A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Guia do Campeonato Baiano 2016


No dia 30 de janeiro de 2016 começará o centésimo décimo primeiro edição da competição, realizada no estado da Bahia e organizado pela Federação Bahiana de Futebol. Serão 12 clubes. Confira o regulamento.

Regulamento

Na primeira fase, as equipes foram divididas em dois grupos e disputarão jogos só de ida, três em casa e três fora, um grupo contra o outro. Bahia e Vitória serão as "cabeças de chave". Os oito melhores times na classificação geral, independentemente do grupo em que estão, garantem vaga na próxima fase. A partir daí, o campeonato entra na fase de mata-mata: quartas, semi e final, todos com jogos de ida e volta. Nas quartas de final, o time de melhor campanha na primeira fase enfrenta o 8°, o 2° pega o 7°, o 3° duela com o 6° e o 4° enfrenta o 5°. Se as duas partidas persistirem no 0 x 0, encaminham-se para os pênaltis, assim como com os que lutam contra o rebaixamento. Na disputa contra o rebaixamento, em 2015, a briga é direta, em um quadrangular. Os quatro últimos se enfrentam: o 9º pega o 12º e o 10º duela com o 11º em partidas de ida e volta. Os dois derrotados caem para a segunda divisão estadual.

O campeão e o vice disputarão a Copa do Nordeste de 2017 e a Copa do Brasil de 2017. A equipe que conquistar o 3º lugar terá direito a escolher uma vaga na Copa do Nordeste de 2017 ou na Série D do Campeonato Brasileiro de 2016.

ESPORTE CLUBE BAHIA
Cidade: Salvador
Estádio: Octavio Mangabeira (Fonte Nova - Estadual)
Melhor campanha: Campeão (46 títulos)
Campanha em 2015: Campeão
Objetivo: Título

O Esquadrão de Aço tenta se recuperar do fiasco no principal objetivo de 2015 - acesso à Série A - consolidando a retomada do domínio regional perdido no final dos anos 90. Após três títulos nos últimos cinco campeonatos, o atual bicampeão busca um tricampeonato consecutivo que não alcança desde 1988 - em uma das eras mais gloriosas do clube. Para isso aposta no emergente técnico Doriva [campeão paulista e carioca nas duas últimas temporadas] e em uma equipe totalmente reformulada, com destaque para o retorno do goleiro Marcelo Lomba [um dos melhores do Brasileirão 2015] e para a contratação do atacante Hernane Brocador [artilheiro do Brasil em 2014].

Provável equipe titular: Marcelo Lomba, Hayner [Tinga], Robson, Gustavo e João Paulo; Paulo Roberto; Danilo Pires, Juninho, Luisinho e Edigar Junio; Hernane. Técnico: Doriva.

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA BAHIA DE FEIRA
Cidade: Feira de Santana
Estádio: Pedro Amorim [Senhor do Bonfim]
Melhor campanha: Campeão 2011
Campanha em 2015: 7ª colocação
Objetivo: Vaga na Copa do Nordeste/Copa do Brasil

A equipe de Feira de Santana mandará seus jogos em Senhor do Bonfim - o estádio Joia da Princesa [em reforma] só tem previsão de ficar apto para jogos na segunda fase do Baianão. O Tremendão aposta em uma base jovem reforçada pelo ídolo Bruninho - campeão baiano em 2011 - pelo experiente zagueiro Menezes e pelo volante Marcone, que jogou no Colo-Colo, e que tem se destacado nos treinamentos. A equipe do técnico Barbosinha começou a se preparar cedo e deu seu cartão de visitas goleando a equipe da Juazeirense por 3 x 0 em partida amistosa no último domingo. A meta é alcançar as semifinais e garantir vaga em competições nacionais.

Provável equipe titular: Rudy, Lucas Cardoso, Alysson e Menezes, Maicon; Marcone, Ramirez, Bruninho; Marclei, Marcelo Pano e Wesley. Técnico. Quintino Barbosa Menezes.

COLO COLO DE FUTEBOL E REGATAS
Cidade: Ilhéus
Estádio: Mário Pessoa
Melhor campanha: Campeão 2006
Campanha em 2015: 4ª colocação
Objetivo: Vaga na Copa do Nordeste/Copa do Brasil

O Tigre de Ilhéus 'bateu na trave' em 2015. Caiu nas semifinais do estadual e perdeu a classificação para a segunda fase da Série D escalando jogador irregular. Objetivo desta temporada é não repetir os erros e ir mais longe nas competições. Quem sabe até repetir o feito de 2006 e levar a taça para o sul do Estado. Para tanto o clube aposta em uma base desconhecida, garimpada de clubes menores de fora e no técnico paraense Fernando Dourado que estava no Botafogo-BA, mas que conquistou o título da segundona em 2014 comandando o próprio Colo-Colo.

Provável equipe titular: Otávio, Iago, Walter, Eliézio e Léo Soares; Washigton, Elias, Thiago Almeida e Zabotto; Luis André e Vitão. Técnico: Fernando Dourado

FEIRENSE FUTEBOL CLUBE
Cidade: Feira de Santana
Estádio: Pedro Amorim [Senhor do Bomfim]
Melhor campanha: 3ª colocação 2012
Campanha em 2015: 10ª colocação
Objetivo: Evitar o rebaixamento

No campeonato de 2015 o Feirense escapou por pouco do rebaixamento. Mesmo com a pior campanha geral, a equipe conseguiu se safar no mata-mata contra a Catuense. Para evitar o novo sufoco, o clube firmou parceria com Raimundo Queiroz - que já trabalhou em clubes como Vitória e Goiás e tem larga experiência no ambiente futebolístico. A equipe teve um período bom de pré-temporada, mas fez poucos amistosos por causa dos custos e pode sofrer com desentrosamento. É uma incógnita.

Provável equipe titular: Ryan; Biel, Raphael, Giordano e Victor; Maycon Vieira, Romário, Marcelo Carioca, Echeverría e Abu; Gilson. Técnico: Henry Lauar

CLUBE ESPORTIVO FLAMENGO DE GUANAMBI
Cidade: Guanambi
Estádio: 2 de Julho
Melhor campanha: Estreante
Campanha em 2015: Campeão da Segundona
Objetivo: Evitar Rebaixamento

O caçula do campeonato baiano [clube foi fundado em 2009] chega com atributos raros para equipes do interior: Tem mando definido, um estádio que promete ser um caldeirão e apoio da prefeitura e torcida local. O Beija-Flor do Sertão vem com moral após ter conquistado seu primeiro título profissional em 2015 - a segunda divisão do baiano em cima do tradicional Fluminense de Feira. Equipe iniciou pré-temporada em 05 de janeiro na própria cidade de Guanambi e apresentou reforços nesse período como o zagueiro Rodrigo do Nacional-AM e o lateral direito Rafael, ex Atlético de Alagoinhas. Na pré-temporada o time só enfrentou equipes amadoras o que dificulta a projeção do rendimento para o futuro. O objetivo parece claro: Manter-se na primeira divisão esse ano já é lucro.

Provável equipe titular: Pavão; Xandy, Jefferson e Rodrigo, Luan; Lismar, Sdney, Peixoto; Washington, Marcelo Pano e Josy. Técnico: Mazolla.

FLUMINENSE DE FEIRA FUTEBOL CLUBE
Cidade: Feira de Santana
Estádio: Alberto Oliveira [Joia da Princesa - em reforma]
Melhor campanha: Campeão 1963 e 1969 [2 títulos]
Campanha em 2015: Vice-campeão [Segunda divisão]
Objetivo: Vaga na Copa do Nordeste/Copa do Brasil

O campeonato de 2016 marca o retorno do clube mais tradicional e vencedor do interior baiano à primeira divisão. E após manter a base que conseguiu o acesso, o Touro do Sertão conquistou a Taça Governador do Estado no segundo semestre enchendo a torcida de esperança em dias melhores. No entanto, com a reforma do Joia da Princesa terá que jogar a primeira fase de forma 'itinerante' o que pode atrapalhar o rendimento da equipe. Resta acreditar na experiência de jogadores como Fausto e Alessandro Azevedo e na competência do técnico Arnaldo Lira para alcançar uma vaga na decisão do campeonato - feito que o Flu não consegue desde 2002.

Provável equipe titular: Rodrigo; Edson, Alisson, Josemar e Zé Aquiraz; Fausto, Dudu e Alessandro Azevedo; Filipe, Deon e Teco. Técnico: Arnaldo Lira.

GALICIA ESPORTE CLUBE
Cidade: Salvador
Estádio: Roberto Santos [Pituaçu]
Melhor campanha: Campeão 1937, 1941, 1942, 1943 e 1968 [05 títulos]
Campanha em 2015: 8ª colocação
Objetivo: Evitar o rebaixamento

O Granadeiro esteve ameaçado de não disputar o campeonato por não ter conseguido as certidões negativas de débito exigidas pela Federação Baiana. Porém a entidade recuou e considerou a documentação facultativa para o campeonato de 2016 - considerando a não obrigatoriedade de adesão ao Profut e a recomendação do Ministério do Esporte de pôr em prática o indeferimento apenas em 2017. Mas os problemas do Azulino são muito maiores: Foi o último clube a definir o técnico e a iniciar a preparação para o campeonato. Viajou para Ilhéus tentando recuperar o tempo perdido treinando em tempo integral. A grande esperança do clube está depositada no atacante Paulo Roberto, revelado pelo Bahia e com passagens por diversas equipes do futebol brasileiro. Com a estreia na competição adiada para depois do carnaval, o time ganhou mais duas semanas de preparação. Parece pouco. E de fato, é.

Provável equipe titular: Robson, Amauri, Léo Breno, Léo Alves e Marcos Messias; Vítor, Robinho, Guilherme e Jean Lucas; Paulo Roberto e Erick [Vágner] Técnico: Carlos Rabelo

JACOBINA ESPORTE CLUBE
Cidade: Jacobina
Estádio: Jose Rocha
Campanha em 2015: 9ª colocação
Objetivo: Evitar o Rebaixamento

O Jegue da Chapada tenta apagar a má impressão da última edição: Foi a segunda pior equipe da primeira fase e escapou do rebaixamento no mata-mata decisivo. Porém o pouco investimento e a pré-temporada pouco intensa - amistosos escassos e contra equipes amadoras, com resultados modestos - não inspira confiança. Principal destaque é o veterano atacante João Neto - que já foi campeão pelo Bahia de Feira em 2011. Se evitar o quadrangular da morte já será um grande feito.

Provável equipe titular: Chitão, Caio, Alisson, Jessé, Ricardo Baiano, Esquerdinha, Gueba, Caique, João Neto (Vitinho), Diogo Lomba e Tony Galego. Técnico: Edson Ferreira

ESPORTE CLUBE JACUIPENSE
Cidade: Riachão do Jacuípe
Estádio: Eliel Martins (Valfredão)
Campanha em 2015: 6ª colocação
Objetivo: Vaga na Copa do Nordeste/Copa do Brasil

O principal reforço do Leão do Sisal não é nenhum jogador: É o retorno ao estádio Eliel Martins na temporada 2016. Com o mando de campo reestabelecido a ideia é avançar em relação a 2015 quando a equipe caiu nas quartas de final. Representando uma cidade modesta e castigada pelas chuvas de janeiro, a superação e vontade devem ser as armas para suplantar a nítida limitação técnica do time.

Provável equipe titular: Pezão, Pacujá, Alemão, Anderson, Jeferson; Dalmar, Muller, Almeida, Marcel, Fagner e Falcão. Técnico: Clébson Beleza

SOCIEDADE DESPORTIVA JUAZEIRENSE
Cidade: Juazeiro
Estádio: Adauto Moraes [em reforma]
Campanha em 2015: 3ª colocação
Objetivo: Vaga na Copa do Nordeste/Copa do Brasil

O presidente da Juazeirense, Roberto Carlos quer consolidar o clube como a terceira força do Futebol baiano e mesmo levando a sua estreia na competição em 2016 para Salvador - diante do atual campeão Bahia -, o dirigente diz não temer os grandes da capital. O clube esse ano vai disputar três competições, Campeonato Baiano, Copa do Brasil e Copa do Nordeste. A terceira colocação em 2015 parece não ter saciado a sede do clube e nem do seu Presidente.

Provável equipe titular: Alex Travesso (Nem), Paulo Henrique, Lucas (Rodrigo) e Fernandinho (Deca); Vaguinho, Naldo (Everlan) e Elvis (Capone); William Carioca (Wanderson), Nino Guerreiro (Jean Carlos) e Ebinho (Sassá). Técnico: Sérgio Araújo.

ESPORTE CLUBE VITÓRIA
Cidade: Salvador
Estádio: Manoel Barradas (Barradão)
Melhor campanha: Campeão (27 títulos)
Campanha em 2015: 6ª colocação
Objetivo: Titulo

Embalado com acesso a Série A do Brasileirão em 2015. O Vitória manteve a base defensiva do time vitorioso na Série B do ano passado para tentar retomar a recente hegemonia da competição que está com o rival. Como também apagar o vexame do baianão de 2015 quando sequer se classificou para a fase de mata-mata. O clube contratou jogadores conhecidos no cenário nacional, como o meia Leandro Domingues, o volante Willian Farias e o atacante Marinho.

Provável equipe titular: Fernando Miguel (Ronaldo); Maicon Silva (Euller), Guilherme Mattis, Ramon e Diego Renan; Amaral, William Farias, Arthur Maia e Tiago Real; Vander e Gabriel (Alipio). Técnico. Vagner Mancini.

ESPORTE CLUBE PRIMEIRO PASSO VITÓRIA DA CONQUISTA
Cidade: Vitória da Conquista
Estádio: Lomanto Junior (Lomantão)
Campanha em 2015: 2ª colocação
Objetivo: Título

Vice-campeão do certame passado, o Bode renovou os contratos de alguns atletas que disputaram a Copa Governador, repatriou outros que participaram da excelente campanha de 2008 e contratou mais alguns para reforçar o elenco.
Durante a pré-temporada, o Alviverde fez dois amistosos. Empatou com a seleção de Jitaúna, pelo placar de 2 a 2 e goleou a seleção de Ibirataia por 7 a 1.

Provável equipe titular: Carlos, Maicon Capagnolo. Sílvio, Leandro Cardoso e Billy, Edimar, Jairo, Kleber, Rafael da Granja, Tatu e Kaká. Técnico. Evandro Guimarães.

Por @AdsonPiedade e  @rolimpato
Fotos: Divulgação

Guia do Campeonato Carioca 2016

Fala, Torcida!

Conturbado, polêmico, dividido, apequenado. Palavras nas quais marcam o início do Campeonato Carioca 2016. Infelizmente o campeonato mais charmoso perdeu o charme. Federação sendo maior que os clubes. Times, de forma errada, tentando ajeitar os erros. Quem sofre? Obviamente, o torcedor amante do campeonato.
 
Por anos a minha maior alegria era a disputa do Carioca. Ver meu time enfrentando e ganhando dos rivais locais sempre rendiam bons assuntos no dia seguinte e a zuação garantida na semana inteira. Ir ao Maracanã lotado nos clássicos é de arrepiar.

Rubens Lopes, presidente da FERJ, e Eurico sempre andaram juntos. Flamengo e Fluminense do outro lado fazem o embate contra os mandatários. Não sabemos como será o campeonato nesse ano, muito menos nos próximos anos. A rivalidade deve esquentar já no dia 14 de fevereiro, quando jogarão Vasco e Flamengo, em São Januário, após longos anos de espera por partes do Cruzmaltino.


REGULAMENTO

Nesse ano, o regulamento mudou novamente. Dois grupos, sendo que Vasco e Botafogo, as cabeças de chaves, no grupo A e B, respectivamente, por terem feito a final do ano passado. No grupo A, além do Vasco, estão: Fluminense, Boavista, Resende, Macaé, Cabofriense, Portuguesa e Bangu. Estes jogarão apenas contra os times do Grupo B. Neste estão presentes: Flamengo, Botafogo, América, Bonsucesso, Friburguense, Madureira, Tigres e Volta Redonda.

Os quatros primeiros de cada grupo farão parte do Grupo C. Os quatros últimos de cada grupo farão o grupo D. Nessa fase, os clubes jogarão apenas contra os times do próprio grupo. O primeiro do C será o Campeão da Taça Guanabara e fará a semifinal contra o quarto colocado. Já o segundo enfrentará o terceiro. E daí sairá o Campeão Carioca. Os dois últimos do grupo D serão rebaixados.                                

A TAÇA



América Football Club
Fundação: 1904
Mascote: Brasinha
Estádio: Giulite Coutinho
Retrospecto: O time mais amado por todos cariocas – desculpa, Bangu – já conquistou sete vezes o Campeonato Estadual. Porém, os últimos anos tem sido terríveis ao Mecão.

Após voltar a elite, o América tem como principal objetivo manter-se na primeira divisão. O jogador argentino Sosa, atração do Mecão para o campeonato não poderá jogar a primeira partida em função da documentação. O América estreia contra a Cabofriense, no Correão, no sábado (30), às 19h30min.

Associação Atlética Portuguesa
Fundação: 1924
Mascote: Zebra
Estádio: Luso-brasileiro
Retrospecto: Vice-campeã da série B do Campeonato Carioca em 2015

Após o retorno para a elite Carioca, a Portuguesa da Ilha do Governador vem com tudo para o campeonato. Fez uma pré-temporada bem trabalhada pelo técnico Gaúcho e a equipe espera alcançar resultados positivos e principalmente se manter na elite do Cariocão. O desafio começa neste sábado (30), às 17h, contra o Tigres.

Associação Desportiva Cabofriense
Fundação: 1997
Mascote: Marlim-Azul
Estádio: Correão
Retrospecto: Tetracampeão da Série B do Carioca, nunca chegou a levantar a taça na elite. Em 2005 e 2007 chegou as semifinais da Taça Guanabara.

O time fez três jogos-testes, com um time amador (9x1), com o Friburguense, o qual perdeu (2x1) e outro com o Itaboraí (1x1), e mesmo com os resultados, o técnico fez críticas e acredita na melhora da equipe. A estreia do time acontece no sábado, às 19h30, contra o America.

Bangu Atlético Club
Fundação: 1904
Mascote: Castor
Estádio: Moça Bonita
Retrospecto: Bicampeão carioca (1933 e 1966), o Bangu sonha em reviver os dias de glórias, juntamente com seu maior rival, o América.

A equipe comandada por Sacramento fez sua pré-temporada em Vargem Pequena, durante doze dias. A volta do experiente Almir traz esperança ao Bangu em passar para a segunda fase do Carioca, o grupo C. O time estreia contra o Botafogo, em São Januário, no sábado (30), às 17h.

Boavista Sport Club
Fundação: 2004
Mascote: Hulk
Estádio: Elcyzão
Retrospecto: Em 2013 foi campeão do Torneio Extra e vice na Taça Rio, um ano depois ficou em 3º lugar na Copa Rio e sagrou-se campeão da Taça Rio.

Com novas contratações e jogadores emprestados, o time fez uma pré-temporada regular, nos jogos-testes contra o Macaé e Itaboraí empataram com 0x0. O treinador diz que está na busca pelo entrosamento da equipe, mas que os atletas se encontram num bom nível. O Boavista estreia no Campeonato Carioca jogando contra o Flamengo, neste sábado, às 19h30.

Bonsucesso Futebol Clube
Fundação: 1913
Mascote: Leão da Leopoldina
Estádio: Leônidas de Oliveira
Retrospecto: A melhor campanha foi em 1924, que chegou à final, mas foi derrotado pelo Vasco da Gama, por 1 a 0. Em 2015, a equipe terminou a competição em 12° lugar.

Mesmo com apenas treze atletas na equipe, entre eles se destaca Danilo Brazuca, recém-contratado, o técnico Mário Marques aposta na equipe e afirma que 2016 será melhor que 2015. A estreia no campeonato é neste domingo (31), contra o Resende, às 17h.

Botafogo de Futebol e Regatas
Fundação: 1904
Mascote: Manequinho
Estádio: Engenhão (Nilton Santos)
Retrospecto: Vice-campeão em 2015, o Botafogo já levantou o caneco em outras 20 oportunidades.

De novo na Série A do Brasileiro, o Alvinegro é considerado o elenco mais fraco dos quatros grandes do rio. Entretanto, o clube de General Severiano pode surpreender, assim como em 2015, quando chegou até a final. O Botafogo encara o Bangu, no Sábado, em São Januário, às 17h.

Club de Regatas Vasco da Gama
Fundação: 1989
Mascote: Almirante
Estádio: São Januário
Retrospecto: A equipe que começou no futebol em 1916, já conquistou 23 vezes o Campeonato Carioca. O time é o atual campeão do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro.

O Vasco vê no Carioca a chance de reconquistar a confiança dos torcedores e afastar de vez as adversidades. Pré-temporada e planejamento: Um total de 15 jogadores saíram do clube, a maioria por fim de contrato. Apenas dois reforços foram contratados para a temporada, Pikachu e Marcelo Mattos, mas os jogadores que permaneceram garantem que essa tática ajuda no entrosamento e na comunicação da equipe. A base do time é a mesma e segundo o técnico Jorginho, os novos jogadores sabem que no time já existe uma estrutura formada. Além dos reforços vindos de fora, o Cruzmaltino conta com nove jogadores da base que agora estão definitivamente na equipe profissional. O Vasco estreia no Carioca no domingo, às 17h, em São Januário, contra o Madureira.

Clube de Regatas do Flamengo
Fundação: 1895
Mascote: Urubu
Estádio: Gávea/Maracanã
Retrospecto: No Carioca de 2015, a equipe deixou a competição na semifinal, perdendo para o Vasco da Gama. O time tem 33 títulos estaduais.

Considerado, por muitos, o melhor elenco do Rio de Janeiro, o Flamengo acredita no trabalho do Muricy e no ataque com Guerrero e Sheik. É um dos favoritos ao título, mesmo perante todas as confusões com a federação. O Rubro-Negro estreia contra o Boavista, em Edson Passos, no sábado, às 19h30min.

Esporte Clube Tigres Do Brasil
Fundação: 2004
Mascote: Tigre
Estádio: Los Larios
Retrospecto: O caçula do Carioca nunca ganhou o campeonato. Na Copa Rio já conquistou duas vezes a taça, em 2005 e 2009.

A equipe da Baixada Fluminense anunciou parceria com o Corinthians, em 2015. Destaque da Copinha, o atacante Gabriel Vasconcelos irá atuar pelo Tigres, no Carioca. A equipe comandada pelo ídolo do Flu, Marcão, quer manter-se na elite. O Tigres do Brasil estreia no Carioca enfrentando a Portuguesa, fora de casa, no Estádio Luso Brasileiro, no sábado (31), às 17h.

Fluminense Football Club
Fundação: 1902
Mascote: Guerreiro
Estádio: Laranjeiras/Maracanã
Retrospecto: No Campeonato Carioca de 2015, o Tricolor perdeu para o Botafogo nas semifinais. O time tem 31 títulos neste campeonato.

A pré-temporada na Flórida não foi muito animadora, mas a equipe pretende se ajustar. Mesmo disputando a Primeira Liga, o vice-presidente de futebol, Mário Bittencourt, afirma que irão jogar pelo título. Entre as contratações, a que se destaca é Diego Souza, que vem para reforçar o meio campo. A primeira partida neste Cariocão é contra o Volta Redonda, neste domingo (31), às 19h30.

Friburguense Atlético Clube
Fundação: 1980
Mascote: Vovô Chapão
Estádio: Guinle
Retrospecto: Ao todo já foram 13 Estaduais disputados, ficando na 4ª colocação em 1999 e em 2002. Em 2004 chegou até a semifinal da Taça Rio, onde foi eliminado pelo Vasco. A boa performance em 2004 deu ao time a inédita chance da classificação para a Copa do Brasil de 2005.

Conhecido por revelar promessas para o futebol profissional, o Friburguense trará quatro jogadores da base, os quais vieram da impressionante campanha da equipe no Torneio Otávio Pinto Guimarães do último ano. Além deles, outros reforços chegaram para a equipe (Jefinho, Bernardo Ribeiro, Gleison, Emerson Carioca, Ronaldo e Caio). Os três amistosos feitos pelo time, dos quais venceu dois (Cabofriense e America) e empatou um (Itaboraí), deram ao Friburguense confiança e equilíbrio para o Estadual. O primeiro jogo do Carioca será contra o Macaé, no sábado (30/01), às 19h30.

Macaé Esporte Futebol Clube
Fundação: 1990
Estádio: Moacyrzão
Mascote: Leão
Retrospecto: Campeão Brasileiro da Série C, o Macaé teve sua melhor campanha no Carioca, em 2009, na quinta colocação.

Macaé iniciará a temporada com jogadores novos, quinze reforços já foram anunciados. A pré-temporada mostrou uma melhora no rendimento da equipe, o Macaé encerrou os jogos-treinos sem nenhum gol sofrido e com três vitórias, Itapemirim (1 a 0), o Nacional de Muriaé (2 a 0) e o Volta Redonda (1 a 0) e um empate com o Boa Vista (0 a 0). A estreia do Macaé no Campeonato Carioca será contra o Friburguense, no próximo sábado, às 19h30, no Estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo.

Madureira Esporte Clube
Fundação: 1914
Mascote: Zé Carioca
Estádio: Conselheiro Galvão
Retrospecto: Vice-Campeão em 1936 e 2006, o Madureira surpreende os grandes em alguns jogos.

Contando com dois meias experientes (Leandro Chaves e Jeferson) e com o técnico Alfredo Sampaio, o Tricolor Suburbano aposta chegar nas semifinais, como disse o meia Leandro. O Madureira enfrenta o Vasco, em São Januário, no Domingo (31), às 17hs.

Resende Futebol Clube
Fundação: 1909
Mascote: Lobo-Guará
Estádio: Estádio do Trabalhador
Retrospecto: Atual bicampeão da Copa Rio, o Resende nunca ganhou o Cariocão.

Com três empates nos jogos-treinos diante de times paulistas, o Resende acredita chegar até a segunda fase do Carioca. O Gigante do Vale vai jogar a primeira rodada no dia 31, domingo, contra o Bonsucesso, às 17h, no Estádio Luso Brasileiro.

Volta Redonda
Fundação: 1976
Mascote: Jaguatirica
Estádio: Raulino de Oliveira
Retrospecto: Em 2015 o time terminou a competição em 7º lugar. Tetracampeão da Copa Rio, o Volta Redonda ainda não conseguiu o título carioca.

O Voltaço conta com o experiente atacante Lopes Tigrão para a disputa do campeonato Carioca. No jogo-treino, ele marcou um gol, na vitória por 3 a 1. O Volta Redonda estreia no Campeonato Carioca no domingo (31) no Estádio Raulino de Oliveira, na Cidade do Aço, contra o Fluminense, às 19h30min.

O ATUAL CAMPEÃO CARIOCA
Texto feito por Matheus Freitas, Ana Clara Beatriz Pessôa


←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana