A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Cem por cento? Não mais

Nos jogos dos classificados deu Bayern. O time Alemão encerrou a série de quatro vitórias do Atlético dentro da Liga dos Campeões vencendo por 1-0 na Allianz Arena.

O jogo começou com o Bayern buscando mais o jogo, tentando impor o seu ritmo, enquanto o Atlético no seu melhor estilo se defendia e buscava a velocidade nos contra-ataques com Griezmann e Ferreira Carrasco, e em um desses contra-ataques quase abriu o placar com Carrasco, o Belga acabou parando em Manuel Neuer.

Após isso o Atlético não conseguia sair da pressão do Bayern que marcava a saída de bola do time Espanhol que não conseguia encaixar seus contra-ataques e nem sair do forte sistema de marcação do time alemão dirigido por Carlo Ancelotti.

Apesar disso o Bayern não conseguia criar muitas chances claras, esbarrava muitas vezes no forte e já conhecido sistema de marcação de Diego Simeone que obrigava os bávaros a rodarem a bola sem conseguir infiltrar.

Então surgiu a estrela do polonês Robert Lewandowski, que novamente batendo falta como já havia acontecido contra o Mainz na última rodada da Bundesliga abriu o placar para o time Alemão com uma cobrança simplesmente magistral.

Foto: globoesporte.com
O segundo tempo começou e o jogo seguiu na mesma linha, o Bayern apertava enquanto o Atlético se defendia e esperava uma bola encaixada para Griezmann, coisa que não aconteceu. O domínio do time da Baviera foi tão grande que a equipe chegou a ter cerca de 80% de posse de bola na segunda etapa.

Criando mais chances o Bayern esbarra-nos próprios erros, e perdia chances que poderiam complicar o jogo mais pra frente. O Brasileiro Thiago Alcantara perdeu duas chances claras, uma cara a cara com Jan Oblak no qual acabou finalizando pra fora e outra dentro da pequena na área após um cruzamento de Bernat que o Brasileiro acabou não conseguindo colocar direção na bola.

O tempo passava e o Atlético enfim começou a buscar mais o ataque nos minutos finais, na base do abafa o time Espanhol começou a incomodar o Bayern com cruzamentos e lances de bola parada, mas já era tarde demais. Fim de papo e deu Bayern, vitória por 1x0.

As duas equipes já classificadas agora aguardam o sorteio de segunda-feira para saber quem vão enfrentar na próxima fase.  

Para onde vamos, Pioli?



Stefano Pioli ainda como treinador da Lazio (Foto: Il terzo Binario)
As contratações da Internazionale na janela de verão, a do meio do ano (quando é verão no hemisfério norte), foram extremamente empolgantes, trazendo desde jogadores de grande destaque no cenário europeu e com potencial de aperfeiçoamento ainda maiores caso fossem a alguma grande equipe, até jovem promessa brasileira. 

No primeiro caso, trato de Ever Banega, meia de 27 anos que havia se destacado pelo Sevilla, atual campeão europeu, com oito gols em 44 partidas. Embora o número de tentos do argentino não seja empolgante, a quantidade é boa para quem não tem marcar gols como função principal. Outra grande aquisição do time de Milão foi João Mário, jovem português de 23 anos campeão europeu com sua seleção na última Eurocopa e que vinha tendo destaque no impotente time do Sporting. O clube italiano, que sofria forte concorrência pelo jogador, chegou à frente com a exorbitante quantia de 45 milhões de euros, valor considerado alto.

Antonio Candreva e Cristian Ansaldi fecham essa lista de contratações de atletas juntamente com Gabriel Barbosa, ou Gabigol, como ficou conhecido a promessa da Vila Belmiro. Após subir ao profissional e se destacar atuando tanto pelos flancos do campo quanto de último homem com movimentação, o atacante despertou o interesse de vários europeus, com Borussia Dortmund e Chelsea de principais interessados a contar com o jogador. A Inter corria por fora e, com a desistência dessas equipes, o interesse do time italiano aumentou. Enquanto Gabigol conquistava o tão sonhado ouro olímpico para a seleção brasileira, o acordo foi fechado junto ao Santos pelo valor de 25 milhões de euros.

Sem um comandante para levar à frente essa equipe, a diretoria resolveu apostar em Frank De Boer, holandês que teve seu destaque nos tempos de jogador, no entanto, como treinador não obteve tanto êxito quanto, embora tenha conquistado o tricampeonato holandês nas temporadas 10/11, 11/12 e 12/13 pelo clube no qual se eternizou como jogador e ídolo, o Ajax.

Com Frank à frente da equipe, foram 14 jogos oficiais: sete derrotas, dois empates e cinco vitórias, resultado desastroso para uma equipe que investiu tanto e depositava toda a confiança em uma grande campanha no nacional, visto que juntamente disputava a Europa League, tendo péssimos resultados também nessa competição.

A impressão de insegurança que a equipe passava à torcida, transmitia claramente o sentimento do treinador, e isso se consolidava até mesmo nas vitórias. A irregularidade, fruto da insegurança do holandês, da equipe a tirou do cenário de grandes perspectivas e agora só os resta esperar a temporada 17/18, pois a atual conjuntura já não permite mais alçar grandes voos.


Mauro Icardi briga pela bola no último jogo da Inter pela Europa League (Foto: Clarin)
A pressão da diretoria e torcida juntas por urgência de regularidade, culminou na demissão do técnico. Com a saída de De Boer, Stefano Pioli, que estava na Lazio de 2014 até esse ano, assumiu a equipe por duas temporadas já com um grande desafio, o clássico. Com o empate em 2-2 no Giuseppe Meazza, o time, que já não tinha grandes pretensões, segurou seu rival de Milão na briga pelo título. 

No segundo jogo sob as ordens do italiano, a equipe foi até Israel jogar pelo tudo ou nada na competição europeia e, contra a limitada equipe do Hapoel Be'er Sheva, fez dois gols logo no início da primeira etapa. Porém, do banco, Pioli viu seus comandados inacreditavelmente tomar a virada e dar, em definitivo, adeus a competição.

O próximo compromisso da também insegura e dos muitos injustiçados atletas de Pioli; como é o caso de Gabriel Barbosa, que entre os dois técnicos pôde atuar apenas por 16 minutos ainda na era do holandês; após a derrota para o Napoli na última sexta-feira por 3 a 0, será contra o Genoa em Milão no próximo domingo, 11. Passadas 15 rodadas, a Inter ocupa hoje a décima colocação do Campeonato Italiano, resultado muito distante das perspectivas da torcida e, principalmente, da diretoria nerazzurri.

Resumo da 12ª rodada do Argentino: homenagens à Chape, novo tropeço do líder e muito mais

Homenagem também no duelo entre Lanús e Gimnasia, na segunda, que fechou a rodada.
O último fim de semana ficou marcado pelas várias homenagens à Chapecoense no futebol mundial e na Argentina não foi diferente. A 12ª rodada do Campeonato Argentino teve início na sexta-feira (02) e só se encerrou na última segunda-feira. Já com a bola rolando, destaco principalmente os duelos entre os gigantes de Buenos Aires, além do segundo tropeço do líder, (05). Confira estes e outras curiosidades da rodada:

Quilmes 1-3 Sarmiento

No jogo que abriu a rodada, o Quilmes tentava a reabilitação após a dura derrota de 3 a 0 para o Tigre, mas perdeu mais uma. O mandante até chegou a abrir o placar, aos 15' do primeiro tempo, quando Gabriel Ramirez marcou. Mas, no segundo tempo, o Sarmiento virou para 3 a 1 com direito a dois gols do atacante Leandro Díaz, cria do Lanús. O Verdolaga que há duas rodadas atrás estava na vice-lanterna, agora ocupa a 20ª colocação, três pontos atrás do Quilmes, 16º.

Huracán 1-3 Colón de Santa Fé

Jogando em seus domínios, o Globo perdeu mais uma e deu segmento à seu calvário. Aos 25' da primeira etapa, o meia paraguaio Ivan Torres marcou, abrindo o placar para o Colón. No segundo tempo, as entradas de Chacana e Júlio Angulo (àquele, ex-Del Valle) surtiram efeito, e logo no primeiro lance, Depetris empatou para o Huracán, com assistência do equatoriano. Aos 64', Javier Iritier desperdiçou um pênalti e também a oportunidade de recolocar os mandantes à frente no placar. Como quem não faz toma, Bernardi, aos 82', desempatou para o Colon, e aos 94', Leguizamon fechou o placar: 1-3.

Ricardo Caruso Lombardi não é mais treinador do clube (Reprodução: @CAHuracan)
P.s.: Após o fim da partida, o treinador Caruso Lombardi foi demitido pela diretoria do clube de Buenos Aires, após apenas dois meses no comando da equipe. Vale lembrar que o Huracán venceu apenas dois jogos nesse semestre e amarga a vice-lanterna do torneio.

Newell´s Old Boys 0-2 Banfield

O Banfield deu fim à invencibilidade do Newell´s, que não perdia jogando no Estádio Marcelo Bielsa desde 07/05, quando foi derrotado pelo Defensa. Os mandantes tiveram mais posse de bola e chegaram a finalizar o dobro do que os visitantes, mas esbarraram na falta de pontaria, salvo algumas defesas do experiente goleiro Hilario Navarro. Aos 74' e aos 85', o meia Nicolas Bertolo deu o triunfo para o Banfield. Além de tirar a chance do NOB de assumir a liderança (já que o líder tropeçou novamente), o Banfield encostou-se aos líderes, ficando a seis pontos da liderança.

Godoy Cruz 1-2 Atlético Tucuman

(Reprodução: @ATOficial)
No duelo entre as equipes sensações da última temporada, melhor para os visitantes. Aos 41' e aos 82', o ótimo atacante Fernando Zampedri marcou dois gols e deixou o Tucuman numa boa, enquanto Javier Correa descontou para o Godoy já aos 87'.

Olimpo 1-2 San Lorenzo

O Azulgrana entrou no gramado com as camisas dos jogadores da Chape (Reprodução: @SanLorenzo)
Em partida marcada pela linda homenagem do Ciclón para a Chapecoense, os visitantes venceram e seguem sua caça ao líder. Com uma boa atuação do centroavante Nicolas Blandi, que marcou um gol e deu uma assistência para o uruguaio Cauteruccio, o San Lorenzo venceu em uma partida em que a pressão do Olimpo foi gigante, mas parou em Torrico. O revés custou o cargo de Cristian Diaz, técnico do Olimpo até então.

Estudiantes 0-0 Talleres

Jogando no Único de La Plata, o líder Estudiantes parou no ferrolho do Talleres, agora invicto há sete rodadas, e viu o Boca Juniors e o San Lorenzo se aproximarem. O jogo foi pouco movimentado, com apenas três chutes ao gol, sendo apenas uma delas do time de Nelson Vivas. Podemos destacar a estreia do centroavante nigeriano Okikiola Afolabi, ex-Sunshine Stars, pelo lado do clube de Córdoba. Ainda assim, o Pincha segue na liderança, isso porque o vice-líder Newell’s também tropeçou na rodada.

Union Santa Fé 2-0 Rosário Central

O Estádio 15 de Abril recebeu um bom público (Reprodução: @clubaunion)
Após bater o Belgrano pela Copa e chegar à final, o Central não mostrou a mesma inspiração longe de seus domínios, sendo facilmente derrotado pelo Unión. Mesmo com posse de bola menor (42% x 58%), os Tatengues chegaram mais vezes com perigo (7x2), obrigando o goleiro Sebastian Sosa a trabalhar bastante.

Aos 49', Franco Soldano colocou o mandante na frente, e aos 58', o zagueiro Leonardo Sanchez, ex-Estudiantes e FC Zurich, ampliou e fechou o placar. Ainda deu tempo do volante Washington Camacho, dos Canallas, ser expulso, aos 63'. Essa foi a 7ª expulsão de um jogador da equipe no torneio, sendo a primeira do jogador.

Boca Juniors 4-2 Racing

No encontro dos irmãos Bou, La Panterita marcou 2 gols (Reprodução: @DiarioOle)
No jogo mais movimentado da rodada, o Boca Juniors bateu o Racing por 4 a 2, em La Bombonera. No primeiro tempo, o Boca deu um banho de bola em La Academia. Aos 24', após boa troca de passes, Emanuel Insúa cabeceou para as próprias redes, abrindo o placar para os Xeneizes. Aos 41', outra bela troca de passes e Walter Bou (irmão de Gustavo, do Racing) ampliou, fazendo 2 a 0 antes do intervalo.

Na segunda etapa, Walter Bou marcou mais uma vez, após cochilo da zaga do Racing. Aos 50', Lisandro Lopez, ex-Lyon e Internacional, diminuiu após belo passe de Oscar Romero. Aos 74', o atacante marcou novamente, aproveitando o rebote do goleiro Sara, em seus pés. O Racing teve algumas chances para empatar, mas esbarrou no goleiro Augusto Sara.  Após protagonizar um "Inacreditável Futebol Clube", Carlos Tévez ampliou aos 80', com um belo gol, assim fechando o placar.

Com a boa atuação, os Xeneizes tem tudo para fazerem parte de mais uma ótima partida na próxima rodada, quando visitam o rival River Plate. Já o Racing receberá o Olimpo.

Independiente 1-0 River Plate

Dividida entre Mayada e o experiente German Denis (Reprodução: @SC_ESPN)
No Estádio Libertadores da América, tivemos outro duelo entre equipes de Buenos Aires. Diferentemente do jogo antes citado, nesse tivemos apenas um gol, mas belas homenagens para os heróis de Chapecó.

A partida era de importância extrema para o Rojo, que precisava reconquistar a confiança de seus torcedores, após ser goleado pelo rival Racing no clássico. Enquanto isso, o River Plate que no meio de semana garantiu vaga na final da Copa, após bater o Gimnasia, entrou em campo com um time praticamente todo reserva, com exceção do goleiro Augusto Batalla.

O jogo foi fraco tecnicamente, e os comandos de Marcelo Gallardo viram o centroavante Diego Vera abrir o placar, aos 72'. E esse foi o resultado final: CAI 1-0 CARP. Agora os Millonarios se preparam para duas batalhas: o Superclássico (11/dez) e a final da Copa Argentina contra Rosário Central (15/dez). Já os comandados de Gabriel Milito visitarão o Colón na próxima rodada.

Lanús 1-0 Gimnasia y Esgrima

A partida disputada na noite de segunda-feira fechou a 12ª rodada do torneio. A pressão do Granate era grande, até numa boa troca de passes, o lateral/meia Uruguaio Alejandro Silva deixou José Sand em boas condições, e o mesmo não perdoou: Lanús 1-0. Depois disso tivemos poucas chances e o placar se manteve o mesmo.

OUTROS RESULTADOS:

Atlético Rafaela 0-1 Defensa y Justicia
Tigre 1-1 Aldosivi
Patronato 0-0 Vélez Sarsfield
Belgrano 0-0 Temperley
Arsenal 0-0 San Martin de San Juan

GOL MAIS BONITO DA RODADA

Bela troca de passes entre Tevez, Gago e Pavon que resultou no gol de Walter Bou, no duelo entre Boca e Racing.


LANCE BIZARRO DA RODADA

O goleiro do Belgrano, Juan Olave, defendeu um pênalti no duelo contra o Temperley, mas ficou marcado mesmo por ter paralisado o jogo para fugir de um quero-quero que estava na sua área. Confira:



SELEÇÃO DA RODADA:

GOL - Juan Olave (Belgrano): 8.3
LAD - Alan Aguirre (Sarmiento): 7.5
ZAG - Leandro Desabato (Estudiantes): 7.7
ZAG - Marcos Senesi (San Lorenzo): 7.6
LAE - Lucas Marquez (Patronato): 7.6
VOL - Fernando Gago (Boca Juniors): 8.0
MEI - Alejandro Silva (Lanús): 7.8
MEI - Guillermo Fernandez (Godoy Cruz): 7.8
ATA - Lisandro López (Racing): 8.8
ATA - Fernando Zampedri (Tucúman): 8.2
ATA - Nicolas Leguizamon (Colón): 8.1

(Com base nas notas do aplicativo Sofascore)

Classificação
Próxima Rodada
Artilharia
ALGUNS CLUBES QUE HOMENAGEARAM A CHAPE:

No jogo que abriu a rodada, na sexta, tivemos homenagem à Chapecoense. (Reprodução: @SC_ESPN)
O mesmo aconteceu no sábado, no duelo entre Olimpo e San Lorenzo. (Reprodução: @SC_ESPN)
Os jogadores do Independiente jogaram com o nomes dos guerreiros nas costas (Divulgação/Independiente)
O promissor goleiro Augusto Batalla (20), do River, jogou com o nome de seus colegas de posição. (Reprodução: @Dami_Elber)
Por: Leonardo Domingues || #ForçaChape

Missão Cumprida: Benfica perde, mas avança para as oitavos das Champions

"Eu amo o Benfica" foi cantado até na derrota de ontem (Foto: André Barreira)
O Benfica conseguiu na noite desta terça-feira (6), o apuramento para a fase de oitavos de final da Liga dos Campeões, com a segunda colocação no Grupo B. Apesar da derrota por 2-1 para o Napoli, na Luz, os encarnados aproveitaram-se do revés do Besiktas, um sonoro e humilhante 6-0 contra o Dynamo de Kiev, fazendo com que o clube português ficasse com a segunda colocação no grupo.

Os gols do jogo foram anotados por Callejón e Mertens para a equipe italiana, enquanto o mexicano Raúl Jiménez descontou para os lisboetas. O Napoli terminou na primeira colocação do grupo com 11 pontos, Benfica foi o segundo com oito, os turcos do Besiktas foram para a Europa League na terceira colocação com sete pontos, enquanto o Dynamo Kiev encerrou sua participação europeia na última colocação do grupo, com cinco pontos.

O JOGO

Apesar do revés, o Benfica não entrou no jogo desatento, entrou no jogo muito nervoso. Não só ele, o Napoli também entrou dessa forma. O primeiro tempo foi repleto de passes errados, finalizações tortas e precipitações por parte de ambas as equipes, com um pouco a mais de posse para o Benfica na primeira metade da etapa inicial, que depois passou a ser da equipe italiana, no entanto, seguia-se nervosa a partida as melhores chances surgiam de saídas erradas da defesa.


Os jogadores não sabiam, mas os torcedores e os treinadores sabiam que o jogo em Kiev, já estava naquela altura 4-0 pro Dynamo, placar que classificava as duas equipes, o que fez com quem acompanhasse o jogo visse um segundo tempo disputado como amistoso de luxo. Ambas as equipes buscando a vitória, mas sem entradas violentas, e sem trabalho para o árbitro. Um jogo aberto e um bom jogo. No qual, quem foi mais eficiente venceu e esta equipe foi o Napoli. Primeiro, na inteligência ao cobrar rápido um livre que com um toque mágico Callejón saiu na cara do gol pra fazer o 1-0. Depois por Mertens que em jogada individual linda fez o segundo gol. Raúl ainda descontou para nós e fez o 2-1 quase ao cair do pano, o Benfica ainda ensaiou uma pressão, para tentar empatar e manter a invencibilidade na Luz, sem sucesso.

Para deixar mais tranquilos todos os Benfiquistas, os turcos do Besiktas que riram e comemoram estar no grupo do Benfica, tomaram mais dois. Perderam por 6-0 e foram eliminados pelo time que já estava eliminado. Quem ri por último, ri melhor.

Sada Cruzeiro e Montes Claros duelam hoje à noite

Foto: Douglas Magno
Ocupando a quarta posição na classificação da Superliga, Montes Claros receberá o Sada Cruzeiro, líder invicto da competição, nesta quarta-feira, às 19h, pela oitava rodada da Superliga. A partida acontecerá no ginásio Tancredo Neves.

Invicto na Superliga, a equipe do Sada mantém o foco para a busca de mais três pontos fora de casa. O ponteiro Filipe destacou o cuidado que terão para o jogo de logo mais.

"O Montes Claros está crescendo durante o torneio, vem de duas belíssimas vitórias e é um time que está jogando solto, muito à vontade. E contra o nosso time eles estarão na mesma situação, pois a responsabilidade fica toda do nosso lado. Nosso time tem que entrar esperto, sabendo que será um jogo muito difícil contra bons jogadores, que devem vir arriscando tudo no saque. Temos que tomar todo cuidado e impor o nosso ritmo para sair de lá com mais um resultado positivo".

William comentou sobre os erros cometidos no último jogo, contra o Bento Vôlei-RS, de 14 pontos da equipe gaúcha no primeiro set, 12 foram por falhas da equipe Mineira em saques.

"Temos que minimizar estas falhas para não deixar o jogo mais fácil para o outro lado. Nesta altura do campeonato, nossa maior preocupação precisa ser esta".

O oposto Evandro e o levantador William falaram sobre a força do adversário.

"Se a gente não entrar 100%, podemos perder. Temos que manter firme esta sequência de vitórias. Eles estão embalados, assim como a gente. Nossa confiança está tão alta quanto à deles. Será um jogo de alto nível", afirmou Evandro.

"Acho que a confiança que eles estão pode nos incomodar mais. Isso pode fazê-los jogar sem muita preocupação, arriscando o tempo todo, o que deu certo nos últimos jogos. O Luan e o Bob estão em grande momento, são dois pilares do time que estão jogando muita bola. Isso ajuda para que eles se sintam mais tranquilos" concluiu William.

A ciência do "eu acho"

Vamos dar um jeito de só jogar no meio de semana.

Gol com selo Ibra de qualidade (Reuters)
Incrível isso, sinceramente não consigo achar uma explicação para o que está acontecendo, talvez até saiba*, mas como achar algum motivo para essa oscilação? No jogo durante a semana estamos arrebentando quando chega o fim de semana é uma seca de gols que chega a dar pena, talvez Freud explique...

Outra coisa que parece acontecer é que se jogarmos bem na Premier League acontece alguma coisa com a defesa adversária e os caras viram zagueiros Kamikazes se jogando na frente das bolas e desviando bolas com endereço certo ou goleiros que tomam muitos gols durante a temporada mas resolvem fazer a partida da vida contra a gente.

O time vem se apresentando bem, agora é o ajuste fino. (Getty Images)
O que me conforta é que parece que o time finalmente vem jogando bem, mesmo nos tropeços contra o West Ham e Everton tivemos uma boa participação. Rooney, Ibra, Pogba e Cia vêm jogando bem e, além disso, jogadores que não vinham jogando entraram muito bem como Mkhitaryan e o querido da torcida Bastian Schweinsteiger, que vem retribuindo quando entra em campo.

Fellaini... O que fazer com esse meliante, ou melhor, que diabos ele faz para conseguir se manter na equipe, jogando isso que só ele acha que é futebol, e o pior de tudo após a passagem de três treinadores. Dá pra pensar em inúmeras escalações melhores e o mais importante sem Fella(de uma mãe)ini presente, mas inexplicavelmente todos os treinadores insistem e jogar com ele, o que posso fazer é desejar uma dor de cabeça do tamanho da nossa, torcedores, quando vemos a escalação com esse cabra safado nela.

Exato momento do último crime, esse meliante tem que levar um chá de geladeira. (Reuters)
Vou dar a dica, você torcedor do Manchester se liga que provavelmente na quinta-feira tem jogo de qualidade do United é contra o Zorya Lugansk em Odessa, mesmo fora de casa acredito numa vitória. Simplesmente por ser no meio da semana, existe ciência melhor que o achismo? Claro que não.

É isso aí galera, estamos de volta após essa última semana de tanta tristeza, só posso desejar mais força para a Chape e seus torcedores, a cidade e todos que foram atingidos por essa tragédia que abalou não só o mundo esportivo mas também todo o resto. GGMU! #ForçaChape

*Tenho um amigo que eu acho que está zicando nosso Manchester, não sou supersticioso, mas na dúvida tenho que arrumar algo para ele fazer no horário dos jogos, sintam-se a vontade para dar sugestões e quem sabe voltamos a vencer na Premier League...

Não sei quem está prejudicando mais o Manchester, meu amigo ZeH ou Fellaini? (Reuters)
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana