A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

terça-feira, 15 de março de 2016

Maycon e Luciano titulares contra o Cerro Porteño

No treino da tarde desta terça-feira (15), Tite definiu os substitutos dos suspensos Rodriguinho e André para o jogo contra o Cerro Porteño, na quarta-feira (16), às 21h45, na Arena.

O jovem Maycon, revelado no próprio Corinthians, ganhou a vaga no meio de campo, enquanto que Luciano será o centroavante do time. Existia também uma dúvida na defesa, Balbuena e Guilherme Arana concorriam há uma vaga entre os onze iniciais, mas Tite manteve Yago e Uendel entre os titulares.

A equipe que começa o jogo será formada por: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Giovanni Augusto, Guilherme, Maycon e Lucca; Luciano. O Timão foi derrotado pelo Cerro, na última quarta-feira (09), no Paraguai.

Os paraguaios lideram o Grupo 8 com sete pontos, seguidos pelo Corinthians com seis, Santa Fe com quatro e o Cobresal é o lanterna, ainda sem somar nenhum ponto na competição.

Aquecimento Olímpico: Tiro com Arco

Em 145 dias teremos o início dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 e para dar sequência ao Aquecimento Olímpico do Linha de Fundo, falaremos um pouco mais do Tiro com Arco. Apesar de recebermos a fama de "país do futebol", começamos a apresentar uma boa evolução na modalidade que será mostrada nesta edição. A participação brasileira em competições como Mundiais, Campeonato das Américas, Jogos Pan-Americanos e Olímpicos vem aumentando significativamente, assim como os bons resultados alcançados. Antes de falar dos números brasileiros na modalidade, vamos conhecer um pouco o mais sobre o esporte.



Lá vem história...

O Tiro com Arco apareceu pela primeira vez como modalidade olímpica nos jogos de 1900, realizados em Paris. Em 1904, o esporte teve cinco eventos com a participação exclusiva de atletas norte-americanos. Em 1908 foi a vez de a disputa ser em Londres com apenas três aparições.

O Tiro com Arco foi disputado pela última vez com as regras antigas em Antuérpia, pelos Jogos Olímpicos de 1920. Após 52 anos de "extinção" da Olimpíada, a modalidade retornou na edição disputada em Munique, 1972, desta vez com a regulamentação da Federação Internacional de Tiro com Arco (FITA) e com dois eventos - individual masculino e individual feminino.

RIO 2016

O objetivo é simples, porém não é fácil. É preciso acertar as flechas no centro do alvo posto a 70 metros de distância. O arqueiro terá 40 segundos para atirar cada uma de suas seis flechas. Nas finais o tempo e o número de flechas diminuem, contando-se apenas 20 segundos para lançar três flechas. As disputas podem ser individuais ou por equipes formadas por três arqueiros.

Alguns termos usados no esporte:

Agrupar - Ato de aproximar as flechas disparadas uma das outras no alvo, o que indica que o arqueiro consegue repetir tiros semelhantes.
Arrasto - Efeito do vento sobre o arco, dificultando a mira.
Robin Hood - O nome do herói foi dado ao feito mais difícil do esporte, que era acertar uma flecha bem no meio da outra já presa ao alvo, dividindo-a ao meio.

O Brasil ficou na sétima posição no Mundial de Copenhague de 2015 e conseguiu a classificação de seis arqueiros como país-sede. Dos 20 atletas que formarão a delegação de Tiro com Arco, oito já fazem parte da equipe principal do Brasil: Marcus Vinícius, Daniel Xavier, Bernardo de Oliveira, Marcelo da Costa, Sarah Nikitin, Ane Marcelle, Marina Canetta e Michelle Acquesta. O jovem Marcus Vinícius, de 18 anos, é a esperança brasileira como a primeira medalha olímpica do esporte devido os bons resultados em competições anteriores.

São 12 equipes para cada gênero e já foram garantidas nove vagas: Austrália, Brasil, China, China Taipé, Itália, Coreia do Sul, Holanda, Espanha e Estados Unidos para a disputa masculina; Brasil, China, Colômbia, Geórgia, Índia, Japão, Coreia do Sul, México e Rússia são as equipes femininas classificadas.

As vagas individuais serão definidas em uma qualificação mundial e outra continental. Restam 26 vagas para homens e mulheres que serão preenchidas com os nomes dos arqueiros escolhidos pelos respectivos Comitês Olímpicos Nacionais (NOC). Ao todo são 64 atletas para cada gênero da disputa individual.

Local de competição: Sambódromo

Palco de muitas festas barulhentas, o Sambódromo precisará de silêncio para a disputa do Tiro com Arco. O esporte precisa de muita calma e concentração, por isso está sendo estudada a possibilidade de melhorar a acústica do espaço aberto.

Além da competição de Tiro com Arco, o Sambódromo, localizado na região do Maracanã, abrigará as disputas de início e fim da maratona olímpica.

Durante os próximos 145 dias traremos mais novidades sobre esta e outras modalidades que estarão presentes nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Aqui fica a nossa energia positiva à equipe brasileira e que ela nos traga o ouro.

LEO FERNANDES || @leo_fernandes_9
LINHA DE FUNDO || @SiteLF

Reforços no time azulino

Após a vitória no clássico contra o CRB, a direção do CSA anunciou as contratações de mais dois jogadores, são eles Evandrízio e Escobar:

Nome: Evandrízio Rodrigues Wanderley da Silva
Posição: Goleiro
Data de nascimento: 18/02/1994 (22 anos)
Último clube: Porto-PE

O novo goleiro do Azulão já está em Maceió e deve começar os trabalhos no novo clube nos próximos dias. No amistoso disputado entre CSA e Porto, na pré-temporada deste ano, Evandrízio atuou no segundo tempo da partida, no Estádio Rei Pelé, quando o Azulão venceu por 2 a 0.

Já o defensor está sendo aguardado pela diretoria maruja na capital alagoana para iniciar os trabalhos junto aos demais atletas do grupo.

Nome: Jonata Escobar
Posição: Volante
Data de nascimento: 23/07/1988 (27 anos)
Clubes: Itumbiara-GO, Avenida-RS, Pelotas-RS, Treze-PB, Veranópolis-RS, Ituano-SP.

Uma derrota, oito pontos a menos


Pela última rodada do segundo turno do Campeonato Goiano, o CRAC foi a Anápolis enfrentar a Anapolina para conquistar ao menos um empate. Nem isso conseguiu, já que os mandantes venceram por 1 a 0.

O gol foi anotado pelo zagueiro Da Silva aos oito minutos do segundo tempo, após cruzamento de Ricardo Maia. Lembrando que, em Catalão, a Xata¹ conquistou os três pontos pelo mesmo placar e em lance semelhante.

É de se lamentar a falta de reação na partida de domingo (13), já que nem o empate o Leão do Sul conseguiu arrancar. Por que perder pontos para um concorrente a fuga ao rebaixamento? Qual é o problema com o ataque? Só os defensores devem balançar as redes? A Rubra² não vencia em casa há 13 meses.

A derrota resultou em oito pontos a menos:
Enfrentou o adversário duas vezes: duas derrotas (casa e fora) = -6 pontos;

E mais:
Goianésia atingiu 10 pontos = 2 pontos de diferença do time celeste, que tem 12 pontos.

Reforços para meio-campo e ataque podem chegar nesta semana. A diretoria se movimenta para tornar a equipe capaz de disputar as semifinais do Estadual 2016.

Na próxima semana, no Genervino da Fonseca, o CRAC receberá o Trindade. O ataque precisará funcionar, a bola terá que chegar a Ademir e Dimba. Será a ocasião para acumular pontos para se distanciar da faixa do descenso. 

Notas
1. Anapolina.
2. Anapolina.

Pedro Silveira || @PedroSilveira7
Linha de Fundo || @SiteLF
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana