A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Clubes e jogadores: Os que mais fizeram gols em 2016

A temporada de 2016 foi bastante movimentada para os clubes do país. Tivemos uma nova competição para clubes da região sul e sudeste do país, tratam-se da Primeira Liga. Ainda houve duas competições a nível regional, sendo Copa do Nordeste e Copa Verde. Nesta matéria traremos para vocês os artilheiros do ano de 2016, mas não só os atletas, e sim os clubes com mais gols feitos no ano.

CLUBES

1° lugar - Atlético Mineiro
O Galo marcou incríveis 120 gols em 74 partidas no ano.
Robinho foi o artilheiro do clube no ano com 25 gols.
Fred foi artilheiro do Brasileirão com 14 gols.
Robinho foi artilheiro do Estadual com 9 gols.

Resultado de imagem para fred e robinho atletico mineiro
Foto: globoesporte.com
2° lugar - Santos
O Peixe marcou 110 gols em 66 partidas disputadas.
Ricardo Oliveira foi o artilheiro do clube no ano com 22 gols.

Resultado de imagem para santos 2016 ricardo oliveira e gabigol
Foto: globoesporte.com
3° Lugar - Palmeiras
O Porco marcou 108 gols em 65 jogos.
Gabriel Jesus foi o artilheiro do clube com 21 gols.

Imagem relacionada
Foto: Verdão Web
4º Lugar - Corinthians
O Timão marcou 101 gols em 67 jogos.
Ángel Romero foi o artilheiro do clube com 13 gols.

Imagem relacionada
Foto: Globo Esporte
5º Lugar - CRB
O Regatas marcou 101 gols em 68 jogos.
Lúcio Maranhão e Neto Baiano foram os artilheiros com 13 gols.

Resultado de imagem para CRB vence Vasco
Foto: Douglas Araújo
6º Lugar - Bahia
O Tricolor marcou 100 gols em 64 jogos.
Hernane foi o artilheiro do clube na temporada com 21 gols.



Resultado de imagem para Bahia sobe pra Serie A
Foto: Globo Esporte
7º Lugar - Grêmio
O Imortal marcou 100 gols em 73 jogos.
Luan foi o artilheiro do clube na temporada com 12 gols.



Imagem relacionada
Foto: Wesley Santos
8º Lugar - Flamengo
O Rubro Negro marcou 97 gols em 66 jogos.
Guerrero foi o artilheiro do clube na temporada com 18 gols.

Imagem relacionada
Foto: Gazeta Press
9º Lugar - Ceará
O Alvinegro marcou 94 gols em 66 jogos.
Bill foi o artilheiro do clube na temporada com 21 gols.
Bill foi artilheiro da Série B com 15 gols.

Resultado de imagem para Ceará vence 2016
Foto: Gazeta Esportiva
10º Lugar - Coritiba
O Coxa marcou 93 gols em 67 jogos.
Kléber foi o artilheiro do clube na temporada com 23 gols.
Kléber foi artilheiro do estadual com 13 gols.

Resultado de imagem para Coritiba perde para Belgrano
Foto: LANCE NET!

JOGADORES

Robinho foi o artilheiro do Brasil no ano de 2016. O meia/atacante do Atlético Mineiro conquistou o prêmio Arthur Friedenreich que é dado ao atleta com mais gols feitos na temporada. Foram nove gols em dez jogos pelo estadual, um em sete jogos pela Libertadores, doze em trinta jogos no Brasileirão, e três marcados em oito disputados na Copa do Brasil. Ao todo, 25 gols marcados em 55 jogos disputados.

Imagem relacionada
Foto: Bruno Cantini
O jogador Calleri do São Paulo foi o único de um clube brasileiro a ser de competição internacional neste ano. O jogador conseguiu ser artilheiro da Libertadores com nove gols marcados em 12 jogos disputados pelo Tricolor Paulista na competição.

Resultado de imagem para Calleri são paulo
Foto: SPFC
Pela primeira vez desde que a Série D é disputada, o Brasil tem jogadores de clubes nordestinos sendo artilheiros de todas as competições a nível nacional. Sejam a primeira divisão, as outras três de acesso e Copa do Brasil.

Na Série A, Diego Souza do Sport com 14 gols foi artilheiro da competição junto de outros dois jogadores. O meia pernambucano jogou 34 partidas na competição.

Resultado de imagem para Diego Souza sport 2016
Foto: Lance NET!
Na Série B, Bill do Ceará com 15 gols foi artilheiro da competição. O atacante do clube alvinegro esteve presente em campo na maioria das partidas da equipe, 32 no total.

Imagem relacionada
Foto: Ceará SC
Na Série C, Jones Carioca do ABC balançou as redes em 12 oportunidades em 20 partidas. Na fase final da competição, marcou apenas dois gols contra o Guarani no primeiro jogo da semifinal.

Resultado de imagem para jones carioca abc 2016
Foto: Frankie Marcone
Manoel do Altos foi artilheiro da Série D com 10 gols marcados. O fato interessante, é que o jogador já havia marcado nove vezes em seis jogos disputados na fase de grupos da competição. Na fase seguinte, chegou a marcar contra o América de Pernambuco, mas nos três jogos seguintes passou em branco.

Resultado de imagem para Manoel altos
Foto: Globo Esporte
Marinho do Vitória foi artilheiro da Copa do Brasil com seis gols marcados. O atacante não precisou de muitas partidas para fazer seis gols, foram necessários apenas quatro jogos. Já na primeira fase, o atacante marcou cinco gols em dois jogos contra o Náutico/RR. E depois só voltou a jogar contra o Cruzeiro na terceira fase, fazendo um gol no jogo da volta.

Resultado de imagem para Marinho marca 4 gols contra nautico
Foto: Francisco Galvão

Voltamos à "estaca zero"

Após o péssimo início de Premier League, o Stoke City vinha demonstrando que a sua realidade não seria mesmo a briga contra a degola, confirmando as expectativas que não tem um dos piores times do campeonato e reagindo na competição. Antes do embate contra o Arsenal, os Potters engataram bons resultados, somando quatro vitórias, três empates (dois deles como visitante contra West Ham e Manchester United) e apenas uma derrota.

Esta sequência tirou o time da lanterna e colocou na parte de cima da tabela. E, apesar da derrota para os Gunners, todos esperavam que o time de Stoke-on-Trent poderia se recuperar na partida seguinte, já que jogaria dentro de seus domínios e contava com a volta do trio de meias no time titular - Allen, Arnautovic e Shaqiri. Já no comando de ataque, Walters justifica a escolha e tem encaixado no esquema de jogo do treinador, enquanto Bony é reserva.

Arnautovic sendo expulso. (Foto:Skysports)
Muitos concordavam que finalmente Mark Hughes tinha acertado na escalação e os torcedores esperavam a vitória. Entretanto, em campo foi tudo diferente do esperado, já que não estivemos nem perto disso. Pelo contrário, foram os Saints que fizeram por merecer, sendo superiores e pressionando bastante.

Os primeiros minutos, porém, não mostraram que o jogo seria assim e os Potters começaram bem, até que aconteceu o fato que mudou o rumo do jogo. Arnautovic acabou se desentendendo com o defensor do Southampton e elevou um pouco o pé na divida. O juiz, que estava perto do lance, não pensou duas vezes e expulsou o austríaco, aos 28 minutos. 

Stoke City's Lee Grant makes a save
Goleito Grant um dos destaques do time do Stoke City (Foto:Themirror)
Depois da expulsão, o Southampton passou a dominar a partida e chegou a ficar com até 79% de posse de bola, além de finalizar cinco vezes na direção ao gol. Já para o time da casa, não restou muito, a não ser tentar segurar o placar. O primeiro tempo terminou zerado e permitiu com que Mark Hughes tivesse o intervalo para ajustar o time.

Nos primeiros minutos da segunda etapa, o técnico sacou Shaqiri e priorizou mais a marcação, colocando Dioug em campo. Mas de nada adiantou, o jogo continuou tomando contornos dramáticos para os donos da casa, tendo Grant como seu principal destaque no jogo. O goleiro vem tendo ótimas atuações e é um dos poucos que mantiveram a sequência, fazendo grandes defesas e assegurando pelo menos um ponto no confronto.

Com o empate, o voltamos à "estaca zero", o Stoke City chegou aos 20 pontos e agora se encontra na parte de baixo da tabela. Pelo investimento feito no time e pelas ótimas peças que o time tem no ataque e no meio de campo, os torcedores esperam um pouco mais do que a atual 12ª colocação, mas a expectativa é que o time volte a vencer em breve. O próximo desafio dos Potters será nada mais nada menos que os atuais campeões, o Leicester City.

COME ON POTTERS!

O 2016 do Náutico: Mais um ano de perspectivas frustradas

O que falar de mais um ano caótico em nosso clube? Mais um ano em que muitas coisas foram almeijadas e no final nenhum objetivo foi alcançado. Essa história torna a repetir pelo terceiro ano consecutivo, desde que fomos rebaixados novamente para a Série B em 2013. Mais um planejamento fracassado. Mais uma vez todos nós alvirrubros nos perguntamos "o que aconteceu este ano?" novamente sem título e batendo na trave, sem conseguir o acesso a elite do futebol nacional.

Isso se resume a um longo ano de erros sucessivos que culminaram nessa temporada monótona do nosso clube, infelizmente essa foi nossa realidade em 2016.

Náutico vence o Santa Cruz no primeiro jogo do estadual 2016 com gol de Bergson (Foto: NE 10)
Campeonato Pernambucano

O que fazer com a seca de títulos que já dura 12 anos? Apostar suas fichas no campeonato, que em tese é o mais fraco da temporada. E foi isso que o Náutico fez no início do ano, fora da Copa do Nordeste, o time fez várias contratações para o campeonato estadual, contratações que até então dariam certo e que acenderam uma chama de esperança dentro do coração do torcedor alvirrubro.

Na primeira fase do campeonato, o Náutico fez uma ótima campanha e liderou do início ao fim, vencendo jogos difíceis contra Santa Cruz e Salgueiro, com ótimas partidas de Rony, Rodrigo Souza, Renan Oliveira, dentre outros. Entretanto ainda viria a fase decisiva do campeonato.

Junto da nova fase, veio um fantasma que aflige o torcedor alvirrubro há muito tempo, o mata-mata chegou e nosso Náutico mais uma vez decepcionou a torcida. Trata-se da semifinal, onde encaramos o Santa Cruz, o primeiro jogo foi realizado no estádio do Arruda, talvez esse jogo que definiu nosso destino no torneio, fomos totalmente dominados por nossos rivais e quando reagimos foi tarde demais, assim acabando a partida com o placar de: Santa Cruz 3-1 Náutico.

O jogo de volta era uma tentativa heroica de reversão de placar, mesmo com tantas dificuldades conseguimos abrir o placar, mas sofremos a virada e mais uma vez, fomos eliminados do estadual, assim dando fim ao sonho do título pernambucano.

Primeiro jogo da semifinal do campeonato pernambucano 2016 (Foto:Diário de Pernambuco).
Copa do Brasil

Nesse ano, aconteceu uma das participações mais horrorosas desse século nessa competição nacional, nós, caímos diante de um Vitória da Conquista, time com pouquíssima tradição que apesar de ter feito uma boa Copa do Nordeste, era infinitamente inferior a nós e ainda sim, conseguimos a proeza de sermos eliminados.

Dois empates dolorosos que culminaram na nossa queda diante do pequenino Vitória da Conquista, a primeira partida foi realizada na Bahia e ambas as equipes não saíram do 0-0, assim, levando o jogo final para a arena Pernambuco. Esse duelo que decretou nossa eliminação, com uma atuação pífia, saímos atrás do placar e depois de muito batalhar conseguimos o empate com Renan Oliveira, mas foi pouco, com o critério do gol fora de casa, nós estávamos ali sendo eliminados na primeira fase da copa do Brasil, uma vergonha.

Vitória da Conquista elimina o Náutico na Arena Pernambuco (Foto:Diário de Pernambuco)
Série B

Então após os fracassos no primeiro semestre, chegava a principal competição do ano e junto com ela o principal objetivo do time do ano, o acesso.

Comandados por Alexandre Gallo, mesmo com o time tendo algumas novas peças aplicadas ao elenco a equipe iniciou a competição bem, chegando a estar presente no G4 logo nas rodadas inicias, entretanto, com o decorrer da competição o time desandou e começaria ali uma série de resultados negativos que acarretariam na demissão do nosso técnico, Alexandre Gallo, que deixou nosso time no meio da tabela e com o sonho do acesso muito distante.

O time estava indo de mal a pior, com o elenco desentendido, foi quando então chegou Givanildo Oliveira que mudou totalmente às nossas perspectivas para a segundona, junto com ele chegaram Vinicius, do Atlético-PR, e Marco Antônio que vinha do futebol do exterior. Givanildo uniu o grupo novamente e fez peças importantes voltarem a render, principalmente como o atacante Rony, que pode ser considerado o principal jogador do time no ano, não só o principal jogador, como também terminou a temporada como artilheiro.

O Náutico então emplacou uma sequência impressionante de seis vitórias consecutivas que lhe fez voltar ao G4 nas últimas rodadas da competição, mas como em 2015, não tivemos forças para nos mantermos lá. E então chegou a última rodada, com três equipes brigando pelo acesso.

O Timbu tinha que vencer em casa e torcer por tropeços de Vasco ou Bahia, o time carioca venceu, mas os baianos tropeçaram, então bastava apenas uma simples vitória para estarmos de volta à Série A, foi ai que a principal decepção da temporada aconteceu, jogando na Arena Pernambuco, nós fomos derrotados pelo time do Oeste que brigava contra o descenso, assim, amargando mais um ano na segunda divisão do campeonato nacional.


Fim de ano trágico pra um time que tinha tantas ambições e um elenco capaz de conseguir o objetivo, mas o que faltou foi atitude dos jogadores e por isso estamos mais um ano na Série B, e por esses jogadores que jogam sem garra nos últimos anos que estamos também a 12 anos sem conquistar um título se quer, isso é uma vergonha para um clube da nossa grandeza. Que em 2017, as coisas mudem, porque o torcedor não aguenta mais decepções!

Se apertar eles entregam

Engraçado como é a história, em todos os jogos decisivos contra o Crystal Palace eles dão trabalho, mas sempre entregam o ouro, foi assim nos jogos decisivos da FA Cup e também foi assim na última quarta-feira.

Ibra marca mais um gol na Premier League! (Getty Images)
Volto a dizer, encontramos um padrão de jogo, são contra-ataques que nos geram muitas oportunidades de gol, está faltando nosso ataque aproveitar melhor essas chances. Os resultados estão apertados mais pelo mau aproveitamento do nosso ataque que por mérito de nossos últimos adversários.

Pogba finalmente se encontrou em campo e já vem numa constância, está com números muito parecidos com os de seu melhor momento na Juventus, e olhe que estamos na metade da temporada, então se continuar nessa crescente a tendência é melhorar sua performance. Contra o Crystal Palace foi um gol e uma assistência.

Mais uma vitória com Fergie Time, time encaixado para os últimos três confrontos do ano. (Getty Images)
Ibra também voltou a se consagrar com gols em partidas consecutivas, isso é muito importante para aumentar o já enorme ego do nosso camisa 9. Sabemos que quanto mais confiante, se é que Ibra alguma vez na vida perdeu a confiança, melhor nosso atacante viking joga.

Nesse fim de ano ainda temos três confrontos e analisando de longe são confrontos para trazer os nove pontos, mas se tratando de Premier League nós sabemos que não é assim que a banda toca, já se foi o tempo dos times grandes atropelarem os pequenos. A Premier de hoje em dia não é assim, os pequenos têm condições financeiras de preparar um time que lute de igual para igual com os melhores da Europa, está aí o Leicester campeão da última temporada da Premier League e agora passou para a fase de oitavas da Champions em primeiro do grupo.

Como muitos já sabem sou colecionador de camisas de futebol, e tenho como foco principal logicamente o nosso Manchester, por isso peço licença para fazer uma pequena homenagem a um grande colecionador que nos deixou ontem, 15/12/16, Frank Malizia, o Titio Malizia. Uma pessoa especial que tinha o prazer de ajudar outros colecionadores, com um astral contagiante, sempre de bom humor, um ser humano fantástico, apaixonado por camisas de futebol, seu Fluminense e animais. Vá com Deus Malizia, tenho certeza que o mundo ficou um pouco pior sem você, meus sentimentos à família e aos amigos mais próximos como Rodrigo Boby, Mauricio Reis. Meus sinceros sentimentos e um abraço de conforto.

Até a próxima, GGMU e #VALEU_FRANK_MALIZIA!

Vá em paz meu velho!


Como acompanhar a NBA


A NBA no Brasil vem crescendo, há dois ou três anos eram transmitidos apenas dois jogos da NBA, um na ESPN e outro na SporTV, se voltarmos cinco anos eram dois na ESPN, se voltarmos 20 anos tinha apenas UMA transmissão todas as sextas pela Band (eu nem estava vivo nessa época, sempre que eu posso dou uma procurada num vídeo de melhores momentos da narração do Luciano do Valle melhor narrador, chora Roby Porto). Nessa semana aconteceu pela primeira vez de passar três jogos no mesmo dia. Outra prova disso é o NBA House que aconteceu esse ano. Sim três jogos dois na ESPN e um na SporTV. Isso é fantástico pense no quanto o basquete em geral evoluiu no Brasil. (Calendário de jogos)


TV a cabo

Atualmente nós temos jogos segunda, terça, quarta, sexta, sábado e domingo. Sim na quinta-feira não há NBA. E nisso temos jogos nas duas emissoras, e podemos ter rodada dupla em ambas, ou seja, QUATRO JOGOS no dia, e dia 25 de Dezembro vão ser exibidos CINCO JOGOS isso é demais.


NBA League Pass

O NBA League Pass é a melhor opção para o fã de basquete, tendo três tipos diferentes de pacotes. Team Choice, escolher algum time e ter acesso total a ele. Game Choice, ter acesso a oito jogos no mês, segundo a NBA é o melhor valor. NBA League Pass (sim esse é o nome do pacote) ter acesso a tudo, esse é o mais popular.

Preços

Team Choice = 25,99 R$ (7,99 USD$)
Game Choice = 15,99 R$ (4,99 USD$)
NBA League Pass = 44,99 R$ (13,99 USD$)
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana