A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Um rebaixamento merecido

Já estava difícil para mim e para vários esmeraldinos encontrarem esperanças de sorrir nas arquibancadas do Serra Dourada. O amor pelo clube nos faz com que criemos esperanças, o problema, é que são falsas esperanças. Um time que não correspondeu e nem teve vontade de agradar as 17 mil vozes que ontem foram ao estádio. Só nos restou ter raiva, lamentar e chorar, mas de uma coisa, eu tenho certeza: não dá mais pra esconder os erros.


O jogo contra o Coritiba foi uma obra de amadorismo e a cara do planejamento do Goiás para essa temporada: um fracasso. Toda a confiança que o torcedor havia levado para o estádio começou a se despencar em apenas 25 segundos, quando um "jogador de futebol", chamado Felipe Macedo, fez mais uma besteira para sua coleção e deu início ao pesadelo.

O ataque no primeiro tempo estava completamente imaturo, não criava nada e Zé Love parecia o Fred na Copa do Mundo: um cone. Bruno Henrique era o único que mostrava vontade de jogar e trabalhava melhor as jogadas individuais. A bola estava nos nossos pés, mas era visível o quão ruim estavam os treinamentos do Goiás, pois não vimos uma jogada ensaiada ou habilidade e ousadia por parte dos jogadores, apenas víamos cruzamentos sem nenhum resultado e uma tranquilidade tremenda para o time do Coritiba.

Ao contrário do Goiás, o Coxa mostrou no final do primeiro tempo o que uma finalização consistente pode trazer: um golaço. Fomos ao intervalo nervosos e enfurecidos, sabendo que nada mudaria, mas o espírito de torcedor nos mantinha intactos no estádio.


No segundo tempo, tivemos um motivo para acreditar quando Fred fez um gol de falta? Não. Nós estávamos lá sabendo do provável, e quando Rafael Forster entregou o terceiro gol no finalzinho para o Coritiba, a guerra estava declarada. Torcida arremessando chinelos, copos de cerveja, e até telefone celular. Lamentável? Não. Nós tomamos pancadas de lamentações o ano inteiro com esse time, mas ninguém dá à mínima.


Isso é o resultado por termos Hailé Pinheiro. Uma pessoa que faz do Goiás, um "clube de amigos" e não um clube profissional. Contrata médico para ser presidente, ex-goleiro pra ser diretor de futebol, e nem passa pela cabeça dele o quão desatualizado e incoerente ele está sendo. Se o Goiás caiu hoje, é culpa desse senhor, e o pior é que ninguém é homem de aparecer e assumir seus erros, principalmente nesse momento. O Goiás não caiu ontem, pois ele já havia caído quando o ano começou.

Eu poderia até fazer uma lista dos erros do Goiás nessa temporada, mas seria como escrever um livro enorme. Só posso dizer: "Bem vindos de volta à Série B". E parabéns Pinheiros, a torcida e a imprensa tentaram alertar desde o início, mas o orgulho de vocês bateu mais forte. Agora, engulam o resultado disso. Vocês mereceram esse rebaixamento.

Wagner Oliveira || @wagneroliveiraf
Linha de Fundo || @linhadefuundo

Precisando da vitória, Ceará encara América/MG no Independência


Chegamos a 37° rodada da Série B e aquilo que, antes, poderia ser de alegria para a torcida alvinegra, hoje é desespero. O time briga contra o descenso para a Série C da competição e o próximo passo para isso é enfrentar o badalado América/MG no estádio Independência.

Para escapar do rebaixamento o Ceará necessita, somente, de quatro pontos em dois jogos, ou seja, podemos vencer o América/MG e empatar com o Macaé, ou o contrário: Empatar contra o Coelho e ganhar do time carioca. Esses são os dois resultados que o Ceará precisa para depender somente dele. Existe outras combinações de resultado que ajudaria o Ceará escapar do rebaixamento, eu já comentei e você pode ler aqui.

Lisca fez, nesta manhã, o último treino para preparar a equipe. E para a vaga de Ricardinho, que cumpre suspensão após a expulsão no último jogo, o técnico resolveu por o Siloé. Na lateral esquerda, Fernandinho é a opção, já que Victor Luis cumpre suspensão por levar o terceiro cartão amarelo. Com isso o time escalado é esse:

Everson, Cametá, Sandro, Charles e Fernandinho; João Marcos, Baraka, Wescley e Alex Amado; Siloé e Rafael Costa.

Sabemos a característica de cada jogador, mas é difícil de tentar mostrar alguma movimentação de jogo, já que o Lisca gosta muito de variar. Somente no sábado é que podemos ver realmente o que foi trabalhado na semana toda.

Mas, é um time ousado no papel. Lisca, pelo visto, não vai esperar o time do América/MG no seu campo de defesa como fez na última partida diante do Vitória. Charles deixou claro na entrevista coletiva:

"A equipe toda quer sair dessa situação. Sempre estamos cobrando uns aos outros. Todos na garra. Vamos jogar para ganhar. No mínimo, um empate. Mas queremos ganhar", disse o atleta.

América/MG e Ceará já se enfrentaram 21 vezes em toda a história dos confrontos. O coelho levou a melhor em 10 partidas e o Ceará em 6. Os dois já se enfrentaram três vezes durante o ano de 2015: Copa do Brasil (IDA: 1x1 e Volta: 3x1 Ceará classificado) e Série B (Ceará 0x2 América/MG).

O jogo está marcado para este sábado no estádio Independência às 17h30min, horário de Brasília.

Saudações Alvinegras

Twitter: @Airton1914
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana