A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sábado, 7 de novembro de 2015

Botafogo adia acesso em jogo com tempos distintos

O Botafogo foi até Santa Catarina visitar o Criciúma, na tarde deste sábado (7), pela 34ª rodada da Série B. Uma vitória alvinegra era suficiente para garantir o acesso do Glorioso à Série A. Porém, após um primeiro tempo em que foi amplamente superior, o Botafogo voltou apático para a etapa final e viu o Tigre vencer por 1 a 0. Com a derrota, o Alvinegro parou nos 65 pontos, mas segue líder. O time agora enfrenta o Luverdense, terça, também fora de casa. Vencendo, a Série A vira realidade. 

O JOGO

A partida teve dois tempos distintos. O primeiro teve amplo domínio do Botafogo, que esteve bem perto de abrir o placar. Logo aos 5 minutos, Ronaldo acertou a trave do goleiro Luiz. 

Aos 17', Ronaldo carimbou a trave novamente, dessa vez em lance impressionante. Após bom lançamento de Carleto, o atacante chutou, a bola acertou as duas traves e ficou com o goleiro do Tigre. 

Aos 21', Willian Arão recebeu e tentou finalizar. A bola desviou na zaga do Criciúma. Neilton estava livre, pronto para marcar o gol. Só esperava o passe. 

Aos 30 minutos, Ronaldo desperdiçou outra boa chance. O jogador conseguiu avançar ao ataque mas demorou para chutar.  

Aos 37', o Criciúma enfim levou perigo. Dudu cobrou falta e a bola passou perto do gol de Jefferson. 

O Botafogo fazia um ótimo jogo na parte defensiva, mas quando chegava na área adversária, errava. Do meio para frente, eram erros de passe em demasia. 

Aos 42', o Glorioso fez bela jogada. Rodrigo Lindoso tocou para Neilton, que de calcanhar rocou para Daniel Carvalho. Mas a jogada já tinha sido invalidada pela arbitragem, que marcou impedimento. Aos 44 minutos, Rodrigo Lindoso chutou cruzado e a bola passou perto da trave. 

Aos 46', o primeiro tempo chegou ao fim. 


Ronaldo perdeu vários gols no jogo (Foto: Lance!NET)

Já no segundo tempo, o Criciúma foi bem melhor. Aos 2 minutos, em lance confuso protagonizado por Luis Ricardo e Jefferson, o árbitro marcou falta em dois toques na pequena área. Por sorte, Bruno Guedes cobrou mal demais e a bola passou longe do gol.

Aos 6', Roger Guedes arriscou de fora da área e levou perigo.  

Somente aos 12 minutos o Glorioso atacou. Willian Arão, de cabeça, tocou para Ronaldo, que chutou bonito para defesa do goleiro Luiz. 

Roger Guedes, novamente, assustou, aos 15 minutos. Com categoria, ele chutou e a bola passou por cima do gol de Jefferson. 

Ricardo Gomes percebeu que o Criciúma era melhor no jogo e fez a primeira alteração no Botafogo. Camacho foi substituído por Diego Jardel aos 18 minutos. 

Mais pressão do Tigre, dessa vez aos 23'. Roger Guedes, mais uma vez levou perigo. Ele fez grande jogada e chutou para defesaça de Jefferson, o melhor goleiro do Brasil. 

De nada adiantou a bela defesa de Jefferson. No minuto seguinte, o Criciúma abriu o placar. Melhor jogador do time catarinense, Roger Guedes iniciou a jogada do gol. Ele driblou a marcação e chutou. Jefferson defendeu e, no rebote, a bola sobrou para Maurinho, que sozinho fez o gol. Criciúma 1 a 0. 

Aos 30 minutos, Ricardo Gomes mexeu no Botafogo. Ronaldo saiu para dar lugar a Vinícius, da base alvinegra. Aos 33', o treinador mexeu novamente. Daniel Carvalho foi substituído por Lulinha. 

Aos 34', Luis Ricardo cruzou e a bola passou por Neilton, que não conseguiu chegar a tempo. 

Aos 39', Jefferson foi obrigado a fazer outra defesa em chute cruzado de Ezequiel. 

Já nos acréscimos, aos 46', Diego Jardel cabeceou e quase empatou. O goleiro Luiz agarrou. 

Aos 50 minutos, o jogo foi encerrado. O Botafogo desperdiçou a primeira chance de garantir logo a vaga na Série A, quase assegurada. 

OBSERVAÇÕES

Será que houve treino durante a semana ou foi muito oba oba mesmo? É isso que dá contar com a vitória antes do tempo. 

Daniel Carvalho hoje foi nulo. Se não foi o pior jogador em campo, foi certamente um dos piores. 

A falta de um atacante prejudicou. Sem Sassá, Navarro e Luis Henrique, o Botafogo sentiu. Sem o acesso garantido matematicamente, ainda terá o desfalque do Jefferson, que servirá a Seleção. 

Ronaldo, o "atacante" titular mostrou que não serve para o ano que vem. Acertou a trave no mínimo umas TRÊS vezes. Ainda perdeu outros gols.

Li em sites que o técnico Ricardo Gomes não se preocupou com a derrota. É esse o pensamento do treinador do Botafogo, na Série B que perdeu para um time misto que nem elenco tem para colocar em campo? Olha... 

Como se não bastasse o Carleto ser ruim, ele ainda desviou a bola no gol do Criciúma, atrapalhando o mito Jefferson. 

FICHA DO JOGO

Criciúma 1
Luiz, Maicon Silva (Ezequiel), Wanderson, Ianson Acosta, Marlon; Barreto, Wellington (Roger Guedes), Dodi, Dudu; Tiago Adan, Bruno Lopes (Maurinho). Técnico: Roberto Cavalo. 

Botafogo 0
Jefferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho, Thiago Carleto; Rodrigo Lindoso, Willian Arão, Camacho (Diego Jardel), Daniel Carvalho (Lulinha), Neilton, Ronaldo (Vinícius Tanque). Técnico: Ricardo Gomes. 

Estádio: Heriberto Hülse (SC). 
Árbitro: Marcos Andre Gomes (ES).
Assistentes: Vanserson Antonio Zanotti (ES) e Ramires Santos Candido (ES). 
Gol: Maurinho (24' do 2º T). 
Cartões amarelos: Wellington (Criciúma); Thiago Carleto (Botafogo). 
Público: 5.127. 
Renda: R$ 91.520,00. 

Por: Gabriel De Luca (@biel_dluca). 

Ei, você aí, o Bota vai subir!!! 

Ceará x ABC: Mais uma vitória, mais um passo para deixar o Z4

(Foto: Christian Alekson / cearasc.com)
Uma derrota e quatro vitórias seguidas, esse é o histórico do Ceará desde a chegada do Lisca. O time que já teve Silas, Geninho e Cabo como treinadores (na Série B), agora vem mostrando força nessa reta final de competição. Se o Ceará não tinha organização tática, hoje isso é passado. Jogando com dois volantes, quatro jogadores no meio e um atacante, o Ceará vem mostrando um futebol convincente.

Ontem, diante de 19.773 torcedores, o Ceará venceu o ABC por 3x0 e decretou a queda do time potiguar para a Série C de 2016. Mas não foi somente um jogo, foi bonito ver o time alvinegro trabalhando a bola, armando jogadas, driblando, tudo o que durante o ano todinho de campeonato brasileiro nenhum torcedor tinha visto. 

No meu último post aqui no blog eu disse que o Ceará perderia poder de fogo sem o Rafael Costa (machucado e vetado para o jogo) e com Siloé, porém, deixei claro que Lisca poderia fazer o atleta jogar e surpreender todos os torcedores desconfiados, inclusive eu. Siloé foi um dos destaques da partida marcando dois gols (o segundo muito bonito). Cametá lembrou o seu estilo de jogo, quando atuava pelo Fortal3za. Baraka, seguro, não deixava passar nada e ainda se aventurava um pouco mais no ataque como homem surpresa. João Marcos sempre sendo João de Ferro. Um volante seguro e pegador. Ricardinho sendo o Maestro do time, foi de seus pés que saiu o primeiro gol do Ceará, em uma cobrança de escanteio que Charles subiu lá em cima para marcar. E no segundo gol da partida, que ele viu Siloé entrando na área, cruzou, e o atacante guardou. Wescley, outro jogador bastante criticando pela imprensa, jogou uma barbaridade: driblou, organizou o ataque e ainda deu uma assistência para o Siloé marcar o terceiro do Ceará, o segundo do jogador.

Assista os melhores momentos da partida e logo em seguida uma entrevista com Siloé.


O Ceará espera o confronto entre Macaé e Vitória para saber se termina essa rodada fora da zona de rebaixamento. Na próxima rodada a sequencia de partida começa ser mais difícil para o time alvinegro, o Ceará terá Bragantino (casa), América-MG (fora), mas com certeza a torcida estará totalmente focada em apoiar o grupo.


Saudações Alvinegras
Airton Cláudio - @Airton1914

CHUCK NORRIS - RODADA 34 DO #CARTOLAFC

Salva, salve nação cartoleira e leitores do Linha de Fundo.

Reta final do Cartola! É hora de acelerar e ganhar aquelas posições vitais nas ligas particulares.
A tática ideal é manter uma base segura para MITAR e fazer boas apostas pontuais. Tentar se diferenciar sem correr muitos riscos. Baseado nisso definimos nosso ESQUADRÃO para essa rodada assim:
#CHUCKNORRISRODADA34
ALISSON: Goleiro de seleção, joga em casa, tem excelente média, enfrenta um time com um ataque perigoso e ainda é BOA PINTA. Precisa falar mais alguma coisa?

EDILSON: Edílson é um reserva que a torcida do Corinthians não confia muito, mas ele tem moral com a comissão técnica e até já renovou contrato. Não deve cobrar bolas paradas - não tem sentido em um time que tem Jadson - mas costuma arriscar de fora de área e pode dar alguma assistência. O SG é praticamente certo.

FELIPE: Uma das revelações do campeonato, passou de zagueiro inseguro a um dos pilares do bom sistema defensivo do Timão. Possui ótima bola áerea defensiva. Não pode ficar de fora.

VITOR HUGO: O 'menos pior' dos zagueiros palmeirenses é também o que mais oferece perigo na área adversária. Tem um tempo que não faz um golzinho. Quem não sabe desencanta agora?

ZÉ ROBERTO: Vitalidade descomunal do vovô-garoto que se reveza entre lateral e meio. Arma o time e ainda cobra escanteios, faltas e pênaltis. Aposta segura para pontuação.

JADSON: Se você pretender não escalar JADSHOW nessa rodada eu tenho que perguntar: VOCÊ ESTÁ LOUCO?

VALDÍVIA: O MENINO MAGO das redes sociais faz um campeonato impecável. Arma como meia e define como atacante. Tem quer POKODOIDO para deixá-lo fora nessa rodada.

GUSTAVO SCARPA: Da boa safra de Xerém que despontou nessa temporada, Scarpa é um dos mais efetivos. Finaliza bastante, participa do jogo e deve chamar a responsabilidade sem Fred. Nossa APOSTA da rodada.

WILLIAN: RESPEITA O MOÇO que o campeonato dele pós-Luxemburgo é excepcional. Mano sabe posicioná-lo em campo e aproveitar sua virtudes, especialmente na finalização. O São Paulo de Doriva costuma dar muito espaço na defesa. Deve ter gol do BIGODE GROSSO.

VÁGNER LOVE: Da CHACOTA à GLÓRIA. A trajetória de Vágner Love nesse campeonato foi curiosa. Ninguém levava fé nele e, de repente, ele se tornou DECISIVO. Justo no momento mais AGUDO do campeonato. Histórias assim costumam acabar com FINAL FELIZ. E o último capítulo deve ser nessa rodada. Com gol dele, lógico.

GABRIEL JESUS: Revelação do campeonato, sim ou com certeza? Menino Jesus chegou de fininho, conquistou a vaga no time, o coração da torcida palmeirense e nossa confiança. Sem Dudu - suspenso - deve ser bastante acionado no ataque alviverde. Gols e assistências contra um desesperado Vasco são bem prováveis.

TITE: Se você não escala o melhor treinador do campeonato no provável jogo do título você não está apenas sendo injusto. Tá sendo burro. Não seja esse cara.

Boa sorte a todos!

Alex Rolim || @rolimpato 

Colaboradores: @M_Freitas9_ , @afcmarcelo e @peeedrito17
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana