A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Com estreantes, Botafogo mais uma vez vence e não convence

Em jogo válido pela 4ª rodada do Campeonato Carioca, o Botafogo foi até Volta Redonda para enfrentar o Resende, na noite deste sábado (13). E assim como na partida anterior, o Glorioso venceu, mas não convenceu. E de novo por 1 a 0, chorado. Com o resultado, o Alvinegro lidera o grupo B com 12 pontos. O próximo desafio do Botafogo é no dia 21, contra a Cabofriense, às 17h.

O JOGO

Com mudanças significativas no time principal, o Botafogo entrou em campo já pressionando a equipe do Resende. A primeira finalização do Alvinegro foi de cabeça, com o estreante argentino Joel Carli, aos 3 minutos, mas o goleiro Arthur defendeu com facilidade. Rodrigo Lindoso, aos 8', recebeu na entrada da área e chutou colocado. A bola passou à esquerda. Seria um golaço. Aos 11', foi a vez do Resende levar perigo. Após boa troca de passes, Muriel cruzou e Douglas Caé quase marcou. Por sorte, o atacante não alcançou a bola. No minuto seguinte, o Botafogo respondeu e abriu o placar. Após bom cruzamento de Luis Ricardo (aleluia!), Luis Henrique aproveitou saída ruim do goleiro Arthur para fazer o gol. Botafogo 1 a 0.

   Luis Henrique voltou a marcar com a camisa do Botafogo (Foto: Vitor Silva/ SS Press/ Botafogo)

O gol, porém, não fez bem ao Glorioso, que recuou e viu o Resende crescer no jogo. Aos 26 minutos, lance polêmico na partida. Wandinho cruzou na área e Joel Carli apareceu para fazer o corte. Jefferson pegou a bola com as mãos. A arbitragem não marcou recuo. Aos 35', Jefferson salvou o Botafogo, mesmo que sem querer. Kim arriscou de fora da área, a bola bateu na trave esquerda e depois tocou no melhor goleiro do Brasil. Sorte botafoguense. Aos 40', o Botafogo teve a chance de ampliar o placar. Gervasio Nuñez foi lançado pela direita, mas abusou da displicência. Com Luis Henrique livre, o argentino não tocou e tentou driblar, sendo desarmado em seguida. Já nos acréscimos, aos 46 minutos, a trave mais uma vez salvou o Alvinegro. Robinho, em cobrança de falta, mandou a bola na trave direita. O primeiro tempo chegou ao fim aos 47'.

O Botafogo voltou para a etapa final com Lucas Zen em campo, que substituiu Lizio. A mudança não surtiu efeito, uma vez que o Resende continuava melhor na partida em busca do empate. Logo aos 3 minutos, Marcel serviu Robinho, que invadiu a área e chutou forte. Jefferson fez importante defesa. No minuto seguinte, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Marcel, que chutou para fora. Aos 9 minutos, também após cobrança de escanteio, o zagueiro Emerson subiu livre, mas não alcançou a bola. Foi a primeira chance clara do Botafogo no segundo tempo. Aos 12', Jefferson saiu bem e deu um soco na bola após cruzamento perigoso do Resende.

Aos 24 minutos, Gegê cobrou falta e quase fez o segundo gol botafoguense. A bola foi parar no travessão. Antes, foi desviada pela barreira e pelo goleiro Arthur. A trave que salvou o Botafogo inúmeras vezes dessa vez atrapalhou. Aos 27', Robinho foi lançado pela direita, invadiu a área e chutou. A bola desviou na defesa, mas Jefferson defendeu. Em uma tentativa de chegar ao segundo gol, Ricardo Gomes trocou um atacante por outro. Saiu Luis Henrique, autor do gol para a entrada de Ribamar, isso aos 28'. Minutos depois, aos 38', o treinador promoveu a última alteração no Botafogo. Gegê foi substituído por Leandrinho, que aos 45 minutos quase fez o gol. Após cruzamento de Luis Ricardo, o jovem chutou, mas parou no goleiro Arthur, que fez excelente defesa. Aos 48', fim de jogo. Mais uma vez, vitória sofrida.

OBSERVAÇÕES

Gegê é atualmente o jogador mais lúcido no meio-campo botafoguense. No entanto, foi substituído. Vai entender, né!?

Aliás, os chutes de fora da área de Gegê são as chances mais claras de gol do Botafogo.

Por enquanto, Nuñez e Lizio não corresponderam. O futebol apresentado ainda é muito abaixo do esperado.

Carli e Emerson Silva, os estreantes da noite, não comprometeram. Bruno Silva, outro que fazia sua estreia, mostrou que sabe jogar. Parece ser bom jogador.

O vice de futebol do Botafogo declarou durante a semana que o futebol apresentado pela equipe é bonito. Acho que o óculos está com defeito.

Apesar de o 100% de aproveitamento no Carioca, as atuações estão deixando a desejar. A cada rodada o nível piora. Vence, mas não convence.

FICHA DO JOGO

Resende 0
Arthur Barroso, Muriel (Yan), Marcelinho, Thiago Sales, Kim (Itacaré); Gustavo (Jorge Báez), Léo Silva, Marcel, Robinho; Douglas Caé, Wandinho. Técnico: Aílton Ferraz.

Botafogo 1
Jefferson, Luis Ricardo, Joel Carli, Emerson Silva, Diogo Barbosa; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, Gegê (Leandrinho), Damián Lizio (Lucas Zen), Gervasio Nuñez, Luis Henrique (Ribamar). Técnico: Ricardo Gomes.

Estádio: Raulino de Oliveira (RJ).
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ).
Assistentes: Marcello Costa (RJ) e Daniel Pereira (RJ).
Gol: Luis Henrique (12' do 1º T).
Cartões amarelos: Muriel e Jorge Báez (Resende), Luis Henrique (Botafogo).
Público: 3.178.
Renda: R$ 37.855,00.

Por: Gabriel De Luca (@biel_dluca).
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana