A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sábado, 12 de setembro de 2015

CHUCK NORRIS - 25ª RODADA DO #CARTOLAFC

Salve, salve nação cartoleira e leitores do Linha De Fundo.

Parece que o rodízio de técnicos principais teve efeito positivo na pontuação do Chuck Norris. A equipe mais destemida e querida do Linha de Fundo vem numa crescente constante e fez uma pontuação DIABÓLICA na última rodada: 66,66! Estamos subindo lentamente na Liga Nacional e iremos manter a tática que está dando certo: Time base forte e boas apostas pontuais. Sem mais delongas, eis nosso Esquadrão para essa rodada:

PREÇO: 177,91
ESQUEMA; 4-3-3

#CHUCKNORRIS RODADA25 #VAMOSMITAR
A defesa começa pelo melhor goleiro do fantasy game nesta temporada. Marcelo Lomba tem uma média de DDs impressionante e costuma pontuar com regularidade mesmo sem SG. Diante do excelente ataque do Santos o desafio é grande, mas seremos ousados como de costume. Nas laterais dois jogadores que atuarão com a força da torcida mas por motivos diferentes. Fagner costuma ir bem nas RBs e deve ter SG enquanto o Palmeiras de Zé Roberto sempre leva gol, mas o veterano joga na meia, finaliza muito e cobra bola parada. Optamos pela ofensividade. Assim como seu companheiro Vitor Hugo que anda devendo um golzinho de cabeça há algumas rodadas. O mesmo vale para o garoto Felipe: Um golzinho de bola áerea deve turbinar sua pontuação com SG e RBs.

O meio aposta no mito e figura carimbada do Chuck: JADSHOW. Com Rildo titular e jogo em Itaquera é muito difícil que não role um pênalti maroto para o líder do Dilmão 2015. Além disso o meia corintiano anda iluminado com passes açucarados e finalizações impecáveis. A dez e a faixa de capitão para ele. Completando a zona do agrião o garoto Marcos Guilherme, voltando da seleção olímpica com todo gás. Enfrenta o fragilíssimo Vasco e deve ter muitas oportunidades de marcar. Para fechar a meíuca Patrick do Goiás: Uma das melhores médias de RBs em um jogo que exigirá maracação pesada da equipe goiana - confronto direto contra o rebaixamento.

No ataque dois goleadores e uma joia: Enquanto Léo Gamalhovic e Pratto terão a responsabilidade de marcar os gols que turbinarão a nossa pontuação, o menino Gabriel Jesus vai abençoar nosso time com dribles, assistências e gols e infernizar a zaga adversária.
O técnico é Marcelo Oliveira. Apostar no SG do Palmeiras é um risco mas acredito que a equipe deva vencer com facilidades devido à necessidade de se manter na briga pelo G-4.

BANCO DE RESERVAS: Weverton, Lucas, Uendel, Erazo, Rodrigo, Otávio, Diego Souza, Giovanni Augusto, Willian [Cruzeiro], Ricardo Oliveira, Pato e Roger Machado.

Boa sorte a todos!

Alex Rolim: @rolimpato


Colaboradores: @peeedrito17 , @acfmarcelo , @_MFreitas9_

Com show da torcida, Botafogo vence mais uma e dispara na Série B

O Botafogo foi até Cariacica, no Espírito Santo, para enfrentar o vice-lanterna Mogi Mirim, em jogo válido pela 25ª rodada da Série B, na noite de sexta, dia 11. "Visitante", o Glorioso se sentiu em casa, afinal, contou com o apoio irrestrito da torcida capixaba, que lotou o Estádio Kleber Andrade e fez linda festa. Em campo, o Alvinegro retribuiu ao vencer por 3 a 0. Com o resultado, o Botafogo continua líder absoluto da competição, agora com 48 pontos, quatro a mais que o Paysandu, segundo colocado. O próximo adversário é o Oeste. O jogo acontece na terça, dia 15, às 21h30, no Nilton Santos. 

O JOGO

Aos 2 minutos, Daniel Carvalho cobrou escanteio na medida para Roger Carvalho, que sozinho, mandou a bola para o gol. Botafogo 1 a 0.



  Comemoração do gol de Roger Carvalho no início do jogo (Foto: Globoesporte.com) 

Todos pensavam que o jogo seria fácil, ainda mais se levarmos em conta a superioridade alvinegra. Pois é, mas o Botafogo dificultou a partida. O time seguia no ataque, porém, o Mogi se defendia como podia. O tempo passava e o ritmo da partida era lento. Sonolento, o Botafogo trocava passes, e só. 

Aos 30', o Mogi Mirim assustou. Serginho, melhor jogador da equipe, fez boa jogada pela esquerda ao driblar Luis Ricardo. Ele cruzou a bola para Ortigoza, que raspou na bola, mandando para linha de fundo. O Botafogo respondeu logo depois, aos 32'. Sassá, no meio da zaga do time paulista, chutou, mas o goleiro Mauro defendeu. No rebote, a bola sobrou para Willian Arão. O volante chutou e o goleiro novamente fez a defesa, mandando dessa vez, para escanteio. 

Aos 41', Willian Arão, dentro da grande área, chutou para outra defesa de Mauro, que se posicionou bem no lance. Aos 44', Everton Heleno arriscou de fora da área. A bola raspou a trave de Jefferson. No minuto seguinte, o juiz encerrou a etapa inicial. O primeiro tempo foi morno. 

O Glorioso voltou sem alterações para o segundo tempo, que foi melhor.  Aos 5', Daniel Carvalho cobrou escanteio e achou Sassá livre na cara do gol. O atacante cabeceou para fora. Aos 8', Daniel Carvalho (muito participativo), deu uma caneta e a bola sobrou para Lulinha (apagado no jogo), que chutou em cima do goleiro e desperdiçou outra ótima oportunidade.

Aos 9 minutos, o Mogi Mirim colocou o melhor goleiro do Brasil para trabalhar. Serginho chutou de longe, obrigando Jefferson a fazer ótima defesa. 

Aos 16', Ricardo Gomes fez a primeira alteração no Botafogo: Lulinha, péssimo na partida, foi substituído pelo capixaba Luis Henrique, que teve seu nome gritado pela torcida minutos antes. Aos 20', Camacho fez ótimo lançamento para o xodó, que livre, sairia na cara do gol para ampliar. Mas o bandeira havia assinalado impedimento inexistente. 

Aos 29', Daniel Carvalho saiu para dar lugar a Tomas. Aos 32', Jefferson trabalhou novamente. Serginho fez boa jogada e tocou para Luiz Fernando, que chutou cruzado. O goleiro espalmou e na sobra, Diego Giaretta mandou para escanteio.

Aos 33', Tomas cobrou um escanteio de forma bizarra. O pé direito tocou antes do esquerdo e a bola foi para linha de fundo. Dois minutos depois, Camacho saiu para dar lugar a Fernandes, que em sua primeira participação no jogo, deu passe espetacular para Tomas, que se redimiu e marcou o segundo gol do Botafogo. O gol trouxe tranquilidade ao time, que estava se sentindo confortável com o placar magro. O Glorioso administrava a partida. Aos 44', Luis Henrique sofreu pênalti ao ser derrubado por Mauro na área. De cavadinha, ele fez 3 a 0, sacramentando mais uma vitória do líder. 

OBSERVAÇÕES

Foi a quarta vitória seguida do Botafogo, que abriu considerável distância para os adversários diretos. Independente dos resultados na próxima rodada, continua líder. A distância para o primeiro time fora do G4 é ainda maior. A confiança aumenta.

Alguns jornalistas e comentaristas criticaram o Luis Henrique. Sinceramente, não entendi o que ele fez de tão grave assim. Por acaso cobrar um pênalti de cavadinha e convertê-lo é crime? Isso é burlar alguma lei do futebol? Errado é o Tomas cobrar um escanteio bizarro e mandar para fora do campo. 

Quem não viu o jogo e depois soube que o Botafogo venceu por 3 a 0, pode até achar que a partida foi fácil. O Botafogo dificultou o jogo, na verdade. O gol de Roger Carvalho, logo no início, deixou o time calmo demais. O objetivo era administrar um placar magro. O Mogi Mirim, fraco, ia empatar a partida. O gol de Tomas (quem diria), salvou o Glorioso, que depois, com alguma facilidade, ampliou o marcador. 

Jefferson completa, no próximo jogo, QUATROCENTOS jogos com a camisa do Botafogo. É uma marca invejável. É uma honra ter o MELHOR GOLEIRO DO BRASIL vestindo esse uniforme tão glorioso! 

O Mogi Mirim, mandante, optou por jogar no Espírito Santo visando bom público alvinegro e, consequentemente, uma boa renda. A tática deu certo. Os botafoguenses lotaram o Kleber Andrade e apoiaram do início ao fim. Sensacional a festa da torcida capixaba do Botafogo! 



Botafogo parabeniza a torcida em Cariacica (Foto: Twitter Oficial do Botafogo) 

FICHA DO JOGO

Mogi Mirim 0
Mauro, Michel Tiago, Fábio Sanches, Renato Camilo, Dieguinho; Magal, Memo (Everaldo), Henrique Motta, Everton Heleno (Luiz Fernando); Serginho, Matheus Ortigoza (Júnior Juazeiro). Técnico: Sérgio Guedes. 

Botafogo 3
Jefferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho, Diego Giaretta; Serginho, Camacho (Fernandes), Willian Arão, Daniel Carvalho (Tomas); Lulinha (Luis Henrique), Sassá. Técnico: Ricardo Gomes. 

Estádio: Kleber Andrade (ES).
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO).
Assistentes: Katiuscia Berger Mendonça (ES) e Leonardo Mendonça (ES). 
Gols: Roger Carvalho (2' do 1º T), Tomas (35' do 2º T), Luis Henrique (45' do 2º T). 
Cartões amarelos: Renato Camilo (Mogi Mirim); Diego Giaretta (Botafogo). 
Público e renda não foram divulgados. 

LÍDER!

Por: Gabriel De Luca (@biel_dluca). 




Paysandu arranca empate na Vila Capanema

  • PARANÁ

  • 1X1
  • PAYSANDU
Na noite de hoje (11), o Paysandu enfrentou o Paraná na Vila Capanema. O clube visitante vinha de uma derrota para o Botafogo e, com sob o comando de seu treinador, só havia perdido uma vez dentro de casa. E assim continuou, o Papão não conseguiu derrotar o time paranaense, mas volta para casa com um ponto e permanece na vice-liderança.

←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana