do primeiro tempo, Martelotte teria apenas 15 minutos pra fazer o Santa acordar e voltar pra partida.

No segundo tempo Martelotte coloca Renatinho no lugar de Moradei, o time fica mais veloz e muito mais ofensivo, jogando agora com apenas um volante, e o jogo segue o mesmo do primeiro tempo, Santa procurando o gol a todo minuto mas pecando na finalização. Após a entrada de Aquino, João Paulo foi derrubado na área, pênalti, no mesmo momento a torcida já gritava o nome de Grafite, e mesmo sendo o batedor oficial, Aquino deu a bola ao camisa 23, que bateu com perfeição pra empatar o jogo, quarto gol do atcante em quatro jogos no Arruda. Monstro.

Anderson Aquino ainda mandou uma bola no travessão depois da bela defesa do goleiro do Paysandu, mas não teve jeito, quando não é pra vencer não vende, Tiago Cardoso foi afastar a bola e jogou no pé de Betinho, que sem piedade decretou o resultado, fazendo sinais a torcida, mas após a partida disse que não era nada demais, e que guardava boas lembranças do Arruda e da torcida tricolor.


O time tricolor se encontra na nona posição da tabela, e mesmo faltando quatorze rodadas parar o fim do campeonato, o Santa parece sair do bolo a qual se vão lutar para o acesso, tendo que ganhar todas em casa e conseguir alguns pontos fora de casa para estar vivo ao acesso no final do campeonato, parece uma tarefa muito complicada visto o futebol que o time vem apresentando, a equipe volta a contar com Lelê, Raniel e Bileu na próxima rodada, muito importante para sabermos o rumo tricolor na competição.

Que o Santa tome jeito ou comece a se planejar desde já para conseguir o acesso na próxima temporada.

Para continuar sabendo da equipe coral, sigua no twitter: @HigorCarvalho

SANTA CRUZ DE CORPO E ALMA

As apostas para a temporada 2015-16 da NFL



A temporada 2015-16 começa amanhã e será mais um ano de muitas emoções. Pensando nisso, alguns colunistas da NFL resolveram expressar opiniões e expectativas sobre seus respectivos times, além do palpite para o Super Bowl 50.

Que comece a temporada regular


A preseason acabou, assim como a brincadeira. Na NFL os fracos não têm vez e, na temporada dourada, apenas os mais fortes sobrevivem após a Week 17. Que venham os jogos espetaculares, os fumbles, o caos, as recepções incríveis, os touchdowns memoráveis e, principalmente, o grande campeão.

Algumas coisas que você precisa saber antes da temporada regular começar:

Super Bowl 50:


A NFL comemora a chegada da notável marca de 50 disputas da final do futebol americano. O Super Bowl deste ano será especial e o Levi’s Stadium, localizado no “Golden State”, terá a honra de recebê-lo. Apesar da terrível campanha na temporada passada, o San Francisco 49ers espera quebrar a “tradição” e se tornar o primeiro dono da casa a chegar à final.

Caso Tom Brady:

Explicamos o caso da suspensão de Tom Brady e a decisão da NFL em punir severamente o QB e o New England Patriots depois do caso das bolas murchas. Entretanto, durante a última semana, o caso foi julgado na justiça comum e Brady acabou sendo absolvido.

Mesmo com os recentes acontecimentos, como a descoberta de que o QB quebrou seu antigo celular e não o entregou à justiça, o tribunal justificou a decisão pela falta de provas na condenação do jogador de New England. A NFL ainda irá recorrer, mas Brady está a disposição para a partida contra os Steelers na Week 1.

Draft 2015:




Cortes de elenco:

Os times da NFL fizeram nessa semana os últimos cortes antes do início da temporada regular. Apesar de já terem selecionado os 53 jogadores que compõe o elenco, as franquias ainda podem se movimentar para contratar e dispensar outros nomes, visto que o período de transferências só é efetivamente encerrado em novembro.

Nomes como o QB TIM Tebow, que fazia uma experiência no Eagles, Josh Freeman, que estava no Miami Dolphins, e o DE IK Enemkpali, que se envolveu em uma briga com Geno Smith, acabaram na lista de dispensas.

Partidas em Londres:

Devido ao sucesso, a NFL segue levando algumas partidas da temporada regular para a Inglaterra. Mesmo com as reclamações do técnico da Seleção Inglesa Roy Hodgson pelas condições do gramado, Londres receberá mais três jogos esse ano.

Resultados da pré-temporada:

Leia mais sobre o Pro Football Hall of Fame Game e a primeira semana aqui e aqui.

(Fonte: @oQuarterback)
 Datas importantes:

10 de setembro: Início da temporada regular.
04 de outubro: Primeiro jogo em Londres – Jets x Dolphins.
25 de outubro: Segundo jogo em Londres – Bills x Jaguars.
1º de novembro: Terceiro jogo em Londres – Lions x Chiefs.
03 de janeiro: Todos os jogos da semana 17, a última da temporada regular.
09 e 10 de janeiro: Wild Card round.
16 e 17 de janeiro: Divisional Round.
24 de janeiro: Finais de conferência.
31 de janeiro: Pro Bowl 2016 no Aloha Stadium, Havaí.
07 de fevereiro: Super Bowl 50 no Levi’s Stadium.

Calendário de jogos:

Semana um

Confira todas as partidas da NFL aqui.

Por Mariana Sá (@imastargirl).

CHUCK NORRIS: 24ª Rodada do Cartola FC

     Fala, Cartoleiros!

         Decepção, angústia, nervos à flor da pele... não estamos falando do torcedor Vascaíno. São apenas reações de um cartoleiro rodada pós rodada. Mais uma lastimável, prejudicando quase todos "técnicos".

Mandou avisar que se não mitar, o Terror VAI COMEÇAR!
LEIA MAIS: XEPA 24ª RODADA
LEIA MAIS: UNANIMIDADES 24ª RODADA

            Na rodada passada, apostamos numa defesa atleticana, fizemos bons pontos com o do Paraná, mas o de Minas negativou. No meio campo, Cícero, Giuliano e G.Augusto foram nulos. Já no ataque, pontuamos apenas 14.8. No total, o Chuck Norris LFFC fez 32.01 pontos. Agora, com o trabalho, reunimos os melhores e mitaremos!



           No gol, Wilson tem chance de fazer defesas difíceis. Na defesa, pensamos no SG. Meio mítico, menos de cem pontos nem comemoro. Ataque abençoado pelo Pastor Ricardo Oliveira; Argentino mais ídolo do Brasil e o melhor Biro Biro de todos os tempos.

          Banco de Reservas: Renan - Goleiro (Goiás), Jemerson - Zagueiro (Atl-MG), Marcos Rocha - Lateral (Atl-MG), Valdivia - Meia (Internacional) e Erik - Atacante (Goiás)

       Aguademos!! Vamos, Chuck Norris, QUEREMOS MITAR!

         abçs, Galera,
           Matheus Freitas       @_MFreitas9_    //   @linhadefuundo

Colaboração: @peeedrito17 , @acfmarcelo , @rolimpato

XEPA - 24ª Rodada do Cartola FC

     Fala, Cartoleiros!

            Que rodada péssima para muitos de nós. Como pôde o Vasco fazer gol? Como pôde o Wilian fazer quatro gols e todos com Damião? 


O Mito chegou
               Apesar dessa rodada trágica, o Xepa conseguiu fazer 36.12 pontos e valorizar apenas 1.32 cartoletas. No turno estamos alterando atuações positivas e negativas. Chegou a hora de disparar, então vamos ao que interessa:


Xepa Custando 127.12


                                                                            XEPA (3-4-3) (127.12)

Goleiro:                Paulo Victor (Flamengo)
Zagueiros:           Vilches (Atl-PR), Jemerson (Atl-MG) e L.Silva (Atl-MG)
Meias:                  Jadson (Corinthians), Valdivia (Inter), G.Augusto (Atl-MG) e Alan P. (Flamengo)
Atacantes:            Gabriel (Santos), E.Sasha (Inter) e Erik (Goiás)
Técnico:                Julinho Camargo (Goiás)


                 Com esses jogadores, com esses Mitos, o XEPA VAI MITAR!


          abçs, Galera,
             Matheus Freitas                @_MFreitas9_  // @linhadefuundo

Colaboração: @peeedrito17 , @acfmarcelo , @rolimpato

Enfim o Vitória vence a primeira no retunro da Série B

FOTO: Pega!
Optando mais pela garotada da base Rubro Negra, o Treinador Mancini abdicou da experiência e lançou correria pra cima do Criciúma no Heriberto Hulse. E conseguiu vencer o primeiro jogo da Série B no returno. 


O JOGO

Aos dois minutos, Rhayner marcou para o Vitória após bom cruzamento de Flávio, o atacante finalizou duas vezes para consegui marcar.

No lance seguinte, o Tigre quase empatou. Lucca cruzou rasteiro para dentro da área e o atacante Jefferson chegou chutando, mas para fora. 

A equipe Rubro Negra ampliou o marcador aos 44, novamente com Rhayner aproveitando passe milimétrico de Diogo Matheus. 

Segundo Tempo
 
No início da segunda etapa, Lucca recebeu no ataque e chutou cruzado, mas a bola passou raspando o travessão. 
Os criciumenses buscaram o primeiro gol com o atacante Róger Guedes. O jogador recebeu na direita, cruzou, a bola desviou na zaga e foi parar no fundo das redes, encobrindo o camisa um do Vitória. 
O empate veio aos 28. Lucca cobrou escanteio na direita e Wanderson cabeceou no canto esquerdo alto do goleiro Gatito.
O Vitória marcou o terceiro aos 41, com Vander em jogada de característica pessoal, limpar o lance para bater de chapa e acertar o lado das redes. Luiz nada pôde fazer. Indefensável. 

Sassá garante a terceira vitória seguida do líder Botafogo

O Botafogo recebeu o Paraná, na noite desta terça, dia 8, no Nilton Santos, em jogo válido pela 24ª rodada da Série B. Em busca da terceira vitória consecutiva, o Glorioso deveria apenas fazer a sua parte para manter a liderança da competição. Com emoção, de novo, o Alvinegro venceu mais uma. Sassá foi o grande destaque da partida, assim como na rodada passada. Com o resultado, o Botafogo segue isolado no topo da tabela de classificação, agora com 45 pontos, mas com os rivais diretos na cola. O Mogi Mirim é o próximo adversário do time carioca. O jogo acontece na sexta, às 21h30, no Espírito Santo, tradicional reduto de botafoguenses. 

O JOGO

O primeiro tempo foi bem movimentado. O Botafogo, apesar da derrota parcial, foi melhor no jogo, tendo criado várias chances claras de gol. 

Aos 7 minutos, por exemplo, Luis Ricardo fez bonita jogada e achou Lulinha livre na área, que chutou fraco. A bola passou por baixo das pernas do goleiro Felipe Alves, mas a zaga chegou a tempo para afastar. No entanto, a arbitragem já havia marcado impedimento. O Alvinegro dominava o jogo, adiantando as linhas de marcação. Até que aos 13 minutos, em erro individual de Diego Giaretta, sempre inseguro, Gustavo Sauer roubou a bola, driblou Roger Carvalho e bateu no canto de Helton Leite para abrir o placar. Paraná 1 a 0. 

O Botafogo seguia em busca do gol e continuava criando várias oportunidades. Aos 17', Tomas, o fantasma, cobrou falta, que bateu na barreira. A bola sobrou limpa para Navarro, que mandou por cima do gol. Aos 19', Renan Fonseca cabeceou na direção do gol, obrigando o goleiro Felipe Alves a fazer um milagre. No minuto seguinte, o goleiro do Paraná apareceu novamente ao fazer uma defesaça, evitando dessa vez um golaço de bicicleta de Lulinha, após cruzamento de Elvis. Aos 25', Navarro subiu sozinho e cabeceou rente à trave. 

Só dava Botafogo no jogo, que aos 39', teve um gol anulado. Tomas, o fantasma, levantou na área mas a bola foi direto para o gol. No lance, Roger Carvalho, em impedimento milimétrico, tentou chegar de cabeça. Aos 47', o primeiro tempo chegou ao fim.

Como é de se notar, ao contrário do Botafogo, que levou perigo várias vezes, o Paraná não assustou o goleiro Helton Leite, que nada fez durante a etapa inicial. Foram OITO finalizações do time botafoguense, sendo QUATRO delas, chances claras de gol. 

O Botafogo voltou o mesmo para o segundo tempo. Mas aos 8 minutos, o técnico Ricardo Gomes promoveu a primeira alteração no time: Tomas, o fantasma, saiu para dar lugar a Daniel Carvalho. A intensidade diminuiu. Aos 16', ocorreu a segunda alteração na equipe: Sassá substituiu Lulinha. Ricardo Gomes, ousado, aos 23 minutos, resolveu ir para o tudo ou nada e mais uma vez modificou o time. Navarro foi substituído por Luis Henrique. As mudanças deram resultado. Aos 25 minutos, após escanteio, Sassá cabeceou e a zaga do Paraná tirou. A bola voltou para o novo xodó, que encheu o pé para empatar o jogo. Aos 30', Sassá mais uma vez balançou as redes, mas a arbitragem pegou falta de Luis Henrique no lance, invalidando o que seria a virada alvinegra. 

O Paraná não estava morto. Aos 33', Helton Leite enfim trabalhou, ao defender um chute de Ricardinho de fora da área. Porém, no minuto seguinte, o Botafogo voltou a levar perigo. Elvis lançou em profundidade para Sassá, que driblou o goleiro mas sem ângulo mandou a bola para fora. Luis Henrique, aos 35 minutos, cruzou da direita para Sassá, que cabeceou rente à trave. Mais pressão do Glorioso: aos 39', Roger Carvalho, aproveitou bola que sobrou para cabecear. De novo, a bola passou rente à trave. O gol do Botafogo estava amadurecendo. A virada era questão de tempo. 

Mas antes, aos 42', o Paraná assustou. Crystian fez grande jogada na área e teve tudo para fazer o segundo gol do time paranaense. Roger Carvalho apareceu no momento do chute para travar. A bola foi por cima do gol. Segundos depois, Willian Arão levantou a bola na área, Daniel Carvalho escorou de cabeça e Sassá, livre, apareceu para marcar o segundo gol do Botafogo (e dele também). Era a virada botafoguense. 

Sassá comemora o gol da vitória (Foto: Vitor Silva/SS Press)

Assim como no jogo anterior, nos acréscimos e em jogada iniciada por Arão, o Botafogo sacramentou a emocionante vitória. 


OBSERVAÇÕES

A rodada não foi nada boa. América-MG, Bahia, Vitória e Paysandu, todos rivais diretos, venceram. Seria pior se o Botafogo não tivesse vencido o seu jogo. Série B bem equilibrada.

Sassá, muito criticado pela torcida, mais uma vez entrou bem no jogo. Acredito que ele rende melhor atuando no segundo tempo. Tem estrela o garoto! 

Diego Giaretta, inseguro, errou um passe simples no jogo. O erro originou o gol do Paraná, que quase comprometeu o Botafogo. 

Willian Arão conseguiu conturbar o ambiente mesmo após a terceira vitória seguida do Botafogo. Ele demonstrou insatisfação com a forma de pagamento do bicho (referente ao jogo com o Vitória). Tanto faz se a grana, que foi prometida e paga em dia, foi depositada ou entregue em mãos. O mais importante é levar o Botafogo à Série A. Em meio a tantas sondagens, ficou claro que o jogador está cavando a sua saída. E sinceramente: que saia logo!

FICHA DO JOGO

Botafogo 2
Helton Leite, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho, Diego Giaretta; Camacho, Willian Arão, Elvis, Lulinha (Sassá), Tomas (Daniel Carvalho); Álvaro Navarro (Luis Henrique). Técnico: Ricardo Gomes. 

Paraná 1
Felipe Alves, Ricardinho, Anderson Uchoa, Luciano Castán, Rafael Carioca; Fernandes, Gustavo Sauer (Carlinhos), Danielzinho (Paulo Henrique), Rafael Costa; Gabriel Leite (Crystian), Carlão. Técnico: Fernando Diniz.  

Estádio: Nilton Santos (RJ). 
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL).
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araujo (AL) e Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL).
Gols: Gustavo Sauer (13' do 1º T), Sassá (26' do 2º T), Sassá (42' do 2º T). 
Cartões amarelos: Tomas, Elvis e Luis Henrique (Botafogo); Rafael Carioca e Gustavo Sauer (Paraná). 
Público: 7.226.
Renda: R$ 130.240,00. 

Botafogo lidera a Série B (Foto: Vitor Silva/SS Press)

LÍDER!

Por: Gabriel De Luca (@biel_dluca).

A lei do ex faz outra vitima e o Papão segue no G4

  • SANTA CRUZ

  • 1X2
  • PAYSANDU
Na noite de hoje (08), o Paysandu foi ao Arruda enfrentar o Santa Cruz. Cheio de desfalques, o Papão ia em busca dos 3 pontos fora de casa, para manter sua sequência positiva e permanecer no G4 da competição, já o Santa, também tinha uma sequência para defender, já eram oito vitórias consecutivas dentro de casa e vencendo, poderia encostar no G4. Mas o Paysandu se mostrou oportunista e aproveitou as poucas chances que teve, conquistando mais uma vitória e seguindo na vice liderança da competição.


←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana