A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Roma vence o clássico e a freguesia continua

No último domingo a Roma enfrentou a Lazio no Stadio Olimpico di Roma. O time azul foi o mandante do Derby della Capitale, mas quem levou os três pontos foi a squadra Giallorossa, com uma vitória por 2 a 0. 


foto: asroma.com

O holandês Kevin Strootman e o belga Radja Nainggolan foram os responsáveis pelo placar e pela manutenção da freguesia, afinal são 5 vitórias romanas e 3 empates nos últimos oito clássicos. Tratando-se somente da Serie A Italiana, essa foi a partida de número 147 entre as equipes. Agora são  53 vitórias da Roma, 37 vitórias da Lazio e 57 empates. Incluindo a Coppa Italia, cada time soma 3 vitórias a mais.

O jogo

O jogo começou equilibrado com as duas equipes criando chances. Com os laterais brasileiros Bruno Peres e Emerson Palmieri, a Roma tentava chegar na velocidade, enquanto a Lazio buscava sair nos contra-ataques. Aos 29', o árbitro Luca Banti fez uma lambança. Ele marcou falta de Biglia em Bruno Peres perto área. Na sequência, mudou de opinião e marcou pênalti. Mas voltou atrás novamente e marcou somente falta.

As duas equipes continuaram criando chances, mas o gol saiu somente na segunda etapa. Aos 19', Wallace foi driblar na entrada da área e perdeu a bola para Strootman, que ficou cara a cara com o goleiro Marchetti. O camisa 6 tocou com categoria por cima do camisa 22 e abriu o placar.  No minuto seguinte, outro defensor da Lazio resolveu aparecer negativamente. Danilo Cataldi, que estava no banco de reservas, empurrou o autor do gol e foi expulso. Aos 32, o ninja Radja Nainggolan selou a vitória com um chute de longe, fazendo Lazio 0x2 Roma. 

E a freguesia continua... Com o resultado, a Roma permanece na cola da Juventus. Com 32 pontos, o time da capital está há 4 da líder. Na próxima rodada da Serie A, a Roma recebe o Milan, no mesmo Stadio Olimpico. A partida acontece em uma segunda-feira, dia 12 de dezembro.


1. Juventus 36
2. Roma 32
3. Milan 32
4. Lazio 28
5. Atalanta 28
6. Napoli 28
7. Torino 25
8. Fiorentina 23
9. Sampdoria 22
10. Internazionale 21
11. Genoa 20
12. Cagliari 20
13. Chievo 19
14. Udinese 18
15. Sassuolo 17
16. Bologna 16
17. Empoli 10
18. Pescara 8
19. Crotone 6
20. Palermo 6


Arthur Godioso - @arthurgodioso

Tudo voltando ao normal no Britannia Stadium

No último sábado (03), o Stoke City recebeu o Burnley, no Britannia Stadium, em jogo foi válido pela 14ª rodada da Premier League. Os Potters jogavam para manter a boa fase e dar continuidade a sequência positiva. Todos no elenco sabem que o time possui peças invejadas no mercado e a posição em que se encontrava na tabela era um pouco desconfortável para a comissão técnica, os jogadores e torcedores.


Um minuto de silêncio em homenagem a Chapecoense. (Foto:Theguardian

Apesar do retorno de Joe Allen, que cumpriu suspensão na última rodada por conta de acúmulo de cartões amarelos, Mark Hughes decidiu começar com o volante no banco de reservas e alterou a formação. Desta vez, o Stoke City entrou em campo com três zagueiros, sendo que Johnson fez uma função diferente e atuou ao lado de Martins Indi e Muniesa. Outro que esteve no onze inicial foi Diouf, que recebeu mais uma oportunidade atuando pelo lado do campo, enquanto Walters foi mantido na frente e Bony ficou no banco.


DISTRIBUIÇÃO TÁTICA

(Foto:Theguardian)

O jogo começou como o manda o roteiro, o time local pressionou e disputou todas as jogadas nos minutos iniciais, mostrando para todos que realmente o que importava era a vitória. Com o meio de campo bastante entrosado, ficou fácil para os Potters dominar a posse de bola que em todo o primeiro tempo, a porcentagem sempre favorecia ao time do Stoke. Não demorou para que todo o esforço foi recompensado e o placar fosse aberto. Aos 20', Diouf tabelou com Shaqiri, cruzou a bola para área e Walters pegou de primeira, deslocando o goleiro Heaton da jogada.


Muniesa comemorando o seu primeiro gol na temporada. (Foto:SkySports)
O Stoke City não se contentou com o resultado e continuou pressionando o adversário. O Burnley, por sua vez, disparou três chutes ao gol na primeira parte do jogo, mas apenas um levou perigo e Grant realizou uma ótima defesa. Diferentemente dos visitantes, as melhores chances de gols do Stoke City resultaram em gol e, aos 35', Muniesa interceptou a bola no seu campo de defesa, antes de se lançar ao ataque. Na sequência da jogada, Arnautovic fez jogada individual, cruzou rasteiro e o zagueiro, que havia iniciado o lance, concluiu. O jovem marcou o primeiro gol na temporada e garantiu a vantagem antes do intervalo.

No segundo tempo, as equipes voltaram sem alterações na postura e taticamente, enquanto o jogo parecia que foi tomando contornos de treino coletivo, já que o Stoke City seguiu dominando amplamente. Mark Hughes até que realizou uma alteração atípica e demonstrou que estava testando algumas peças. O galês tirou Shaqiri e deu oportunidade para Crouch, atuando ao lado de Walters, ambos pela primeira vez juntos nesta temporada. O arbitro Mark Clattenburg não teve muito trabalho durante essa fase complementar do jogo e acabou e encerrou a partida nos 90' cravados.

Com a vitória, o Stoke City chegou aos 19 pontos na competição, assumindo a 9ª colocação na Premier League. Na próxima rodada, o time de Stoke terá um grande desafio pela frente, contra o vice-líder Arsenal e no Emirates Stadium. O jogo pode ser considerado um divisor de águas e uma amostra para os torcedores para ver pelo o que realmente o Stoke City irá lutar nessa temporada.

COME ON POTTERS!


Por: Yuri Ramos || Twitter: @yuriramosq
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana