A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sábado, 5 de março de 2016

Em jogo truncado, Bayern e Borussia empatam

Hoje (5) aconteceu um dos maiores clássicos mundiais da atualidade, de um lado um Borussia jogando em casa e com um dos melhores ataques da temporada, do outro lado um Bayern sofrido pelos desfalques e sobrevivendo nas improvisações do Guardiola. Ambas as equipes ocupam as duas primeiras colocações na Bundesliga, em vantagem de pontos, o Bayern liderava a liga com certa vantagem para o adversário, coisa que poderia mudar, caso o Borussia vencesse o jogo encostaria-se ao líder.


O jogo foi apertado com várias chances para ambas as equipes, Robben e Müller, Albameyang e Reus tiveram as melhores oportunidades do jogo para suas equipes, mas pararam em Burki e em Neuer.

Alonso e Vidal tiveram seus momentos no jogo, arriscando e criando oportunidades de gol. Ambas as equipes se desgastaram muito em campo, lesões afetaram o Bayern que já estava sem opções reais no banco. O empate persistente durou e ao fim da partida os zeros no placar definiram a igualdade das equipes em campo, mas com um gosto de vitória para os bávaros que permanecem com cinco pontos de vantagem para o Borussia.


A cena mais lamentável da partida fica por parte do treinador Guardiola. O espanhol ao final do jogo foi até o meio de campo, e enquanto o Kimmich bebia água e respirava, o treinador começou a dar esporros no garoto - teoricamente por não ter feito o apoio ao Alonso - em frente às câmeras e aos jogadores do Bayern e Borussia, uma ação lamentável do treinador espanhol que vem improvisando injustamente seus jogadores, inclusive o Kimmich.

SERGIO JUNIOR || @fantastico_scr

Meninos da base se destacam e Flamengo vence novamente

Os autores dos gols da partida. (Foto: Flamengo)
Depois de uma semana completa de treinos, o Flamengo voltou a campo neste sábado (5) para enfrentar o Bangu. Sob o forte calor de Volta Redonda e com o time todo reserva, os comandados de Muricy conseguiram mostrar bom futebol. Os efeitos de um trabalho bem feito ficaram evidentes principalmente por conta do ótimo desempenho dos meninos da base e de Ederson.

A ótima vitória contra o Resende por 5x0 rendeu aos titulares uma merecida folga. Já classificado no Carioca, o Flamengo tem alternado as escalações para que os jogadores principais sejam poupados e evitem lesões em partidas menos importantes. Contra o Bangu, Muricy resolveu, pela primeira vez, fazer uma escalação completamente reserva.

Com isso, os onze escolhidos foram: Muralha; Pará, Léo Duarte, César Martins e Chiquinho; Márcio Araújo e Canteros; Ederson, Thiago Santos, Felipe Vizeu e Gabriel. A primeira coisa que chama atenção é à saída de Paulo Victor, coisa que parte dos torcedores gostaria que acontecesse. Depois, é ótimo ver três meninos da base rubro-negra entre os titulares, além de Ronaldo e Lucas Paquetá na reserva. Além disso, a volta de Ederson depois de meses de recuperação também é um ótimo sinal.

O primeiro tempo foi de adaptação, já que muitos desses jogadores estão sem ritmo. Enquanto o Flamengo dominava grande parte das ações, mas não conseguia finalizar direito, o Bangu ia buscando espaço entre os defensores, principalmente em cima de César Martins. Aos 27 minutos a pressão adversária deu resultado e, em uma falha enorme do zagueiro, a bola sobrou na área, Muralha espalmou a finalização e Willian Amendoim, cria da base rubro-negra, abriu o placar.

A vantagem adversária acordou os jogadores do Flamengo e o time começou a chegar cada vez mais próximo do gol, principalmente com Ederson e Felipe Vizeu. Aos 37 minutos, os dois conseguiram fazer mais uma boa jogada juntos e Vizeu, muito bem posicionado, mandou para dentro da rede e empatou a partida. Poucos minutos depois, Thiago Santos, mais um vindo da base, marcou e deixou o 2x1 no placar antes de intervalo.

Durante a segunda etapa, o Mais Querido ainda chegou perto de ampliar mais algumas vezes, porém as finalizações foram ruins. Felipe Vizeu, novamente, se posicionou muito bem na área adversária e, após o chute de Chiquinho ser defendido, o atacante mandou para dentro e marcou o 3x1. Aos 37 minutos, César Martins fez falta dentro da área, mas Muralha pulou muito bem e defendeu.

No geral, o Flamengo fez uma boa partida e conseguiu dar um pouco de ritmo de jogo aos reservas. Foi ótimo ver um jogo forte de Ederson depois de tanto tempo e é notável o grande trabalho que o clube vem fazendo com os meninos da base. Aos 32 minutos do segundo tempo, tinham cinco garotos criados na Gávea entre os titulares, o que é muito importante para o futuro do time.

Vizeu marcou dois e tem três jogos no Carioca. (Foto: Fim de Jogo)
Agora o Mais Querido entra em campo na quarta-feira (09) contra o Figueirense, às 19h30, pela Primeira Liga, em Brasília.

Mariana Sá || @imastargirl 
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana