A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Avante, Brasil! Próxima missão: Rio 2016

           O esporte também celebra a paz. O Conselho Nacional do Desporto Militar decidiu há 20 anos organizar na cidade de Roma os primeiros Jogos Mundiais Militares de Verão com o intuito de celebrar os 50 anos do fim da Segunda Guerra Mundial. Este ano, a sexta edição dos Jogos aconteceu na cidade de Mungyeong, na Coreia do Sul, no período de 2 a 11 de outubro.
Fonte: globoesporte.com
            A equipe militar brasileira teve a sua maior delegação dos Jogos e ficou no segundo lugar geral com 84 medalhas, sendo 34 de ouro, 26 de prata e 24 de bronze. O conjunto do Brasil ficou atrás da seleção russa que somou 135 medalhas e a frente dos chineses, porque conseguiu conquistar duas medalhas de ouro a mais do que eles. Algo bastante singular do quadro geral dos Jogos Militares é encontrar a equipe representante dos Estados Unidos na 23º posição, mas isto tem uma explicação, o país não tem uma cultura de aliar a competição de esportes as forças armadas.

            Enquanto, o Brasil tem adotado um incentivo que está trazendo muito resultado para as competições esportivas. Desde 2008 existe o Programa de Atletas de Alto Rendimento que conecta esporte olímpico e forças armadas, disponibilizando ao atleta um apoio financeiro e técnico. Nos Jogos Militares de 2011, na cidade do Rio de Janeiro os primeiros resultados foram apresentados, conquistamos um total de 114 medalhas e a primeira colocação geral da competição. Este ano, nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, o Programa ganhou maior visibilidade, devido aos atletas que prestavam continência ao receber medalhas.

            A esperança de sucesso no Rio 2016 também está implantada no resultado do Programa de Atletas de Alto Rendimento, pois quase 90% do pódio de Mungyeong estará presente ano que vem na cidade Olímpica. De acordo com o Brigadeiro chefe da delegação brasileira e diretor do Departamento de Desporto Militar no Ministério da Defesa, Carlos Augusto Amaral, a meta para o próximo ano é completar a equipe olímpica com cem militares e conquistar dez medalhas. Dos mais de cem países e quase sete mil atletas participantes, fomos destaques na natação com 28 medalhas ganhas, no judô conseguimos cinco douradas em um total de onze vitórias, no vôlei tivemos ouro no masculino e no feminino e no futebol, o primeiro lugar do pódio ficou apenas para as mulheres.

Equipe brasileira
Fonte: Agência Brasil/Ministério da Defesa
            Dos mais de 280 brasileiros participantes, pode-se destacar nesses jogos Mundiais Militares de Verão, a já conhecida nadadora Etiene Medeiros, a Sargento da Marinha conseguiu quatro medalhas de ouro e duas de prata. Apresenta-se o esgrimista Renzo Agresta que participou de seu primeiro campeonato mundial e conquistou uma medalha de ouro no sabre. A estreia da competição de golfe contou com o prestígio da dupla brasileira Lucas e Luciana que alcançou o primeiro lugar do pódio. Além, das disputas dos esportes militares que renderam 3 ouros em um total de onze medalhas conquistas.

            O esporte também celebra a união. Nesta sexta edição dos Jogos Mundiais Militares, pela primeira vez aconteceu a disputa dos Jogos Paramilitares. O Brasil teve quatro representantes e a vitória de uma segunda colocação no arremesso de peso com André Rocha. Assim, continua o planejamento de crescimento do desporto militar brasileiro e mundial para os próximos Jogos em 2019 na cidade de Wuhan, China.      

Com carinho, Cássia Moura (@cassinha_moura)

Voltamos a fase da impaciência

Novamente aconteceu algo que seria estupidez descartar: uma derrota. Não adiantou os novos ânimos, a torcida lotar o estádio, apoiar, cantar, sendo que a equipe do Goiás, mesmo com vontade de vencer, mostrou total despreparo e perdeu um jogo que poderia ter sido definido no primeiro tempo.

A torcida compareceu em peso com esperanças de que Danny Sérgio fosse o nosso "salvador". Foi uma solução caseira bem precipitada, mas sendo a única opção restante, pois nem Jesus quis vir ajudar o Goiás com o trio do diabo na diretoria. No início do jogo, vimos um time com vontade de vencer (não podemos negar), e isso era algo que não estávamos vendo com o Artur Neto. O problema é que a falta de competência e entrosamento da equipe resultou na perda de três pontos importantes.

Goiás erra muitos gols e completa 5 jogos sem vencer.
Foto: Globo Esporte
A primeira chance clara de gol do Goiás veio nos pés de Zé Love, depois, Bruno Henrique tentou marcar após receber a bola de frente para o gol, em seguida, Fred cobrou falta com perigo, e ainda vimos Patrick e Erik terem oportunidades. O problema de todos esses lances é que o goleiro Fábio levou a melhor em todos eles. Isso resultou numa seca de gols no primeiro tempo e uma preocupação tremenda no intervalo.

É claro que o grande mérito do jogo foi do goleiro cruzeirense que fez uma ótima atuação, porém, foi a visível a falta de competência e qualidade nas finalizações dos jogadores esmeraldinos. O Cruzeiro levava mais perigo quando chegava ao ataque, e no segundo tempo, Willian deu um belo chute obrigando Renan a fazer um milagre, ou pelo menos tentar, porque a bola foi pra cima e Arrascaeta completou para a rede.

Cruzeiro marca no início do segundo tempo e vence.
Foto: Globo Esporte.
Voltamos, novamente, naquela fase que vivemos com Julinho Camargo, logo quando ele chegou ao Goiás. A vontade de vencer era explícita, mas a ruindade e incompetência não permitiam que nós ganhássemos os nossos jogos. Sofremos muito, e agora, acho que teremos que esperar o time de Danny Sérgio ganhar entrosamento, mas o problema é que o tempo pode ser curto demais para isso. O rebaixamento está na porta do Goiás, e colocando o dedo na campainha.

Não foi só o ataque que pecou ontem. Vi um meio de campo totalmente desentrosado, errando muitos passes, fazendo jogadas sem criatividade e insistindo numa bola aérea sem nenhum risco para os mineiros. A defesa do Goiás estava completamente desorganizada, dando os espaços necessários para o Cruzeiro fazer o seu jogo. Uma atuação com a cara da diretoria: horrorosa.

Ainda tivemos aquelas apresentações de terror após o apito final: torcedores arremessando cerveja nos jogadores, polícia batendo em quem vê pela frente, marginais quebrando as vans e procurando briga com a torcida cruzeirense. Tive que ver até tiros disparados e roubo de churrasquinho. 

Não sei nem o que falar também do escândalo do Felipe Menezes querendo agredir torcedor. Acho que ele não sabe que é o que queremos fazer com ele desde que ele voltou ao Goiás. E o Hailé, então? Deu pra xingar até a mãe do repórter porque foi questionado. Isso é o que um ditador faz. Ele não aceita ser questionado. Esse é o dono do Goiás. E ainda tem gente que acha exagero quando peço para esse senhor esnobe e arrogante bater as botas.

Parabéns aos esmeraldinos que foram ontem ao Serra Dourada. Infelizmente, nós sofremos com a injustiça da bateria, e com o amadorismo do time. É difícil isso, mas está cada vez mais difícil de voltar ao estádio. E preparem os cintos porque a queda vai ser feia.





Wagner Oliveira || @wagneroliveiraf
Linha de Fundo || @linhadefuundo

Galo usa Ponte para chegar ao líder

Depois de uma partida bizarra contra o Sport na penúltima rodada (18), o Galo voltou a vencer no campeonato e manteve a distância de 8 pontos para o Corinthians.

A esperança do torcedor, é a de que o time tenha usado a Ponte para chegar ao líder. Será preciso vencer todos os seis jogos restantes e ainda torcer por mais dois tropeços do PCC Paulista. Até porque nas únicas vezes em que o alvinegro do Parque São Jorge deu indícios de que não venceria, a CBF com seus árbitros pau mandados, fizeram o serviço. E não eximo de culpa também o Atlético, que mesmo sendo assaltados algumas rodadas, como por exemplo contra Chapecoense e Atlético-PR, teve jogos dignos da campanha de 2005. Como esquecer os vacilos contra times minúsculos como Joinvile e Cruzeiro? Mas agora, é tudo ou nada! Vai ou racha! 

Jemerson ficará fora de duelo contra o Corinthians no domingo
Fonte:Pedro Vilela / Getty Images

Cruzeiro vence fora de casa e fica a seis pontos do G4


       O compromisso da Raposa nesse domingo foi com o Goiás, em partida válida pela 32° rodada, a equipe mineira manteve sua invencibilidade de 8 jogos e conquistou mais um ponto fora de casa com gol de Arrascaeta e está a 6 pontos do tão sonhado G4, já os goianos conseguiu sua quinta derrota consecutiva e segue na luta contra o rebaixamento.

Sobre o jogo:

   O confronto começou com a Raposa tendo mais domínio do jogo e
valorizando a posse de bola e evitando erros desnecessários, uma tática usada pelos cruzeirenses para evitar desgaste físico devido as dimensões do campo, porém o time do Goiás aproveitou o fator casa e foi pra cima do time visitante e só não abriu o placar, graças á um noite inspirada do goleiro Fábio que fez milagres durante a partida, as melhores oportunidades esmeraldinas foram com Bruno Henrique, Erik e Zé Love.

                  O Time do Povo teve boas chances de balançar as redes com o atacante Willian que depois de tumulto na área, após cobrança de escanteio, a bola sobra nos pés do camisa 25 que finalizou para fora e sem muitas emoções o primeiro foi finalizado.

Segundo tempo:


      Para a etapa final os cruzeirenses voltaram mais ofensivos e organizados taticamente, e na primeira oportunidade abriu o placar em Serra Dourada, aos 6 minutos Willian “Bigode” arriscou de longa distância, Renan deu rebote e o Uruguaio oportunista cabeceou para o fundo das redes: 1X0 Cruzeiro.

     O gol deu fôlego ao Maior de Minas e com saídas rápidas de bola, continuou incomodando a defesa esmeraldina, e quase ampliou o resultado com Willian na entrada da área mas finalizou mal, e com Arrascaeta que quase faz seu segundo gol na partida, após receber passe de Marcos Vinicius, na grande área e cabeceou para fora.

             O empate não era um  resultado favorável para os goianos, porém  eles precisavam correr atrás do prejuízo, e somar um ponto, seria melhor do que perder três, assim Danny Sérgio fez algumas substituições no time o deixando mais ofensivo, obrigando o capitão cruzeirense a fazer ótimas  defesas evitando igualar o placar construído pelo time mineiro. Apesar da equipe do Goiás lutar para reverter o placar, os mineiros souberam administrar o marcador.

            Cruzeiro somou mais três pontos e continua na 11° colocação, seu próximo duelo será contra o Avaí  em Santa Catarina ás 19:30hrs no sábado e o Goiás na 18° colocação enfrentará o Internacional em  Serra Dourada, no domingo ás 19:30 hrs.

    @Paulinha_CEC


FICHA TÉCNICA

GOIÁS 0 X 1 CRUZEIRO

Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data-hora: 25/10/2015 – às18h (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Francisco Chaves Bezerra Junior (PE)
Renda/Público: R$ 112.740,00 / 12.393 pessoas 

Gol: Arrascaeta – 6’/2ºT (0-1)
Cartões amarelos: Erik, Arthur, Bruno Henrique, Patrick (Goiás); Paulo André, Fabrício, Willians, Ariel Cabral (Cruzeiro)

GOIÁS: Renan; Gimenez (Wesley – 41’/2ºT), Felipe Macedo, Fred e Diogo Barbosa; Patrick, David e Arthur (Murilo – 10’/2ºT); Erik, Bruno Henrique e Zé Love (Juan – 30’/2ºT). Técnico: Danny Sergio.

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Paulo André, Bruno Rodrigo e Fabrício; Willians (Marquinhos – 21’/2ºT), Henrique e Ariel Cabral (Charles – 32’/2ºT); Marcos Vinícius, Arrascaeta e Willian (Leandro Damião – 41’/2ºT). Técnico: Mano Menezes.

G4, uma realidade Colorada

Foi magro, mas o resultado foi muito importante para o Inter, que contra o fraquíssimo Joinville fez uma partida tanto quanto tenebrosa e nervosa para quem assistia. Além disso, reforçou ainda mais a falta que D'alessandro e Sasha fizeram enquanto estiveram fora da equipe Colorada. O mais importante é que o sonho do G4 ainda está vivo em nossa mente, ainda mais contando com esses dois importantíssimos jogadores.

Craque colorado decidiu mais uma vez.
(Foto: Deive Pazos)
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana