A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quinta-feira, 24 de março de 2016

Equador arranca empate sofrido em Quito

Liderando as eliminatórias, o Equador foi embalado para enfrentar a seleção do Paraguai para continuar invicto e ficar mais próximo da vaga para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia. Jogando na cidade de Quito, os equatorianos tiveram melhores chances de jogo, mas perderam muitas oportunidades e acabou sofrendo para não ser derrotado, marcando um gol salvador nos minutos finais.

Equador e Paraguai ficam no empate pelas Eliminatórias. Foto: globoesporte.com
A seleção da casa não mostrou medo em nenhum momento do jogo. O chute de fora da área dos equatorianos era um fator a mais para os paraguaios se preocuparem na partida, tanto que o primeiro gol do jogo saiu em uma finalização perfeita de Noboa acertando a trave, e no rebote, Valencia mandou para o gol. Apesar disso, o Paraguai apostava nas jogadas de velocidade, principalmente nos pés de Jorge Benítez.

LEIA MAIS: Equador tenta manter a liderança nas Eliminatórias

Cazares e Jefferson Monteiro faziam também grandes jogadas para o Equador e dando bastante potência ao ataque, obrigando o Paraguai a focar mais na defesa durante boa parte do primeiro tempo. Jogo difícil para o goleiro Villar que teve de ficar concentrado em todos os momentos, e do jeito que o jogo corria, parecia que iria ocorrer mais um triunfo do Equador, até o empate paraguaio no final da primeira etapa com uma bela jogada de Benítez, que deixou Lezcano com o gol livre para marcar.

Na segunda etapa, Arroyo entrou no jogo e com disposição imensa de fazer a diferença para o Equador e criou dois lances perigosos, mas o Paraguai conseguiu pular na frente inesperadamente com sua arma mortal: o contra-ataque. Após lançamento na frente, Lezcano ganhou a bola contra dois zagueiros e bateu forte para a rede, deixando o Equador atordoado na partida e precisando ter uma reação rápida.

O time da casa tentava de todo jeito: Valencia cobrando falta, Arroyo ganhando com garra, mas parando no goleiro Villar e até Noboa acertando a trave pela terceira vez no jogo e com uma meia-bicicleta. No apagar das luzes, quando o Paraguai conseguia diminuir o ritmo dos equatorianos, Ángel Mena recebeu passe em posição irregular, mas o bandeirinha nada marcou, e o Equador chegou ao empate.

Mesmo não mantendo os seus 100%, o jogo acabou sendo bem equilibrado e com muitos lances de perigo para ambas as seleções. O Equador ainda é o líder das eliminatórias e não pode ser ultrapassado e o próximo jogo será contra a Colômbia, no estádio Metropolitano Barranquilla, ás 17h30 (horário de Brasília).

Wagner Oliveira || @wagneroliveiraf
Linha de Fundo || @SiteLF

A vergonhosa estratégia rubro-negra

Foto: Flamengo
O significado da palavra vergonha é:

Ver-go-nha: substantivo feminino; Sentimento ruim e de desagrado que se relaciona com o receio de se sentir ridículo e desonrado perante alguma situação.

Nos últimos meses temos visto um Flamengo que planeja muito, promete muito e espera muito. E é só isso que faz. A evolução fica sempre ali, querendo sair do papel, pronta para acontecer. Mas nunca sai, nunca acontece. Começa pela renovação, que todo ano é aguardada, mas no fim os mesmos erros continuam lá. A barca só leva uma parcela dos problemas, nunca a maioria.

Depois, o planejamento do futebol, que no início parece maravilhoso, aquele que levará o clube direto ao título no final do ano. Então voltamos à outra questão, a dos nomes no plantel. Eles não são suficientes para isso. Um treinador bom foi contratado, mas falta versatilidade. Falta abandonar um esquema fixo e pensar em mudanças, já que esse claramente não está funcionando.

Estamos vendo um time com uma zaga dividida, já que um é totalmente seguro e o outro totalmente desgovernado. Laterais que ainda não conseguiram uma regularidade. Um meio-campo que não consegue conectar os jogadores mais recuados aos mais avançados, deixando um vazio que não faz sentido e não pode dar certo. No ataque erros e mais erros ditam o ritmo cada vez mais devagar.

Além disso tudo, o time não tem um estádio no Rio de Janeiro, o que aumenta o número de viagens por semana, diminui o de treinos e força um rodízio que muitas vezes é feito do jeito errado. Não adianta ter um Centro de Treinamento com os melhores equipamentos se o elenco não tem tempo para preparações melhores.

É vergonhoso que o Flamengo tenha uma estratégia tão fraca. Jogadores que não deveriam estar em campo continuam sendo escalados, o departamento de futebol não trabalha, esquemas táticos que não funcionaram até agora seguem em uso e o clube ainda não definiu sua casa em 2016. O que terá que acontecer para que o rubro-negro finalmente veja que não está dando?

Foto: Flamengo
O elenco é frio com o torcedor, já que nem toda festa das arquibancadas os faz ter o mínimo de raça. Os jogadores não honram o que o clube representa, não tem respeito pela história. O desempenho em campo beira o ridículo. Quanto tempo ainda vai demorar até que o Flamengo perceba que a estratégia não pode continuar a mesma?

Mariana Sá || @imastargirl 

Ousada, Colômbia vence e respira um pouco nas Eliminatórias

Ocupando uma posição nada favorável na tabela das Eliminatórias Rússia 2018, a Colômbia tinha a missão de vencer a Bolívia e, com um jogo muito ousado, bem fechado e com velocistas bem atentos, venceu e somou mais três pontos. Próximo jogo será na terça-feira, 29/03, contra o Equador ao lado do seu torcedor no Estádio Metropolitano Barranquilla, às 17h30min do horário de Brasília.

@FIFAWorldCup

Ousada, essa foi a atitude da Colômbia em campo, que fechou o time, a defesa funcionou muito bem com os quatros homens, Óscar Murillo e Jeison Murillo tiravam tudo que o time adversário tentava fazer de perigoso, as laterais funcionaram muito bem com John Medina e Farid Díaz dando suporte a defesa e colocando velocidade no jogo.

No 4-4-2, o meio de campo não decepcionou. Que dia maravilhoso de James Rodríguez e Sebastián Pérez, contando com o apoio de Daniel Torres e Celis. O melhor mesmo é quando o ataque funciona ao lado de Bacca e Cuadrado.

Tomando uma pressão do time adversário, a Colômbia achou o primeiro gol na primeira vez que chegou ao ataque. Bacca encontrou James Rodríguez que chutou cruzado e abriu o placar. O segundo gol foi o contrário, foi a vez de James retribuir a assistência e Bacca finalizar ampliando o marcador.

Com a vantagem no jogo e pressão adversária, o time tomou o empate no segundo tempo, mas nos acréscimos, Marlos Moreno, que entrou no segundo tempo, encontrou Cardona, batendo no canto esquerdo e sacramentando a vitória do Los Cafeteros.

Fizeram as contas da escalação? Faltou um membro que foi brilhante hoje. Já que a Colômbia optou em jogar no contra-ataque, coube ao time se defender e muito e, por sorte, a seleção conta com o nome de Ospina como goleiro. Grandes defesas fez o arqueiro colombiano, que suportou a pressão adversária.

No papel o time de José Pekerman é ótimo, em campo deixava a desejar e hoje ousou e venceu. A vitória deixa a Colômbia ainda na sétima posição agora com sete pontos, mas deixa um sentimento de que pode sim ir além na competição.

Isabela Macedo || @ismacedo_
Linha de Fundo || @SiteLF

Argentina em busca da classificação

A argentina busca a classificação a unhas e dentes e ela começa e retomada para isso hoje contra o Chile. A seleção vai contar com a volta de Lionel Messi que não fazia uma partida oficial pela seleção desde a final da Copa America. A Argentina vai para a partida com quatro desfalques em relação à lista inicial que Tata Martino havia divulgado. Enzo Pérez, Pastore e Nico Gaitán se lesionaram na véspera da partida. Na lista restaram 26 nomes, e receberam um reforço do atacante Lautaro Acosta, chamado as pressas.

Somente a vitoria pode levar a seleção para o grupo de classificados.
A Argentina não tem muitos problemas para escalar o time principal, já que conta com sua base intacta. Apenas Mascherano vai ficar de fora por receber o terceiro cartão amarelo. Tata Martino irá usa um esquema 4-3-3 com Messi e Di Maria bem aberto para buscar o homem de referencia. Agüero vem se mostrando ser esse homem e com Tata ele marcou 12 vezes e assim mantendo sua hegemonia na titularidade.

A seleção irá jogar num 4-3-3 com Messi deslocado para a direita, como ele joga no Barcelona.
Otamendi é a única duvida, pois o atleta vem de frequentes lesões musculares no Dynamo de Kiev e esse é o único mistério para a partida, caso ele não tenha condições de atuar Demichelis deverá ser o seu provável substituto. O zagueiro vai atuar ao lado de Funes Mori que vem se destacando jogo após jogo e está sendo muito cotado para preencher a uma das vagas de jogador acima de 23 anos nas olimpíadas.

O histórico da Argentina sobre o Chile é muito favorável, são 12 partidas jogadas e oito vitorias portenhas. Nas eliminatórias para a Copa no Brasil a Argentina venceu o Chile por 4 a 1 em casa e por 2 a 1 em Santiago. A seleção terá algumas mudanças Mercado para a lateral na vaga de Zabaleta, Kranevitter substituirá o suspenso Mascherano e Banega entra no lugar de Pastore.

Ismael Schonardie@Ismahsantos
Guilherme Luis@_Guigoluis

Sob forte chuva em Campinas, Ponte joga mal e é derrotada pelo Mogi

Em noite chuvosa em Campinas, em campo alagado do Moisés Lucarelli, a Ponte Preta perdeu para o Mogi Mirim. Com a vitória o time de Mogi sai um pouco do sufoco.

(Foto: GloboEsporte.com)
Com forte chuva a primeira etapa começou às oito e meia da noite, um atraso de uma hora. Pressionado pela zona do rebaixamento o Mogi Mirim foi a campo como se fosse o jogo da vida, e logo aos dezoito minutos do primeiro tempo ficou com um a menos, devido a expulsão do volante Bruninho.

As jogadas tradicionais da Macaca, apostando nos homens de lado e na qualidade de Wellington Paulista na bola aérea, não davam certo. Os laterais Reinaldo e Jeferson não conseguiram explorar a dificuldade de marcação do Sapo da Mogiana. Os comandados de Flávio Araújo deram trabalho ao goleiro da Macaca, que fez diversas defesas ao longo do primeiro tempo.

Depois de uma péssima primeira etapa sem muita ação e com o gramado encharcado, a Ponte voltou com uma mudança: a saída de Jonas e a entrada de Cristian, buscando explorar as lacunas na defesa do time de Mogi. A Ponte Preta voltou também com energia de sobra, isso se provou quando aos quinze minutos do segundo tempo, Alexandro deu um soco em Saimon e foi expulso. Para suprir a lacuna, o técnico Alexandre Gallo trocou Felipe Azevedo, que pouco apareceu, por Clayson.

Pouco tempo depois, uma nova expulsão, dessa vez na equipe do Mogi Mirim. Em uma dura entrada, Gabriel Dias levou o segundo amarelo, foi expulso e assim o time da Mogiana ficou com nove. Porém isto não impediu a vitória do Mogi, que com a entrada de Lulinha no lugar de Keké, abriu o placar e reverteu a drástica situação do Sapo no campeonato. Este resultado jogou a Ponte para o buraco. Agora contra o Red Bull Brasil é vencer ou vencer, se não quiser se complicar na competição e talvez até entrar na zona de rebaixamento.

Escalações:

Ponte Preta: João Carlos; Jeferson (Nino Paraíba), Tiago Alves, Fábio Ferreira e Reinaldo; Jonas (Cristian) e Renato; Felipe Azevedo (Clayson) e Ravanelli; Alexandro e Wellington Paulista. Técnico: Alexandre Gallo

Mogi Mirim: Daniel; Bruno Costa, Renato Santos, Saimon e Alex Reinaldo; Gabriel Dias e Bruninho; Jean Deretti (Gustavo Costa) e Bruno Telles; Keké (Lulinha) e Léo Melo (Roni). Técnico: Flávio Araújo

Curtinhas:

Ponte Preta e Grêmio anunciaram hoje (24) o empréstimo do zagueiro Kadu para a Macaca.

O treinador Alexandre Gallo diz entender a cobrança da torcida e também reclama da apatia da sua equipe.

Ontem (23) foi a estreia profissional do meio de campo Ravanelli (18) em competições oficiais.

Vamos Macaca!

Francisco || @BorjaFrancisco_
Linha de Fundo || @SiteLF

Bahia: Foco no presente e olho no futuro

Quando entrou em campo para enfrentar o Santa Cruz pela última rodada da primeira fase da Copa Nordeste o Bahia tinha muito pouco a perder. Garantido não apenas na liderança do grupo, mas como uma das melhores campanhas do certame, já tinha o mando de campo garantido na segunda partida das quartas de final.  Era jogo para poupar, testar e dar ritmo. Sem divulgação da lista de concentrados e com treino secreto na véspera, não se sabia qual equipe defenderia o Esquadrão. A escalação causou surpresa a muitos, porém reafirmou a política de valorização da base implantada no clube. Olhar voltado para o futuro.

Foto espetacular do grande fotógrafo Will Vieira: Zé Roberto supera críticas e faz gol que garante campanha histórica
Na equipe quatro estreias como titulares: Marlon [lateral zagueiro nascido em 96], Júnior, Luiz Fernando e Itinga [todos nascidos em 96 e com boa participação recente na COPA SP] - apenas o atacante já havia jogado minutos no time profissional. Para completar o time Jean, Dedé, Rômulo e Zé Roberto - reservas que saíram também da base, e os recém-contratados Lucas Fonseca, João Paulo Gomes e Henrique que precisavam recuperar condição física e de jogo.

Como se costuma dizer na Bahia: Um 'catado' para enfrentar um time recém-promovido a serie A e que precisava de pelo menos um empate para garantir a vaga para a próxima fase da competição. Ousadia sim, mas acima de tudo confiança na base.

Time titular com oito jogadores da base. Garotada mostrou entender bem o sistema de jogo de Doriva
Desde os primeiros minutos foi possível observar uma equipe bem postada em campo, minimizando a falta de entrosamento e ritmo de jogo. Doriva recorreu ao 4-2-3-1 bastante usado na temporada, com Rômulo centralizado na linha de meias como de praxe. Organizada e consciente a equipe não se apavorou, garotos mostraram maturidade e veteranos superaram com esforço a falta de ritmo. Longe de uma apresentação brilhante o que se viu foi um time que soube valorizar a posse, acelerou o jogo algumas vezes, mas tinha dificuldades de criar volume ofensivo. Henrique foi muito agudo pela esquerda, enquanto Zé Roberto tentava achar espaço para infiltrar em diagonal a partir da direita.  O empate no primeiro tempo foi bastante justo, o Santa Cruz foi incapaz de achar espaços e pressionar o Bahia o suficiente para incomodar. Aquela altura o empate convinha e a equipe de Martelotte preferia aguardar no seu campo para recuperar a posse e partir no contra ataque. Jogo morno.

O início do segundo tempo foi o período de jogo em que o Santa Cruz se fez mais presente na intermediária ofensiva: Conseguiu avançar um pouco as linhas e criou algumas situações ofensivas; na mais aguda Grafite conseguiu cabecear livre dentro da área, mas errou o alvo. Bahia passou então a substituir os jogadores mais desgastados: Primeiro Lucas Fonseca para entrada do promissor Rodrigo Becão, depois Henrique para a entrada de Moisés na lateral-esquerda - João Paulo Gomes passou a atuar na segunda linha do meio. Marlon - que teve alguma dificuldade na marcação de Keno, o mais agudo dos jogadores do Santa - também acabou pedindo pra sair [passou um período grande afastado devido a lesão]. Mudanças que não mudaram o sistema de jogo nem a postura da equipe em campo.

O empate parecia fadado a seguir no placar e não seria lamentado por nenhuma das equipes. Mas o Bahia não parou de jogar e teve duas grandes chances em cruzamentos saídos do pé esquerdo de Moisés: No primeiro Rodrigo obrigou Tiago Cardoso a uma defesa espetacular. No segundo não teve jeito. Zé Roberto infiltrou na área em diagonal, antecipou a marcação e fez o gol que garantiu a campanha histórica do tricolor baiano: 18 pontos conquistados em 18 possíveis, 100% de aproveitamento, a melhor campanha da história moderna da Copa do Nordeste. Números que podem garantir uma eventual final da competição na Arena Fonte Nova.

Zé Roberto parte da diagonal para a referência atacando o espaço vazio. Não alcançou a bola
Zé Roberto tem sido o jogador mais criticado do atual elenco. Na prática não tem feito bons jogos, não tem uma sequência de boas atuações desde o primeiro semestre do ano passado e ocupa uma vaga que poderia ser de Maxi Biancucchi - que treina separado do grupo aguardando um novo clube. Há justiça em muitas críticas, mas há exagero no posicionamento de parte da torcida: Algumas vaias têm sido direcionadas sempre a ele, desde os primeiros minutos em campo. Para um clube que tem buscado fortalecer a política de aproveitamento e transição da base/profissional essa impaciência é um empecilho. No jogo de ontem jogadores como Luiz Fernando [espetacular atuação] e Itinga passaram por uma prova que lhes trará muito mais confiança no futuro. Assim como Zé eles precisam de apoio e suporte quando chegar o momento em que as coisas não funcionem bem. A crítica deve existir, mas ela não pode ser confundida com perseguição. O presente é importante, mas é o futuro que exige carinho e compreensão.

Jogada se repete no segundo tempo com Moisés fazendo o cruzamento: Melhor posicionado, Zé Não desperdiça 
FICHA TÉCNICA

Bahia 1 X  0 Santa Cruz
Copa do Nordeste – 6ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 23/03/2016
Horário: 21h45
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Rondinelle dos Santos Tavares e Lennon Mccartney Farias (ambos de AL)

Bahia: Jean, Marlon (Jefferson Silva), Dedé, Lucas Fonseca (Rodrigo) e João Paulo Gomes; Júnior Ramos e Luis Fernando; Rômulo, Henrique (Moisés) e Zé Roberto; Geovane Itinga. Técnico: Doriva

Santa Cruz: Tiago Cardoso, Vitor, Leonardo, Alemão e Allan Vieira; Wellington Cézar, Dedé, Leandro Lima (Raniel) e João Paulo; Keno (Arthur), e Grafite. Técnico: Marcelo Martelotte.

ALEX ROLIM - @rolimpato - #BBMP

Equador tenta manter a liderança nas Eliminatórias

O Equador entra em campo nesta quinta-feira (24) para defender a primeira posição das Eliminatórias. Com treze jogadores que atuam fora do país, o treinador Gustavo Quinteros tem esperança que o time conseguirá manter a invencibilidade.

Copa do Mundo 2014
Os vinte e nove nomes que defenderão a liderança do Equador mudaram pouco. Com Frickson Erazo e o meia Juan Cazares do Atlético Mineiro, Gustavo Quinteros falou recentemente que não têm nomes fixos nessa lista já que ele teve problemas com lesões, como Miller Bolaños do Grêmio, e analisou outras possibilidades: "Esta lista de convocados é mais aberta do que nunca porque temos que analisar vários jogadores que hoje, por diferentes motivos, não estão em atividade contínua".

Com uma lista grande de convocados, o treinador equatoriano falou sobre a preparação e como escolherá suas peças: "A intenção de convocar 29 jogadores é para realizar pequenos ciclos de treinamento até que todos estejam presentes, saber exatamente quem chegará ao nível desejado, para ir introduzindo novos atletas no processo".

Líderes invictos das Eliminatórias para a Copa do Mundo 2018, os equatorianos venceram as quatro partidas e esperam continuar com o bom desempenho. Nesta quinta (24), a equipe recebe o Paraguai, quarto colocado, em Quito, e espera um jogo difícil. Já na próxima terça-feira (29), a seleção visita a Colômbia, que ocupa a sétima posição e promete brigar bastante pelo resultado.

Convocados do Equador:

Goleiros: Máximo Banguera (Barcelona-EQU), Esteban Dreer (Emelec-EQU) e Alexander Domínguez (LDU-EQU).

Defensores: Fricson Erazo (Atlético Mineiro), Juan Carlos Paredes (Watford-ING), Walter Ayoví (Monterrey-MEX), Óscar Bagüí (Emelec-EQU), Gabriel Achilier (Emelec-EQU), Jorge Guagua (Emelec-EQU), Arturo Mina (Independiente del Vale-EQU), Mario Pineida (Barcelona-EQU) e Robert Arvoredo (Universidad Católica-EQU).

Meias: Juan Cazares (Atlético Mineiro), Renato Ibarra (Vitesse-HOL), Michael Arroyo (América-MEX), Cristhian Noboa (Rostov-RUS), Antonio Valencia (Manchester United-ING), Pedro Quiñónez (Emelec-EQU), Pedro Larrea (El Nacional-EQU), José Quinteros (LDU-EQU), Álex Bolaños (Aucas-EQU).

Atacantes: Jefferson Montero (Swansea-ING), Enner Valencia (West Ham-ING), Felipe Caicedo (Espanyol-ESP), Fidel Martínez (Pumas-MEX), Jaime Ayoví (Godoy Cruz-ARG), Ángel Mena (Emelec-EQU), José Angulo (Independiente del Vale-EQU) e Joao Rojas (Aucas-EQU)

Mariana Sá || @imastargirl

Qual o substituto à altura?


 Nesses dias vimos muitos rumores da venda do artilheiro Higuain no final dessa temporada após a Série A tim, temos vários times interessados no futebol de pipita principalmente os times ingleses com Manchester United, Chelsea entre outros.


 A grana por Higuain vai ser grande e assim o Napoli tem que achar um substituto que de conta do trabalho, o time de Nápoles demonstrou interesse em Aubameyang, atacante do 
 Borussia Dortmund, é um jogador muito rápido, diferente de pipita.




Algumas sugestões de substitutos



Harry Kane
22 anos
Altura: 1,88m
Time: Tottenham


Harry Kane um grande atacante formado pelo spurs anotando 62 gols em 128 partidas, uma aposta do futebol inglês.








Jonas
31 anos
Altura: 1,81m
Time: Benfica

O ex-gremista é um dos artilheiros da Europa, na carreira tem 217 gols em 448 partidas, sem duvidas é um grande atacante





 

 Paco Alcácer 
22 anos
Altura: 1,76
Time: Valencia 

 Paco alcácer é uma promessa do Valencia um atacante com um bom poder de finalização, baixo pra posição mas é um belo jogador.

Johan Cruyff, a lenda nos deixou

Hoje se foi aquele que inventou o novo modo de jogar futebol, sua técnica é indiscutível, suas frases eram bem pensadas, e seu conceito sobre jogar futebol era incrível. Johan Cruyff foi alguém histórico, um dos maiores. O menino Hendrik nascido em Amsterdã não foi só apenas um jogador, poderíamos falar por horas sobre sua unânime e singular maneira de tratar a bola, de como podia fazer seus adversários pirarem e de como tinha pleno domínio dentro do campo, a faixa de capitão lhe fazia parte do corpo. Jogador revolucionário, tático, ofensivo, coletivo, vistoso e eficiente, inspirou muitos jogadores e treinadores. É difícil descrever o quanto ele fez história para nosso esporte favorito, é complicado especificar seu maior feito.

No Ajax foi onde tudo começou, foi sua casa, seu berço, seus pais trabalhavam no clube, logo aquele ambiente para ele era como seu quintal. Sua mãe insistia para que ele fosse jogar na base do time, pois seria uma ótima maneira de corrigir seus problemas nos pés, pois as próteses já não lhe ajudavam tanto. Sua mãe não mudou só a vida dele, mudou a vida do clube, mudou a vida do país e mudou o mundo do futebol. Cruyff foi o melhor jogador da mais encantadora seleção que já pisou nos gramados revolucionário Holanda de 74. Carrossel holandês que até hoje encanta, tanto estudiosos, quanto crianças. Já não bastava ele ter participado de uma seleção gigante, ele teve influência no atual melhor time do mundo, no Barcelona, nós anos 80 ele incutiu que deveria existir o toque de bola constante e insistiu que desde o juvenil até o profissional tivesse essa mentalidade. A sua metodologia está dando certo até hoje. 

A Holanda de 74, o Barcelona de 2008, o futebol atual que tanto amamos, ele foi o grande culpado, ele transformou o esporte bretão em algo novo, em algo fascinante. O que esse homem fez em vida, se perpetuou na eternidade. Perdemos um dos maiores jogadores, perdemos um dos pais do futebol.

Obrigado Cruyff, você não é dez, você é 14. O futebol agradece pelo que você nos ensinou.

Estamos na final

Estamos na final! Qual foi a última vez que dissemos isso em qualquer campeonato? Carioca de 2012? Muita coincidência ser também a última vez que tínhamos um técnico a altura do Fluminense. Tive a felicidade de ir ao jogo e poder presenciar uma das melhores partidas do Fluminense nos últimos tempos. O placar de 2x2 foi muito mentiroso, uma vez que o Inter mal criou chances no jogo inteiro e achou os gols de falhas individuais.

Fluminensex Internacional  - 23/03/2016
Foto: Nelson Perez-Divulgação FFC
Fomos a campo com a melhor formação dentro da possível. Levir tentou deixar a mesma formação que pretende jogar quando Fred estiver disponível. O problema é que Richarlison continua se recuperando e o substituto do nosso capitão é Magno Alves. Não deu nem 15 minutos de jogo para que eu e vários outros torcedores começássemos a gritar para Culpi tirar o atacante quarentão. Magnata não dominava as bolas, errava passes e acompanhava os ataques de longe. Osvaldo também, até então, estava mal. Disperso na marcação tomou duas bolas nas costas e a segunda resultou no gol do Colorado. Foi à primeira chegada deles com perigo e já marcaram. Felizmente, não nos abatemos com a desvantagem no placar, continuamos com nosso jogo e empatamos ainda no primeiro tempo para dar uma tranquilidade para o intervalo.

Fluminensex Internacional  - 23/03/2016
Osvaldo vai cada vez mais se tornando homem de confiança de Levir. Com dois ontem, com certeza será titular. Foto: Nelson Perez-Divulgação FFC
Na volta para o segundo tempo, Levir ouviu a torcida e tirou o camisa 20. Colocou Marcos Júnior e o time começou a se movimentar mais. Começamos a esticar bolas para a correria dos garotos, mas na maioria das vezes, os passes acabavam sendo compridos demais. Chegamos ao segundo gol com o oportunismo de Osvaldo e parecia que seguraríamos a vantagem tranquilamente até o final da partida só que, faltando cinco minutos para o fim, Cavalieri espalmou um chute para o meio da área e Vitinho marcou mais um. Fomos para as penalidades e finalmente vencemos. Cavalieri se redimiu pegando duas cobranças e agora estamos na final.

Fluminensex Internacional  - 23/03/2016
Cavalieri se esticou todo e nos levou a final. Foto: Nelson Perez-Divulgação FFC
Não posso deixar de elogiar alguns jogadores pela bela partida de ontem: Jonathan foi simplesmente um monstro na lateral; Gum parece estar renascendo das cinzas e até acertar cruzamento ele acertou; Gérson jogou muito bem enquanto teve fôlego e Marcos Júnior que ao final do jogo beijou o escudo e mandou a camisa para a galera.

Que venha o Boavista e, mais importante, o Atlético Paranaense!

Saudações Tricolores

Matheus Garzon

Santa Cruz perde para o Bahia, mas se classifica

Santa Cruz perdeu para o time alternativo do Bahia por 1 a 0, e se classificou para as quartas da Copa do Nordeste na base do saldo de gols.

Jogo bastante disputado na Arena Fonte Nova / imagem: Lúcio Távora/Estadão Conteúdo
Bahia já estava classificado, e aproveitou a situação para poupar todo seu elenco principal, o Santa Cruz jogou com o que tinha de melhor disponível, as ausências foram do meia-atacante Lelê, que ainda se recupera de lesão, e dos recém-contratados, Léo Moura e Uillian Correia, que nem viajaram. A derrota, além de aumentar a pressão em cima do técnico Marcelo Martelotte, mostrou mais uma vez as limitações do time. Atrelado ao fato da classificação, a diretoria entra em um estado de ilusão, pois permanece calada, e sem promover intervenções, e o time continua sem evolução. 

Marcelo Martelotte: "Estou decepcionado com nossa atuação"
O jogo foi horrível, a jogada principal do Santa era a ligação direta, da defesa para o ataque, o time voltou a demonstrar uma extrema dificuldade para acertar passes pelo meio de campo, as laterais não funcionaram, e  o gol que sofremos aos 37 minutos do segundo, foi numa falha da zaga, o lateral João Paulo cruzou pela esquerda, e achou Zé Roberto no meio da defesa, que só fez cabecear para as redes.

O Santa Cruz avançou as quartas de final da Copa do Nordeste com dez pontos, em segundo lugar do Grupo C, e como o segundo melhor entre os segundos colocados, que no caso se classificaram os três melhores. Confira abaixo como ficou a classificação dos segundos colocados:


Melhores momentos:



FICHA DO JOGO: BAHIA 1 X 0 SANTA CRUZ
Campeonato: Copa do Nordeste / 2º Turno / 1ª Fase

Data: 23/03/2016
Hora: 21h45min
Local: Bahia
Estádio: Arena Fonte Nova
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Auxiliares: Rondinelle dos Santos Tavares (AL) e Lennon Mccarteney Farias (AL)
Público: 7.927
Renda: R$ 66.188,55

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Vítor, Leonardo, Alemão e Allan Vieira; Wellington Cézar, Dedé, João Paulo e Leandrinho (Raniel); Keno (Arthur) e Grafite (Bruno Moraes).
Técnico: Marcelo Martelotte
Cartões Amarelos: Leandrinho, Alemão

Bahia/BA
Jean, Marlon (Jeferson Silva), Dedé, Lucas Fonseca (Rodrigo) e João Paulo Gomes; Luiz Fernando, Junior Ramos e Rômulo; Ze Roberto, Henrique (Moisés) e Geovani.
Técnico: Doriva
Gols: Zé Roberto
Cartões Amarelos: Dedé

Sorteio dos confrontos das quartas de finais será nesta quinta (24/03) as 15h, com cobertura em tempo real no Twitter do Linha do Fundo: @SiteLF

Por: Bocão / @_SiilvaSCFC

#VAMOSANTA

←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana