A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sábado, 29 de outubro de 2016

Na esperança que o Cruzeiro reencontre seu futebol

Nosso maior desafio para essa partida era tentar por um segundo esquecer o vexame de quarta-feira e tentarmos nos livrar de vez do rebaixamento. O confronto entre Cruzeiro e Atlético-PR tinha grande importância, pois com uma vitoria celeste, poderíamos nos afastar de vez da segunda divisão, porém parece que a Raposa gosta de dificultar as coisas e por isso a luta irá continuar até o final do campeonato.

Novamente o Cruzeiro entrou em campo com um time reserva que representa muito bem o titular, isso é o que mais vem incomodando o torcedor cruzeirense. Queremos apenas um time que dê a vida pelo Cruzeiro. Uma derrota nunca será aceitável, isso é um fato. Poupar o time titular não parece o correto. Certo seria poupar o torcedor de um futebol medíocre.


O Maior de Minas, já volta em campo na quarta-feira (02) dessa vez jogando pela Copa do Brasil, a classificação parece distante da equipe mineira, todos nós sabemos das circunstâncias e a maneira que o futebol é imprevisível e existe um ditado que fala que a esperança é a ultima que morre. 

@Cruzeiro
Sobre o jogo, a Raposa fez um primeiro tempo apático, era visível a falta de vontade dos jogadores, que pareciam que apenas um empate iria satisfazer. O único gol da partida foi contra, marcado pelo zagueiro Manoel. Alguém explique para o zagueiro cruzeirense o verdadeiro significado da lei do ex, que por sinal era para nos favorecer e não ajudar o rival.

Diferente da primeira etapa, o segundo tempo conseguimos ver um Cruzeiro mais eficiente, com mais volume de jogo, entretanto faltou àquela famosa qualidade técnica, e o mais importante que era o gol ninguém fazia.

 O Cruzeiro teve oportunidades com bola na trave e algumas jogadas ensaiadas, escanteios, faltas. Praticamente dominamos a etapa complementar, a Raposa estava mais perto de conseguir um empate, do que Atlético-PR fazer o segundo tento. Bruno Ramires, por exemplo, teve pelo menos três boas chances de ajudar o Time do Povo.

E mais uma vez, fomos crucificados pelas falhas individuais. Chega a ser frustrante viver um ano como esse, não condiz com a história do Cruzeiro Esporte Clube.

Paula Fernandes / @Paulinha_CEC

Lyon voltar a vencer e afasta a crise

No último sábado (29), o Lyon visitou o Toulouse no Stade Municipal em confronto válido pela décima primeira rodada da Ligue 1. O jogo marcou a volta da dupla Fekir e Lacazette.

A dupla de muito sucesso em 2014/15, Fekir e Lacazette, voltaram a jogar juntos hoje. (Imagem: L'equipe).
O time da casa começou dominando as ações e pressionando o Lyon, mas foi o visitante que abriu o placar. Aos 15 minutos da primeira etapa, Sylla cometeu um pênalti em Lacazette, o atacante não titubeou e fez Lyon 1-0.

Diferentemente das outras partidas longe de seus domínios, o Lyon ao invés de propor o jogo, esperava o adversário e abusava da velocidade de Cornet e Fekir.

Taticamente, o Lyon com a bola, jogava no 4-2-3-1, com Gonalons e Tolisso no meio campo, Cornet e Ghezzal nas pontas e Fekir como meia encostando-se a Lacazette. Sem a bola, o Lyon variava para o 4-2-2-2, com Fekir e Lacazette no ataque, que pressionavam a saída de bola do adversário.


Em uma falta cometida por Rafael em Bodiger, o Toulouse alçou a bola na área e marcou o gol de empate com o zagueiro Julien, aos 26 minutos do primeiro tempo.

Após o gol de empate, o Toulouse voltou a pressionar o Lyon (como no começo da partida). Foram várias chances criadas, porém mal finalizadas. O Toulouse chegava, mas não marcava.

No segundo tempo, o jogo ficou muito truncado e pouco jogado, o Lyon tentava trocar passes e progredir, porém parava na força física do meio campo do adversário.

Na metade do tempo complementar, Tolisso deu um belo passe para Lacazette, que driblou o jovem goleiro Alban Lafont e fez o seu segundo na partida, Lyon 2-1.

Aos 75 minutos, Rafael entrou deslealmente em Trejo, o lateral brasileiro levou o segundo amarelo e foi expulso.

No final do jogo, o zagueiro Argentino Emanuel Mammana, sentiu uma lesão e foi substituído por Mapou Yanga M'Biwa.

Com a vitória o Lyon foi aos 16 pontos e está na oitava colocação, à sete pontos do PSG e à dez do líder Nice. A próxima partida do Lyon no Campeonato Francês é contra o Bastia, no Parc OL.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana