A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Com arbitragem vergonhosa, Chapecoense arranca empate do Vasco no Rio de Janeiro

Bruno Rangel não desperdiçou a cobrança de pênalti e garantiu o empate no Rio de Janeiro. (Foto: Roberto Filho/Agência Eleven/Gazeta Press)

Chegou a hora da decisão

Fortaleza x Brasil de Pelotas: apenas um dos dois vai conseguir o acesso à Série B. O Tricolor entra em campo perdendo por 1 a 0, vantagem adquirida pela equipe Xavante na semana passada, quando ocorreu o primeiro confronto válido pelas quartas de final do Campeonato Brasileiro Série C.

A delegação do Brasil de Pelotas desembarcou na capital cearense na madrugada de hoje. Não sei sobre eles e menos ainda o que farão para se preparar para o confronto decisivo, que ocorre neste sábado, às 16h, na Arena Castelão. Não li nada sobre o nosso adversário devido ao desnecessário clima de guerra criado para o embate.

Enquanto isso, o nosso Leão se preparou durante a semana e não liberou os treinos para torcida e imprensa. Os portões do Pici vão abrir apenas na manhã desta sexta-feira para um incentivo final na última atividade antes da decisão. É difícil segurar tensão e ansiedade, sim, mas não podemos confundir isso com o famoso "salto alto". Pés no chão sempre!

Elenco do Fortaleza já está acostumado com clima de decisão (Foto: reprodução/Facebook)
Marcelo Chamusca deve mudar a equipe titular. Thallyson, recuperado de lesão, pode voltar ao time na vaga de Radar. Agora, na minha opinião, ele deveria entrar em campo também com Pio. É fato que o adversário jogará fechado. Para não repetir o erro da semana passada, o volante seria uma arma para a melhoria nas finalizações.

Não vou arriscar o time que começará o jogo devido aos boatos circulados nas redes sociais. Foi publicado, por exemplo, que Chamusca teria testado Éverton na lateral. Como ninguém sabe, prefiro manter o silêncio a informar algo errado. Creio que a equipe está pronta para o nosso maior desafio neste ano.

Tópicos Importantes

Recebemos alguns recados por vídeos no decorrer da semana. Cassiano, herói do título estadual deste ano, foi um dos que gravou uma mensagem. Nela, ele pediu a torcida para não deixar de acreditar na equipe, dando como exemplo a própria conquista, quando o mesmo foi o responsável.
Cassiano, camisa 18, marcou o gol do título cearense (Foto: Amor ao FEC/Facebook)
Ainda na semana passada, após o jogo em Pelotas, fiz um pedido aos pessimistas para que estes não fossem para Arena Castelão. Reforcei isso via twitter. Agora, concluo o desejo: se não acredita, não vá. Muito ajuda quem não atrapalha. Agradeço a compreensão.

Hoje, a Leões da TUF conseguiu a liberação da Bateria Nota 10 para sábado. O Fortaleza ganha um importante reforço. Não teremos mosaicos, mas podemos contar com a empolgação da torcida para sacudir o Castelão durante os 90 minutos. Parabéns a toda diretoria pelo trabalho que vem sendo feito.

Último recado

Vamos esquecer o passado e pensar no presente. Estamos perdendo, sim, mas devemos acreditar no nosso time, na competência de cada jogador. Não será fácil. Aliás, a Série C não é simples, todos sabem. Só que o Fortaleza tem capacidade para reverter qualquer adversidade, e nós sabemos disso.

Mantenham os pés no chão. Acreditem na equipe!
Juntos pelo acesso! Juntos podemos tudo!

#FechadoComOLeão

Rafael Alves - @rafaelalvessg_

Do céu ao inferno: o que aconteceu com o Flamengo?



É difícil entender o que aconteceu ontem no Orlando Scarpelli. Diante do Figueirense, o Flamengo pareceu simplesmente sumir em campo e, graças à ausência de qualquer tipo de tentativa de reação, levou um humilhante 3-0. Tento encontrar explicações para a postura de cada um dos envolvidos, mas é complicado quando falta o princípio básico: a vontade de vencer.

Paraguai está de volta e, para ir ao mundial, só a vitória vale

O Paraguaí quer apagar seu passado recente nas eliminatórias passadas, pois teve uma campanha pífia e extremamente vergonhosa, onde ficou na lanterna da competição e teve sua honra humilhada pelos seus adversários. Para voltar a figurar novamente na Copa do mundo ela vem fazendo uma reformulação e seu elenco, ela vem trazendo alguns jogadores bem conhecidos como, Roque Santa Cruz, Nestor Ortigoza e Justo Villar, agregando esses medalhões junto com os novos jogadores.


Ramón Díaz ficou feliz com a arrancada: "Foi um prêmio pela nossa insistência, queremos começar bem e demonstrar tudo no Mundial".
O técnico Ramon Díaz ele vem conseguindo trazer novamente a autoestima da equipe Paraguaia, o retrospecto na ultima Copa América ajudou bastante, onde Lucas Barrios e o Jovem Derlis González demonstraram um ótimo entrosamento e muitos gols. Já em sua defesa dois jogadores são importantíssimos: Paulo da Silva, com seus 35 anos de idade ele é uma liderança na seleção e no setor demonstra muita força, além de comandar com autonomia toda a linha de defensiva . Seu parceiro Pablo Aguilar é um zagueiro com classe, ele não tem medo de fazer o bonito, e demonstra tanto em treinamentos como em jogos importantes toda a sua vitalidade. Os dois jogadores juntos formam uma defesa solida e confiante, conhecida internamente como "As Duas Torres", que segundo a empresa Paraguai será a defesa menos vazada.

O treinador tem como objetivo conseguir o máximo possível de pontos em territórios Guarani para conseguir se classificar para a Russia, o retrospecto é muito favorável, pois o Paraguai tem a quinta melhor campanha em casa, em 43 jogos teve 27 vitórias e 5 empates. Já a campanha que a equipe teve na Copa América não foi de todo ruim,  onde ficou em quarta colocação. E durante anos a seleção vem se colocando em destaques nas eliminatórias somente ficou fora em 2014.


Em boa fase, a "dupla de ferro" vem firme e protegendo a defesa da Seleção Albirroja.
Paraguai tem se esforçando para a classificação e existe possibilidades fortes para isso, os dois primeiros confrontos foram positivos para o Paraguai, 4 pontos fundamentais para o bom inicio, e conseguir pontuação em Seleções com mais expressão no cenário futebolístico, como o empate de ontem contra a Argentina, não tomando nenhum gol e mantendo firme seu sistema defensivo, mesmo com o desfalque do goleiro Villar. O proximo jogo da seleção será contra o Peru, fora de casa, e os 3 pontos são uma realidade. Atualmente a equipe Paraguaia é a 4 colocada e está se classificando diretamente para a Copa do Mundo.

Ismael Schonardie | @Ismahsantos

E aí, vai duvidar?

E aí, vai duvidar? Já correu e foi buscar a toalha que havia jogado para trás, após ter desistido do campeonato naquele gol de empate do Joinvile? 
A única coisa que não dá para acreditar, é achar que o campeonato já acabou e que o time da Odebrecht já é campeão. Por isso, mais uma vez berramos ontem (14) a plenos pulmões: EU ACREDITO!
Lucas Pratto comemora o gol de pênalti anotado no 1º tempo
Fonte: Divulgação/Atlético-MG

Em noite inspirada do Uruguaio, Raposa soma mais um ponto


 Depois de dez dias de parada no brasileirão, a Raposa foi a Arena da Baixada visitar o Atlético-PR que está em jejum de vitórias no Campeonato Brasileiro, já o Cruzeiro não perde há seis rodadas e se mantêm na 13° colocação, apesar das duas equipes almejar os três pontos o jogo terminou em empate de 2x2.

Sobre o jogo:

 A Raposa fez uma partida acirrada em Curitiba, os times com baixa velocidade e principalmente erros de passes, não conseguia concluir suas jogadas e foi á partir dos 36 minutos que o duelo começou a gerar emoções com o gol do time paranaense, Ewandro aproveitou do rebote da finalização do atacante Walter e abriu o placar na Arena da Baixada.

 Após o gol do Atlético-PR, o time do povo criou algumas oportunidades, uma delas foi com o Marinho aos 38 minutos, o atacante saiu na cara do gol de Weverton, mas o zagueiro Kadu chegou na hora e fez o corte evitando o empate cruzeirense. Quase no fim do primeiro tempo os mineiros tiveram uma chance de ir pro intervalo com um empate, com uma falta perigosa na entrada da área, Fabiano bateu em direção ao gol e o goleiro deu rebote e por pouco a bola não entrou, com pressão mineira a primeira fase é encerrada.

Segundo tempo:

 O Maior de Minas voltou do intervalo  superior, pressionando o adversário no seu campo de defesa e aos 6 minutos em cobrança de falta, Fabrício cabeceou forte para boa defesa de Weverton.

 Mano Menezes apostou em suas substituições colocando Arrascaeta no lugar de Marinho, o Uruguaio fez uma bela partida na noite de ontem e foi o “herói“ do jogo, o meio-campista trouxe a movimentação que faltava pra os cruzeirenses, sendo que aos 17 minutos em um grande jogada de Fabiano pela direta fazendo o cruzamento, Arrascaeta desviou e Leandro Damião cabeceou, obrigando Weverton a fazer excelente defesa afastando o perigo.

@Cruzeiro
 Com tanta insistência do time celeste, o empate saiu aos 27 minutos, Arrascaeta apareceu novamente com uma boa jogada e recebeu falta e Fabrício em cobrança perfeita empatou o jogo sem chances para Weverton.

 A Raposa passou a priorizar a virada e foi a luta, criando melhores momentos á gol, mas em um contra-ataque os paranaenses marcaram o segundo aos 34 minutos,  bola cruzada na área, Walter em jogada individual disputou com a zaga e a bola sobrou para Bruno Pereirinha que tinha acabado de entrar na partida para concretizar o que parecia uma virada Rubro-Negra.

O atual Bicampeão Brasileiro não desistiu e conseguiu o igualar placar com Arrascaeta, após cruzamento de Henrique para área, Vinicius Araújo desviou, sobrou para o Uruguaio que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.  A Raposa quase conseguiu o gol do desempate com Arrascaeta que recebeu lançamento pela esquerda, ganhou do zagueiro e finalizou, porém Weverton apareceu novamente, e assim um ponto para cada lado, a partida é finalizada.

O próximo confronto do tetracampeão é contra o Fluminense, no Mineirão ás 11hrs, conquistar os três pontos em casa é obrigação.

      @Paulinha_CEC

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 2 X 2 CRUZEIRO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 14/10/2015, às 22h.
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa/SE) e Eduardo de Souza Couto (RJ)
Público: 13.047 presentes 
Cartões amarelos: Bruno Mota, Walter, Sidcley, Otávio, Kadu (CAP); Arrascaeta, Marinho (CRU)
Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Ewandro - 36'/1ºT (1-0); Fabrício - 28'/2ºT (1-1); Bruno Pereirinha - 34'/2ºT (2-1); Arrascaeta - 39'/2ºT (2-2);

ATLÉTICO-PR: Weverton; Matheus Ribeiro (Bruno Pereirinha - 32'/2ºT), Wellington, Kadu e Sidcley; Otávio, Deivid e Bruno Mota; Ytalo (Douglas Coutinho - Intervalo), Ewandro (Daniel Hernández - 18'/2ºT) e Walter. Técnico: Cristóvão Borges.

CRUZEIRO:  Fábio; Fabiano, Bruno Rodrigo, Manoel e Fabrício; Willians, Henrique, Ariel Cabral, Marinho (Arrascaeta - Intervalo) e Allano; (Marcos Vinícius - 23'/2ºT) Leandro Damião (Vinícius Araújo - 23'/2ºT). Técnico: Mano Menezes.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana