A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sábado, 30 de janeiro de 2016

Volta aos jogos, voltas as vaias a Lucão

Com pênalti infantil de Lucão, São Paulo empata com Red Bull.

Após vencer o Cerro Porteño no amistoso no Paraguai, o São Paulo finalmente teve sua primeira partida oficial, contra o Red Bull Brasil. Entretanto, a estreia não foi como desejada.

O São Paulo teve muita dificuldade para sair jogando, já que o Red Bull Brasil apertava a marcação. O Tricolor conseguia se soltar mais pelas laterais, entretanto demorou para os jogadores perceberem isso, já que, ao invés de apostar por elas, eles forçavam na jogada pelo meio passando por Ganso, que estava muito bem marcado. O visitante não tinha medo de arriscar chutes de fora da área, mas de sete, apenas um com perigo (na trave).

O Red Bull também chegou com perigo, apostava em jogada de contra-ataque com Galhardo. Porém, quem marcou primeiro foi o Tricolor no final do 1ºT, após cobrança de escanteio de Michel Bastos, Ganso apareceu na primeira trave e cabeceou a bola no ângulo de Saulo.

A segunda etapa mantinha o mesmo ritmo que a primeira. São Paulo continuava atacando e Red Bull apostava em contra-ataques. Entretanto, foi quando Breno sentiu o joelho e foi substituído, dando lugar a Lucão, que as coisas mudaram. O zagueiro puxou a camisa de Roger dentro da área e o juiz marcou pênalti, porém anotou Hudson como culpado e deu até cartão amarelo para o volante. Depois do empate, o jogo ficou "morno". No último lance da partida, Carlinhos teve a chance de marcar para o Tricolor, mas a bola bateu na rede do lado de fora.


Tirando o conhecido (e odiado) pela torcida, Lucão, o setor defensivo atuou bem. Rodrigo Caio, Breno e, principalmente, Mena surpreenderam. Porém, o meio de campo pra frente ficou a desejar. O time atacava, mas sem riscos. Centúrion perdia muito a bola ao tentar driblar invés de passar, deixando seus companheiros nervosos com tal atitude.

O Tricolor Paulista entra em campo pela primeira fase da Libertadores nesta quarta-feira (03/02) às 21h45, contra César Vallejo, no Estádio Mansiche (Peru). Já pelo Paulista, o São Paulo recebe sábado (06/02) no Pacaembu (Morumbi está tendo o gramado trocado, por isso os jogos foram passados para o Pacaembu), o Água Santa, às 17h.

FICHA TÉCNICA
Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas (SP)
Arbitragem: Marcelo Rogério (SP), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Mauro André de Freitas (ambos de SP)
Cartões amarelos: Nando Carandina, Roger e Thiago Galhardo (RB Brasil); PH Ganso, Breno, Kardec, Hudson e Lucão (São Paulo)
Gols: Roger (RB Brasil) e Ganso (São Paulo)

RED BULL BRASIL:
Saulo; Everton Silva, Willian Magrão, Drausio e Willian Rocha; Nando Carandina, Luan (Maylson) e Thiago Galhardo; Igor Sartori (Willie), Misael (Maxwell) e Roger. Técnico: Maurício Barbieri

SÃO PAULO:
Denis; Breno (Lucão), Mena, Rodrigo Caio e Bruno; Hudson, Ganso (Rogério), Thiago Mendes; Michel Bastos, Centúrion (Carlinhos) e Kardec. Técnico: Edgardo Bauza

Santos joga mal e tropeça em estreia


Não foi a exibição que os torcedores e os próprios jogadores esperavam do time da Vila. Jogando nesta tarde de sábado (30/01), o Peixe recebeu o São Bernardo em casa, mas passou longe das atuações da temporada passada e teve que se contentar apenas com o empate em 1-1.

A partida começou com maior posse de bola para o Santos, mas logo aos 10 minutos, os visitantes surpreenderam e abriram o placar com o zagueiro Luciano Castán, após bate-rebate dentro da área e daí pra frente o time se dedicou somente a defender e impedir os avanços do Peixe.

Por outro lado, a exceção de uma cabeçada perigosa do zagueiro Gustavo Henrique, faltou criatividade e paciência ao time santista, que procurava acelerar muito as jogadas com lançamentos quase sempre muito longos ou sem direção.

Na segunda etapa, o técnico Dorival Jr voltou com Serginho na vaga de Tiago Maia e recuando Lucas Lima, deu mais mobilidade ao time, mas o parâmetro do jogo permaneceu o mesmo, enxurrada de lançamentos e passes errados.

Numa tentativa quase que desesperada, Dorival colocou o estreante Joel na vaga do também estreante Paulinho, e abriu mão de Renato para lançar Neto Berola. As opções surtiram efeito e deu resultado.

Aos 37 minutos, em boa trama, Berola esticou a bola para Lucas Lima e o meia, achou grande bola para Gabriel, sozinho dentro da área e o camisa 10 só teve o trabalho de cabecear para os fundos das redes, dando números finais ao placar.


O resultado foi frustrante para o atual campeão paulista, que mesmo não estando em sua melhor condição física, poderia ter jogado mais. O time não passou nem perto do que apresentou durante a última temporada e até mesmo do que jogou no amistoso contra o Bahia há uma semana. Para o São Bernardo, o resultado foi mais do que satisfatório já que o time deve brigar ponto a ponto para não cair.

As equipes voltam a campo no meio de semana, já na segunda rodada da competição. O Peixe vai a Campinas enfrentar a Ponte Preta na quarta, já o São Bernardo fará sua estreia em casa, contra o Oeste na terça.

FICHA TÉCNICA
CAMPEONATO PAULISTA 2016 - 1ª RODADA

SANTOS 1X1 SÃO BERNARDO
Data: sábado, 30 de janeiro de 2016
Horário: 17h00 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Público: 9.341 torcedores.
Renda: R$ 389.315,00.
Árbitro: Jose Claudio Rocha Filho
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Herman Brumel Vani
Gols: Luciano Castán, aos 10 minutos do 1º tempo; Gabriel, aos 37 minutos do 2º tempo
Cartões Amarelos: SANTOS: Gabriel. SÃO BERNARDO: Léo Veloso, Paulo.

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Zeca; Renato (Neto Berola), Thiago Maia (Serginho) e Lucas Lima; Paulinho (Joel), Gabriel e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

SÃO BERNARDO: Daniel; Eduardo, Diego Ivo, Luciano Castan e Léo Veloso; Daniel Pereira, Daniel Amora, Marino (Lucas) e Cañete (Jean Carlos); Jefferson Kanu (Paulo) e Magal. Técnico: Roberto Fonseca

Caldense, o nosso sonho para 2016 - Apanhado geral sobre 2015

Caldense - O sonho quase se tornou realidade.

A Caldense entrou no ano que completava seu aniversário de número 90 (2015), desacreditada como já é de praxe, mas os meias Nadson, Tiago Azulão, Michel Elói e o Válber deram uma esperança à torcida que pouco esperava daquela equipe. Além do atacante Zambi, que já havia arrebentado no Campeonato Carioca pela equipe do Nova Iguaçu.

Assim, a Veterana surpreendendo a todos, foi uma das sensações do futebol Brasileiro no primeiro semestre, chegando a final do Mineiro e fazendo bonito demais, perdendo o título apenas por erros absurdos de arbitragem.

Conseguindo a vaga na Série D do campeonato nacional, finalmente o time teve uma oportunidade de se mostrar ao público nacional.

Devido à boa campanha no Mineiro, os jogadores que se destacaram acabaram indo para clubes da Série B, se espalhando Brasil afora. As esperanças dos poços-caldenses, porém, não pararam por aí e se renovaram com a manutenção surpreendente de Jeferson Feijão e do lateral Andrezinho, assim como a volta do ídolo da torcida, Ewerton Maradona que havia passado pelo Treze para a disputa da Série D de 2014.

Também chegaram os experientes Wesley Bigu, que estava desempregado após os estaduais, e o meia Marzagão revelado pelo Fluminense e com passagens por times do interior mineiro, assim como o ex-Vasco e ex-Boa Esporte Francismar, jogador que rodou por clubes do Japão.  Do Rio Claro veio Tiago Bernardini, veterano dos clubes do interior paulista. Permaneceram Mineiro, Paulão e Neguet os mesmos de sempre, já bastantes acostumados ao clube e com ambiente favorável com a torcida, assim como o meia Diney que voltou para a sua segunda passagem no clube, após uma ida para o futebol asiático.                                                                                        

A Caldense se manteve bem na primeira fase, passou sem maiores problemas, dando maior confiança aos torcedores.  Sem susto nas oitavas de final o Verdão de Poços de Caldas passou pelo Rio Branco do Espírito Santo, chegando assim as quartas de final.

A vitória nessa etapa significaria a volta a Série C, pela primeira vez desde 1996. O adversário, o Ypiranga de Erechim, em Poços arrancou um empate, com direito a pênalti duvidoso no final da partida a favor da Caldense, Diney converteu trazendo mais tranquilidade, apesar das repetidas falhas de Wesley Bigu.  

Em Erechim o time do Ypiranga logo abriu 2 a 0 e aparentemente tinha o jogo dominado, mas a Caldense reagiu e alcançou o empate, levando a decisão da vaga na Série C para os pênaltis. Nas penalidades o herói da partida anterior, Diney perdeu o pênalti, Bigu foi outro que falhou nas cobranças, já pelo lado do Ypiranga só o meia João Paulo não converteu, coisa pouco importante para o andamento da classificação do time de Erechim.

Assim a Caldense terminou o ano com uma eliminação decepcionante, num ano que poderia ser histórico.

2016 - Agora as cobranças são outras.

Antes do início do ano de 2016 a Caldense anunciou uma lista de dispensas e de jogadores que não teriam seus empréstimos renovados.  Wesley Bigu, Marzagão, Mineiro e o atacante Rafamar foram dispensados, Tiago Bernardini não teve seu empréstimo renovado.

De resto a base da Série D é o time para o início do Campeonato Mineiro, apenas com o ingresso dos seguintes jogadores para o time titular: Tiago Azulão voltando do Fortaleza, Marcelo Regis, centroavante vindo do Uberlândia, o atacante Edu Da Silva, vindo do XV de Piracicaba, o lateral esquerdo Bruno Bertucci vindo do São Caetano e o volante Thiago Marin, para compor o elenco foi anunciada a contratação do goleiro Rafael Alemão, ex- Palmeiras, e do meia Michel Benhami. Com estes reforços eu considero que o time atual é melhor que o do ano passado, sim, as expectativas são mais altas, jogadores de peso maior chegaram e vem para cobrir as deficiências do time, fortalecendo a equipe. Agora depende deles e de nós, afinal somos os torcedores e nosso papel é incentiva-los.

Francisco Junqueira Borja || @BorjaFrancisco_
Linha de Fundo || @linhadefuundo
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana