A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sábado, 15 de outubro de 2016

Zé Carlos decide, e o Galo vence por 2 a 1

Vasco e CRB foram à campo na tarde deste sábado pela 31ª rodada pelo Campeonato Brasileiro de 2016 - Série B. As equipes haviam se enfrentado no primeiro turno, e Zé Carlos não estava em campo, apenas fazendo sua estreia no jogo seguinte contra o Joinville, em Santa Catarina. 

Primeiro tempo

Parecia um jogo mais fácil para o Vasco na primeira etapa, e foi. A equipe cruz-maltina foi criando chances, controlando a posse de bola, e definindo o ritmo de jogo. O Galo conseguia afastar o perigo, mas mesmo assim "dava" a bola ao adversário. Gabriel, hoje capitão, foi um líder na parte defensiva, auxiliando seus jogadores. Juliano aplicou belas defesas, difíceis por sinal, e evitou a equipe carioca abrir o placar.


Imagem: GloboEsporte

Sem chegar muito na linha de fundo, o Galo arriscava lançar a bola do meio-campo para a área, e em um lance de pura técnica, Zé Carlos recebeu cruzamento de Marcos Martins, dominou e finalizou com estilo no canto esquerdo de Martín Silva, que pulou, mas não conseguiu evitar que a bola beliscasse a trave e fosse para o fundo do barbante no minuto 37'. Galo 1 a 0.

Gérson Magrão, em lance de velocidade pela esquerda, onde poucas vezes se viu acontecer, chegou na linha de fundo e efetuou um cruzamento de pura precisão na segunda trave. Lá estava Zé Carlos, que cabeceou como se fosse um chute, ampliando o placar do Regatas no Rio de Janeiro no minuto 48'. CRB 2 a 0.

Segundo tempo

Houve muitas oportunidades do CRB ampliar o placar na segunda etapa, mas o último passe não saia perfeito. Zé Carlos teve duas oportunidades, mas não conseguiu marcar de novo. Róger Gaúcho, Bocão e Neto Baiano entraram no segundo tempo no lugar de Peri, Zé Carlos e Marcos Martins. 

No fim da partida, o Vasco chegou ao gol de honra. Nenê cobrou escanteio pela esquerda, Madson desviou e Éderson finalizou com a perna direita, e contou com a infelicidade de Diego que desviou a bola para o gol. Fim de jogo, Vasco 1x2 CRB.

Próximo compromisso

Agora o Galo volta à Maceió, descansa e aguarda alguma posição da diretoria e STJD para tentar conseguir um efeito suspensivo ou algo relacionado para liberar o volante Olívio para o restante da Série B. O jogo do próximo sábado é contra o Joinville na atual rodada venceu o Paraná por 1 a 0 em casa.

Unanimidades #31

"O que é, o que é? Clara e salgada, cabe em um olho e pesa uma tonelada.Tem sabor de mar, pode ser discreta, inquilina da dor, morada predileta. Na calada ela vem, refém da vingança, irmã do desespero, rival da esperança. Pode ser causada por vermes e mundanas" e cartola...



Primeiramente pra quem se perguntou dessa letra é uma musica do Racionais, "Jesus Chorou". Depois desse desabafo quero pedir minhas mais sinceras desculpas por postar o nosso querido Unanimidades aos 90' do segundo tempo e também pelas apostas que foram simplesmente horríveis, nem vou comentar a média dos jogadores ninguém fez mais do que dois pontos.

Para essa rodada preparei mais três apostas:

Gustavo Scarpa: O ponta que atua no time das laranjeiras vai receber o desestabilizado São Paulo e tem tudo para fazer uma ótima partida e desequilibrar, ele tem cadeira cativa no Unanimidades e no time dos cartoleiros também.



Diego Souza: O meia artilheiro jogando em casa com casa cheia mita sempre. Nem preciso dizer o quantos esse jogador vai ser escalado, né?



Marlone: Simplesmente o melhor jogador do Corinthians nesse campeonato, que busca a recuperação na elite brasileira e pra isso vai receber o lanterna. Duelo perfeito pra apostar nele.


 

 Que a sorte esteja com vocês 

@gabrielcec__

Chuck Norris #31: A arrancada final


Senhoras e Senhores, perdoem o Alex que deu aquele MIM ACHER fervoroso e só voltará semana que vem para dar as dicas.

Enfim, VOLTAMOS A MITAR e agora é a hora do SPRINT FINAL. Faltam poucas rodadas e o sonho de ficar entre os mil primeiros colocados continua firme e forte.

Com mais de oitenta pontos na última escalação, decidimos manter a comissão técnica do Chuck Norris LF intacta.

Para seguir no #RumoAo1000 , montamos uma equipe de qualidade;  Uma aposta na zaga, uma meiuca criativa e um ataque ousado. Eis, o ESCRETE:











Wilson – Goleiro
“Todo bom time precisa de um ótimo goleiro” é uma das frases mais certas do Futebol. O arqueiro mais regular do campeonato, destaque na má e boa fase do Coritiba, Wilson terá um clássico pela frente. Esperamos algumas DD’s.

W.Silva- Lateral
Mesmo sendo um dos alvos da torcida tricolor no último jogo, W.Silva tem total aval do Chuck Norris. O Fluminense encara o desesperado São Paulo, que jogará fechadinho. Com isso, a equipe carioca precisará muito dos seus laterais.

Jorge – Lateral
Nós sempre apostamos em um “Diferentão”, e o de hoje é Jorge. Mesmo fora de casa, o Flamengo vai para o ataque diante do Internacional, que sofre com a ameaça de rebaixamento.

Réver – Zagueiro
Seguro, Réver é um dos melhores zagueiros desse Brasileirão. Jogando contra o seu ex time, vamos ver se a lei do Ex impera no Beira-Rio lotado.

Henrique – Zagueiro
Um dos pivôs da maior confusão do Brasileirão até agora, Henrique foi o escolhido para formar a dupla de zaga com outro envolvido em polêmica. Esperamos o arriscado SG do Flu.

Guilherme – Meia
O Corinthians vai pegar a baba (todo respeito ao Coelhão) do Campeonato. Enquanto todos vão de Marlone, o CN vai de GUILHERME! Depois não pode vir aqui reclamar de “Gol do Guilherme, tenho Marlone”.

Scarpa – Meia
Vai e vem, Scarpa aparece aqui na meiuca do CN. Um dos destaques do campeonato, o jovem jogador tricolor quase sempre é certeza de boa pontuação jogando em Edson Passos.

Diego Souza – Meia
Tentando escapar da ameaça de rebaixamento, o Sport conta demais com a atuação de Diego SHOWZA. O Leão da Ilha não pode nem pensar em empatar com o Leão de Salvador. Jogo do desespero, pressão, torcida inflamada, nervos a flor da pele.. O PAI GOSTA DESSE ESTILO DE JOGO.

Abila – Atacante
Apesar de falarmos que o cruzeirense Àbila não voltaria ao CN, pensamos melhor e daremos a última oportunidade ao goleador. O Cruzeiro precisa da vitória e vai enfrentar uma Chapecoense com o pensamento distante do Brasileiro.

Roger – Atacante
Outro atacante que terá, a princípio, vida fácil nessa rodada. A Ponte Preta ainda sonha com o G6, e vai precisar dos gols de Roger, diante de um Santinha desesperado.

Ricardo Oliveira – Atacante
Ricardo Oliveira é meu Pastor, e gol não faltará. Abençoe a gente, Pastor.

Levir Culpi – Técnico
Técnico do time que tem mais jogadores escalados no Chuck Norris.




Abçs, Galera,

Matheus Freitas  @_MFreitas9_

Alex Rolimpato  @rolimpato


Linha de Fundo  @SiteLF

Paysandu mantém sua sina e perde mais uma fora de casa

Na noite desta sexta-feira (14), o Paysandu, até então 14° colocado, enfrentou o Atlético-GO, líder do Campeonato, no Olímpico, buscando deixar o Z4 ainda mais longe. A tarefa não seria fácil e boa parte dos torcedores já previam o pior.

No começo da partida, o time goiano demonstrava uma superioridade e buscava mais o jogo, entretanto, a defesa do Paysandu estava atenta e impedia as investidas do clube da casa. Com o decorrer do tempo, o alviazul foi melhorando em campo e teve o primeiro lance de real perigo no jogo, quando aos 24', Tiago Luís foi lançado na entrada da área, tentou o drible em Kléver e o goleiro rubro-negro botou a mão na bola fora da área, fazendo falta. Logo depois, Tiago Luís cobrou bem e por pouco não abriu o placar, Kléver teve de se esticar todo para tirar o perigo.

A resposta do Atlético-GO veio aos 28', quando Júnior Viçosa levantou na área e Luiz Fernando cabeceou para o gol, mas viu o goleiro Emerson, atento, fazer a defesa. Doze minutos após o lance, Matheus Ribeiro foi lançado na área e tentou cruzar fechado, dessa vez, Emerson se atrapalhou e espalmou para dentro do gol.

O empate do Papão veio ainda no primeiro tempo, com um golaço de Tiago Luís, que de uma longa distância, chutou e acertou o ângulo. A virada quase aconteceu aos 46', mas João Lucas acabou acertando a trave.

No segundo tempo, o Atlético voltou a ficar na frente no placar logo aos 6', quando Matheus Ribeiro chutou de fora da área e marcou um golaço. Depois disso, o time mandante passou a fechar mais seu time, dificultando as investidas do Paysandu, que só levou grande perigo aos 19', em cobrança de falta de Tiago Luís, que fez Kléver defender em dois tempos.

O time visitante tentou sair para o jogo, buscar o empate, colocou em campo jogadores que trariam mais velocidade para a equipe, porém esbarrou na forte marcação do adversário e não conseguiu mudar o placar.

Palavra da colunista: Antes do início da partida, os torcedores já esperavam um resultado ruim, mas com o andamento do jogo, o contexto mudou e o placar final acabou não sendo condizente.

O primeiro tempo do Paysandu foi totalmente superior ao segundo, buscou mais e jogou muito mais. Teve oportunidade de ficar na frente e de dificultar ainda mais o jogo do Atlético. Já no segundo, o time não conseguiu manter a qualidade do primeiro e acabou sofrendo com isso.

Rodrigo Andrade, que tem sido muito elogiado pela torcida, acabou tendo uma atuação muito abaixo do esperado, falhou no primeiro gol e no segundo, virou de costas para Matheus Ribeiro, que facilmente pôde chutar.

Xepa LF - #31

      Fala, Cartoleiros e Cartoleiras

Senhoras e Senhores, meninos e meninas, quanta honra estar com vocês, brincar com vocês, mitar com vocês.









Começo já pedindo desculpa por seguir o exemplo do Cazáres e dar um MIM ACHER, ontem,e não poder ter feito o Xepa na famosa Sexta-Feira.

Fora isso, vocês estão sentindo o cheirinho de G5? SIM! Diminuímos alguns míseros pontinhos em relação ao quinto colocado da Liga Linha de Fundo, e agora, estamos a 30 pontos de distância.

Nessa rodada, o Xepa fez 49 pontos com duas ausências muito sentidas (Cazáres e Gabriel), o que não nos levou a uma mitagem, tal qual a do Chuck Norris LF, que enfim, deixou a zica para lá.

Então, sem mais delongas, vamos ao que interessa!


                                                            XEPA LF







Magrão – Goleiro
O jogo dos desesperados. Sport x Vitória é aquela partida de 300 pontos. Tendendo a ser um confronto aberto, com muitas chances, os goleiros poderão se sobressair diante dos atacantes.

Reinaldo – Lateral
Um dos melhores laterais do Cartola, nunca decepcionou o Xepinha, mas mesmo assim não evitou sua ausência aqui. Diante do Santa Cruz, quase rebaixado, Reinaldo parece ser a solução dos seus problemas na lateral.

Lucas – Lateral
Aquele que já foi um dos nomes certos na lateral em outros tempos, hoje Lucas é o mais barato deles, entretanto, não quer dizer que não tem chances aqui. O Cruzeiro enfrenta a Chape, esta que só pensa no jogo de Quarta, contra o Junior Barranquilla. Ótima aposta para SG.

Balbuena e Pedro Henrique – Zagueiros
Virou moda colocar os dois zagueiros dos times que jogam contra o América Mineiro, que já está mais para lá do que para cá. A tática vem dando certo, e como em time que vem ganhando não se mexe, vamos apostar novamente.

Marlone – Meia
O destaque do Timão nesse segundo turno. Voltou a joga bem e comandar o time do Corinthians. Com treinador novo, todos vão querer mostrar serviço e nada melhor do que enfrentar o último colocado, em casa.

Scarpa – Meia
Mais uma vez um meia Carioca não “Scarpou”. Quando não é Diego, é Camilo ou Scarpa. O jogo do Fluminense é contra o São Paulo, e o tricolor do Rio vem mordido após a confusão no clássico.

Diego Souza – Meia
Jogo em Hellcife?  DIEGO SHOWZA NELES!

Abila – Atacante
Depois de várias oportunidades não aproveitadas, esta é a última chance ao Ábila. Agora é a hora, não pode decepcionar.

Roger – Atacante
Apesar de ter feito uma pontuação muito fraca na última rodada, insistiremos no goleador da Ponte. Novamente jogando no Moisés Lucarelli, então não pode nos frustrar seguidamente.

Ricardo Oliveira – Atacante
Completando a lista dos atacantes que vem dando desgostos nas suas últimas aparições no Xepinha, o nosso Pastor é a esperança do milagre da reabilitação com o nosso time.

Oswaldo Oliveira – Técnico
Mais jogadores mais escalados de um time, escolha o técnico desse time.



             Com esses jogadores, com esses mitos, O XEPA VAI MITAR!!!



Abçs, Galera,

Matheus Freitas  @_MFreitas9_


Linha de Fundo  @SiteLF

Luisão classifica Benfica no apagar das luzes

"Não foi um golo de raiva, foi de satisfação" - Luisão (Fotos: Gustavo Bom/Global Images)


O Benfica estreou nesta sexta-feira (14) na Taça de Portugal, em jogo a contar pela terceira eliminatória da Taça de Portugal, o capitão Luisão marcou um gol no último minuto dos acréscimos e sacramentou a vitória e classificação benfiquista diante do 1º de Dezembro, equipe que disputa o Campeonato de Portugal, torneio que equivale à terceira divisão nacional. O outro gol benfiquista no jogo foi marcado pelo brasileiro Danilo, na sua estreia em jogos oficiais.

O jogo começou como de praxe, o Benfica utilizando a equipe reserva/mista, assim como todos os times da primeira liga fazem. O que os encarnados não imaginavam era que o 1º de Dezembro ia oferecer tanta resistência e até causar sustos, o primeiro tempo amarrado foi salvo graças a jogadas individuais de Cervi, Zivkovic, Carrillo e Zé Gomes. Pois, mesmo com mais posse de bola, a equipe de Sintra sabia o que fazer para marcar por zona e anular os homens de vermelho.

Danilo marcou na estreia em jogos oficiais
Para o segundo tempo, algumas alterações foram feitas. Gonçalo Guedes foi o primeiro a entrar no lugar de Carrillo, e a mobilidade do miúdo logo fez efeito, a agilidade do camisa 20 do Benfica ajudava a desmontar a forte retranca do 1º de Dezembro, logo aos 5 da etapa final saiu o gol, após uma falta, o goleiro da equipe de Sintra afastou e a sobra ficou com Lisandro que assistiu Danilo que driblou dois adversário e ficou livre pra chutar cruzado e abrir o marcador. 1 a 0 Benfica.

O gol que demorou a sair, parecia ter aberto caminho para uma goleada, mas o Benfica perdeu algumas chances suscetivas até que aos 15 minutos da segunda etapa, Ederson comete pênalti em Diallo, que Águas sem problemas converte, era o empate do 1º de Dezembro. 1 a 1.

Até o fim do jogo, foi uma vergonha, sério mesmo. Eu particularmente odeio chegar a este tipo de abordagem nos meus textos, mas o que a equipe de Sintra abusou de parar o jogo tanto com faltas violentas nos jogadores encarnados, quanto por cera em poucas faltas que o Benfica fazia, pois o mesmo tinha pressa para fazer logo o gol, foi algo absurdo. O Benfica tinha toda a posse, e o 1º de Dezembro só queria o empate para ir para a prorrogação e pênaltis se necessário. Mas o Benfica tem Luisão.

O árbitro, deu 6 minutos de acréscimo. e aos 95:44 após escanteio vindo da esquerda, Luisão subiu mais alto que todos e fez o segundo gol da partida e classificou o Benfica para a 4ª eliminatória da Taça de Portugal, seguimos fortes. #RumoAoJamor

 
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana