A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sábado, 23 de julho de 2016

Bobeira no final e falha de arbitragem: CRB empata na Curuzu

Primeiro tempo

Jogando em casa, a obrigação era vencer e vencer, e desde os primeiros minutos foi essa a postura do Paysandu na partida, tocando a bola nos dois lados do campo, no meio e tentando finalizar ao gol do Regatas. O Galo não conseguia criar as jogadas, a noite era difícil para os meias de criação. Do outro lado, o adversário chegava com perigo, mas sem finalizar.




O CRB chegava perto do gol através de algumas cobranças de falta e o jogo foi equilibrando. De forma surpreendente, aquele que é difícil de se ver marcando gol abriu o placar. Estávamos no minuto 28, Olívio recebeu a bola na entrada da área, puxou para o meio e bateu forte com a perna direita pra marcar o gol. Aos 32', uma cena inusitada, Emerson chutou a bola nas costas do atacante Zé Carlos e ela acabou entrando no gol. Jogadores e comissão técnica do CRB pediram o gol no lance, mas o árbitro viu falta do atacante regatiano. Sem mais sustos, o primeiro tempo foi se encaminhando para o fim, vitória parcial do Galo por 1 a 0.


Segundo tempo


Segurando a bola e investindo nos contra-ataques, o CRB tentava administrar a partida para sair com a vitória. O Paysandu chegava com mais força e aos 4 minutos, no bate-rebate dentro da área do Galo, Domingues chutou forte e a bola bateu no travessão. 
O Alvirrubro alagoano se aproveitava dos contra golpes com os meias tentando criar as jogadas que ainda não eram muito bem aproveitadas.

Aos 18 minutos, Zé Carlos deixava o campo para a entrada de Neto Baiano, que em dois minutos marcou seu primeiro gol pela Série B. Aos 21', em cruzamento de Róger Gaúcho, o atacante se antecipou aos demais defensores e colocou a bola para dentro. Coitado do goleiro do Papão, estava com mais de mil minutos sem tomar um gol e o CRB vem e lhe prega dois. 

Aos 24 minutos, Luidy deixou o campo, sem muito destaque na partida, e Welinton Júnior foi o substituto. Aos 35', Galdezani derrubou Celsinho na área e pênalti para o Paysandu. Leandro Cearense bateu no canto direito de Júlio César, que havia caído pro lado esquerdo, marcando CRB 2 a 1 Paysandu. Já no final do jogo, aos 40', Welinton Júnior e Gilvan discutiram e foram expulsos de campo.


O Paysandu pressionava, errava passes, tentava construir suas jogadas, mas nada acontecia. No final, foram adicionados quatro minutos de acréscimo. Uma pressão sem fim, a defesa regatiana afastava tudo que podia, até que, aos 45 minutos, em cruzamento na área, Leandro Cearense cabeceou e Júlio César foi buscar a bola no ângulo, evitando o gol de empate na Curuzu. Porém, de nada adiantou, já que Domingues recebeu a bola aos 47' dentro da área e marcou o gol de empate. Paysandu 2 a 2 CRB.


Fim de papo


Agora o CRB volta para Maceió, onde vai enfrentar na próxima sexta-feira (29) a equipe do Brasil de Pelotas no Estádio Rei Pelé. O Galo foi para os 32 pontos, caiu para a terceira posição e fica à 6 pontos do Criciúma, quinto colocado da competição.

A volta dos que não foram

Criciúma 3 x 2 PARANÁ

Ela está de volta. Começo a me perguntar se alguma vez ela esteve realmente ausente. Será que foi somente uma breve interrupção para que nós, Paranistas, nos enchêssemos de esperança quanto ao ano do Paraná Clube? Será que sempre ficaremos entre ilusões e desilusões? Será que ela nunca vai nos deixar? O seu nome? Zica.

A história de desta sexta foi parecida com o confronto diante do Ceará no ano passado, quando ganhávamos de 3 x 2 com um hat-trick do (MITO) Carlão e tomamos a virada nos minutos finais. O que ocorreu em Criciúma é inexplicável. É inacreditável. É bizarro. É triste. E infelizmente é essa a história recente do Paraná Clube.
 
É Henrique... É difícil de acreditar...
No jogo, Robson abriu o placar antes dos 10 minutos, em um belo passe de Nadson. No segundo tempo, bela roubada de bola de Jean e o passe para Robson dividir com o goleiro e marcar sem querer seu segundo gol na partida e do Tricolor. Nos últimos 15’, voltou quem não devia. Gustavo, aos 32’ e aos 45’, e Ricardinho (maldita lei do ex) aos 47’ viraram a partida. Três gols que acabaram com a noite de todos os Paranistas. Três gols que punem uma torcida que não merece. Três gols que doem.

O próximo confronto Paranista é no próximo sábado (30/07) contra o terceiro colocado, Ceará, na Vila Capanema. Espero que fique muito tempo sem precisar dar mais desabafos como esse. Espero que essa "facada" sirva de lição para voltarmos ainda mais fortes, pois como o hino já diz: "Paraná és guerreiro valente".

Fellipe Soares || @_FellipeS
#PRaCima

Uma carta de agradecimento

Para quem não teve a honra de conhecer o trabalho do Artur, vou tentar resumir ao máximo para vocês. Ele foi o responsável por cobrir o Cruzeiro por 19 anos na rádio Itatiaia e olha ele foi um dos poucos que estava do lado celeste.

Natural de Cabo Frio (RJ), Artur já trabalhou nas rádios de Manhuaçu, Difusora e Cultura, de Campos (RJ). Foi contratado pela Itatiaia em 1996, por Osvaldo Faria e Emanuel Carneiro. Osvaldo foi o encarregado de descobrir o talento de Artur enquanto ouvia a rádio Manhuaçu.

Artur foi adotado como padrinho da torcida do Cruzeiro e ainda teve a honra de receber um apelido carinhoso pelos funcionários da rádio Itatiaia: "Artur Moraes Manhuaçu". Como esquecer desse detalhe? 


E a resposta é não, se por algum momento você pensou que ele iria se aposentar, ele está firme e forte em busca de novas experiências e adivinha quem não vai perder a oportunidade de acompanhar seu próximo passo? Isso mesmo, todos nós cruzeirenses.

Ao Artur Moraes, meu eterno agradecimento por sempre representar o Maior de Minas em sua gloriosa jornada e obrigada por ser uma grande inspiração para aqueles que desejam serem grandes profissionais. Com você aprendemos que correr atrás de um sonho é e sempre será válido e que a recompensa, por mais que demore, chegará, tudo dependerá da sua força de vontade. 

São apenas palavras que não demonstram nem a metade de sua importância, mas saiba que você, Artur Moraes, sempre estará em nossos corações celestes, como um grande vencedor. E que nessa nova jornada da sua vida determinação, perseverança e fé sejam seus principais aliados. Um grande abraço de uma eterna admiradora do seu trabalho e sem dúvida pelo glorioso Cruzeiro Esporte Clube.

Paula Fernandes- @Paulinha_CEC

Chuck Norris Rodada 16: Haciendo historia

CRISE. Eis a tenebrosa realidade que se abateu sobre o Chuck Norris após as pontuações das rodadas 14 e 15: menos de 80 pontos nas duas SOMADAS, uma queda de rendimento de quase 50% - o que fez a central de boatarias até cogitar a troca do comando técnico do time mais ousado e simpático do Linha de Fundo.

A diretoria preferiu prestigiar o colunista que vos escreve, diante da promessa de reação rápida e consistente já nessa rodada. Para tanto, resolvi seguir algumas máximas que foram abandonadas pelo pragmatismo excessivo e pela pressão do alto desempenho. Sem deixar de ser intrépido e destemido, o time dessa rodada aposta no favoritismo óbvio da dupla Flamengo e Corinthians (porém sem exagerar), na implacável LEI DO EX e em um ataque SUDACA. Vamos ao Esquadrão que atingirá os três dígitos nessa rodada:

PREÇO: 151,08     ESQUEMA: 4-3-3

Cavalieri [Fluminense] - Duas rodadas seguidas NEGATIVANDO com o goleiro - justamente a posição de melhor desempenho do Chuck no ano - e foi identificada a causa matriz da queda: apostar em goleiro que joga em casa atrás de SG é FURADA. Voltamos à estratégia antiga,buscar pontos atrás de DD's. Melhores goleiros para isso nessa rodada são Vanderlei e Cavalieri. Como o ataque do Furacão, que enfrenta o Flu, tem sido ANÊMICO na Arena da Baixada, nosso goleiro será o MITO de 2012 e que já fechou a meta duas rodadas atrás fazendo 20 pontos. Metade disso nesse fim de semana estará ótimo. 

Wellington Silva [Fluminense] - Lateral com média de roubadas de bolas superior a duas por jogo, indíce excelente para quem joga na última linha. Volta a jogar pelo lado direito, sua posição original. Pouco cogitado na rodada, tem potencial para surpreender e ser o diferencial do time.

Geromel [Grêmio] - É um dos jogadores mais escalados pelo Chuck na temporada e esteve cotado para voltar na rodada passada. Como tinha um confronto desfavorável (algo que se confirmou na derrota de 4x2 para o Sport) e voltava de contusão foi preterido. PERDÃO, MITO. Foi o maior pontuador da rodada, meteu dois gols e roubou CINCO bolas. Não precisa nem repetir o desempenho, se fizer a metade estará mais que suficiente. Ainda tem uma vantagem: aquele seu rival do mata-mata ZÉ CARTOLETA não o escalará com medo de desvalorização.

Wallace [Grêmio] - Como assim você não escalará RÉVER? Pois é, não vou não. Por dois motivos: para não sobrecarregar o Chuck com jogadores de poucos times e porque Réver não deve ter muito trabalho no jogo, pois a tendência é o Flamengo dominar a partida. Diferente de Wallace, que volta em uma partida complicada e que tem histórico de pontuar bem nesse tipo de confronto. Aposta defensiva que, espero, dê retorno positivo.

Jorge [Flamengo] - Os laterais arrebentaram na última rodada - o que foi ruim pois apostamos no 3-4-3. A volta ao 4-3-3 se justificaria apenas pela escalação de Jorge nessa rodada: apoia bem demais, participa muito do jogo e é o lateral que mais rouba bolas no campeonato. 

Giovanni Augusto [Corinthians] - Foi o primeiro a marcar na Arena Corinthians jogando pelo... Figueirense. A LEI DO EX é forte aqui. Além do mais, Giovanni está devendo uma grande atuação nesse Brasileiro. Chegou a hora.

Camilo [Botafogo] - Falando em LEI DO EX... Camilo se destacou na Chapecoense de 2014 e 2015 e conhece cada atalho da Arena Condá. Com os desfalques de Pimpão e Sassá, Camilo deve jogar mais próximo ao ataque - perto do gol -,  o que é ótimo para os cartoleiros. E a Chape de Caio Junior é a menos ameaçadora dos últimos anos em casa.

Arrascaeta [Cruzeiro] - Hablas castellano, cartojeiro? A partir daqui começa o IMPÉRIO SUDACA do Chuck para esta rodada. Arrasca é figura carimbada do nosso time, não precisa justificar. O uruguaio é o líder ofensivo de um Cruzeiro inconsistente e em reconstrução, mas com muitas novas opções ofensivas e que tem confronto favorável contra uma defesa não confiável.

Romero [Corinthinas] - Atravessamos a fronteira e recrutamos o paraguaio Romero para o ataque. O corintiano é brigador, sofre muitos faltas e é letal finalizando. Com um centroavante de ofício no ataque, deve sobrar espaço para Romero encontrar brechas na defesa e deixar pelo menos um golzinho. É uma das UNANIMIDADES da rodada.

Guerrero [Flamengo] - Até o GOLEIRO do América-MG vai escalar o peruano nessa rodada. Voltou com outro astral da Copa América e o Flamengo de Zé Ricardo tem sido mais solidário com o atacante rubro-negro que o de Muricy. Impossível deixar fora do time, ainda mais que agora chegou um reserva de nome para pressioná-lo.

Ábila [Cruzeiro] - Estava faltando um argentino nesse CONCÍLIO sulamericano. Não falta mais. Ábila e Sóbis fizeram a quantidade de finalizações do Cruzeiro disparar nas últimas três partidas - uma pela Copa do Brasil -, quando Ábila marcou seu primeiro gol pelo time mineiro. Contra a segunda pior defesa do campeonato (empatado com a Chapecoense), o centroavante deve fazer valer sua presença de área e faro de gol, o que foi determinante para ele ganhar a posição de Sóbis no ataque do Chuck. Também está no parceiro XEPA LF FC.

Zé Ricardo [Flamengo] - O usual é escalar o técnico do time que enfrentará o lanterna disparado da competição, principalmente quando joga em "casa". O time mineiro estreará técnico novo, isso é um risco, mas ainda assim o favoritismo do Flamengo justifica a escalação. 

ALEX ROLIM - @rolimpato - #BBMP
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana