A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Cruzeiro vence briga na Justiça contra Riascos

Foto: Google Imagens
Após meses com uma batalha na Justiça, a novela Cruzeiro x Riascos finalmente terminou, o valor que era de R$3,2 milhões, foi diminuído para R$2,262 milhões, o atleta será obrigado a pagar o montante caso queira deixar a equipe mineira.

A decisão foi tomada hoje pelo ministro Ives Grandra, no começo da noite no Tribunal Superior do Trabalho, em Belo Horizonte, sem nenhuma chance de recurso.

Agora, se ele quiser sair do clube, vai ter que depositar essa caução", Matheus Côrrea da Veiga, um dos advogados do Cruzeiro na ação.

Na semana passada, as partes se reuniram para uma tentativa de conciliação no TST, mas nada havia sido decidido naquele momento.

O jogador colombiano está afastado do Cruzeiro desde julho de 2016, logo após entrevista polêmica contra o Fluminense, em agosto, o atleta ajuizou uma ação pedindo a rescisão de contrato com o Cruzeiro, sua alegação foi que “estava sendo impedido de prosseguir com o exercício de suas atividades profissionais”, contudo, seu pedido foi recusado na 27ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte.

Não satisfeito, Riascos requereu um mandado de segurança contra o ato do juiz, uma liminar no TRT-MG determinou que o Cruzeiro desse um atestado liberatório ao jogador, mas o time que viesse a contratá-lo teria que pagar a quantia de R$3,2 milhões ao Cruzeiro. Com essa decisão, o atleta fez um pedido de habeas corpus para poder jogar em outro clube sem precisar realizar o depósito, que também foi negado.

Crystal Palace estreia treinador, mas mantêm sequência sem vitória

O dia após o Natal, tradicionalmente é marcado no Reino Unido por uma extensa carteira de jogos. Somente neste sábado (26) foram quase 100 jogos na Inglaterra e na Escócia somente nas divisões profissionais, um dia marcado por várias famílias aproveitando a ocasião acompanhando um belo espetáculo esportivo, para ficar completa a alegria dos bretões, o dia foi de sol e tempo agradável por toda terra da rainha.

O 'Boxing Day' é um feriado presente na cultura de vários países anglófonos, sempre comemorado no dia seguinte ao Natal, exceto se este dia for domingo, sendo assim Boxing Day passa para a segunda. De origem medieval, a tradição pode ter surgido com os patrões que presenteavam seus empregados em caixas de natal (Christmas Box) ou ainda à coleta de donativos pelas igrejas em uma caixa a frente das instituições.

Na Inglaterra se tem registro que desde 1860 são realizados jogos de futebol no tradicional dia. O registro mais antigo é de 26 de Dezembro de 1860, Sheffield FC 2-0 Hallan FC. Em 2016 Crystal Palace e Watford ficaram incumbidos de iniciar a rodada festiva da Premier League, no Vicarage Road em Watford. As duas equipes se apresentaram para o confronto após duas derrotas seguidas na competência inglesa. Por Premier League se encontraram apenas duas vezes, com uma vitória para cada lado na temporada passada, onde o visitante se deu bem.

A sequência negativa e atuações aquém das expectativas para o Palace, que investiu pesado na temporada, findaram a trajetória de Alan Pardew no comando das águias do sul de Londres. Para o seu lugar foi contratado Sam Allardyce, com passagem relâmpago na seleção inglesa. O novo comandante mandou a campo a seguinte equipe: Hennessey, Kelly, Dann, Delaney, Ward, Flamini (Campbell), Cabaye, Zaha, Puncheon, Townsend (Mutch) e Benteke.

Sam Allardyce debuta pelo Palace em um Boxing DayReprodução/Twitter Oficial do Crystal Palace.
A partida se iniciou morna, com as duas equipes se estudando, mostrando dificuldades na criação das jogadas, principalmente os donos da casa. Aos poucos o Palace foi tomando conta do jogo, Zaha partia para as jogadas individuais de velocidade, quase sempre levando a melhor sobre a defesa do Watford, Cabaye também começava a encontrar bastante facilidade para se projetar como um elemento surpresa, sempre se infiltrando entre os três zagueiros da equipe do italiano Walter Mazzarri.

Aos 15 minutos os mandantes já haviam feito duas substituições por lesão, e o Crystal seguia muito melhor no confronto até Townsend fazer grande jogada individual na ponta esquerda e completou com assistência na medida para o francês Cabaye que entrava em diagonal na área, este finalizou de primeira vencendo o goleiro brasileiro Gomes e inaugurando o marcador. 

Cabaye (dir.), Ward ao lado de Cabaye e Zaha (esq.) comemorm o gol do Palace. Reprodução/Twitter Oficial do Crystal Palace.
Neste ponto do embate o Palace tinha amplo domínio, os donos da casa mostravam latente dificuldade de criação, abusando da ligação direta, enquanto as águias cansavam de perder oportunidades, deixando de concretizar o placar, uma dificuldade que vem acontecendo durante toda a temporada. E a melhor oportunidade para tanto veio aos 36 minutos, após pênalti cometido por Gomes depois de recuo errado de Prodl. Benteke que sofrera a penalidade se aprontou para a cobrança e... Mais uma vez desperdiçou uma cobrança da marca penal na temporada, deixando assim a história do primeiro tempo em 1-0 Palace.

O segundo tempo voltou equilibrado, sem nenhuma equipe claramente se impor frente ao rival. As águias foram aos poucos chamando o adversário para o seu campo, o Watford apesar de quase nenhuma criatividade para construir jogadas de ataque, conseguia assustar em algumas bolas longas fortuitas. Em um desses lances esporádicos, Delaney cometeu pênalti em Prodl no "tradicional" agarra-agarra dentro da área, gerando uma oportunidade para igualar a partida.

Ao contrário de Benteke que no primeiro tempo desperdiçou o gol da tranquilidade, Deeney converteu a favor do Watford. Deeney que entrou no primeiro tempo após lesão de seu companheiro, marcou o quarto gol dele contra o Palace na Premier League com a camisa do Watford, por sinal ele marcou todos os gols do Watford na história da era moderna do futebol inglês contra o Palace. 

Deeney pôs números finais ao confronto. Reprodução/Twitter Oficial do Watford.
Após o gol a situação não se alterou muito, ficando mesmo no empate que no final das contas não foi bom pra ninguém. As duas equipes se enfrentaram pela terceira vez em um Boxing Day (Palace venceu em 1949, Watford venceu em 1952, ambos por 2-0). O Palace agora não vence no dia 26 de Dezembro desde 2013. E em 2016 o dia das ofertas na Inglaterra reservou um 1-1 para os 20.304 presentes em Vicarage Road.

Já se aproximando do término do primeiro turno da competição, o Palace que investiu para se encontrar nesta altura em melhor posição, individualmente tem no elenco bons nomes e boas alternativas, principalmente no setor ofensivo, mas até agora passadas 18 rodadas as coisas não tem funcionado. São quatro jogos sem vencer e apenas uma vitória nos últimos 12 encontros de Premier League. A temporada vai passando e o Palace não demonstra algo diferente a real luta contra o rebaixamento, que parece ser a tônica da temporada (4V - 4E - 10D), estando a dois pontos do Sunderland, primeiro na zona de rebaixamento.

Próxima partida do Crystal Palace pela Premier League:
01 de Dezembro - 16h (hora Brasília) - Emirates Stadium.
Arsenal x Crystal Palace.

Por: @carlosjr92educa
Carlos Alberto de Sousa Júnior - Colunista do Crystal Palace

Nordeste: Reis da média de público nos pontos corridos

Desde que a Série A do Campeonato Brasileiro é disputada por pontos corridos em 2003, os clubes nordestinos vem ganhando destaque entre os clubes com maiores médias do país. Na Série B também é assim, desde 2006 quando começou a ser disputada na forma atual de pontos corridos. Nesta matéria apresentaremos a vocês os clubes nordestinos com melhores médias de público desde o ano de 2003.

Resultado de imagem para Torcidas nordestinas
Foto: Felipe Oliveira
Médias de público dos Nordestinos de 2003 até 2016

2003:

Fortaleza: 24.351 (Série A)
Bahia: 13.042 (Série A)
Vitória: 4.918 (Série A)

2004:

Vitória: 6.388 (Série A)

2005:

Fortaleza: 23.731 (Série A)

A partir daqui, teremos médias da Série B também.

2006:

Sport: 15.974 (Série B)
Ceará: 14.896 (Série B)
Fortaleza: 11.786 (Série A)
Santa Cruz: 10.599 (Série A)
América/RN: 10.551 (Série B)

2007:

Sport: 24.617 (Série A)
Náutico: 12.703 (Série A)
América/RN: 9.366 (Série A)
*Carece de informações

2008:

Sport: 21.776 (Série A)
Vitória: 15.745 (Série A)
Náutico: 14.823 (Série A)
Ceará: 12.271 (Série B)
Fortaleza: 10.738 (Série B)

2009:

Ceará: 21.200 (Série B)
Sport: 16.606 (Série A)
Náutico: 14.265 (Série A)
Vitória: 13.592 (Série A)
Bahia: 13.356 (Série B)

2010:

Ceará: 23.467 (Série A)
Bahia: 18.654 (Série B)
Sport: 17.119* ((Série B)
Vitória: 14.785 (Série A)
Náutico: 9.689 (Série B)

2011:

Bahia: 22.741 (Série A)
Sport: 17.204 (Série B)
Ceará: 12.699 (Série A)
Vitória: 11.850 (Série B)
Náutico: 11.643 (Série B)

2012:

Bahia: 18.981 (Série A)
Sport: 17.838 (Série A)
Vitória: 16.192 (Série B)
Náutico: 12.594 (Série A)
Ceará: 8.236 (Série B)

2013:

Bahia: 18.449 (Série A)
Sport: 15.686 (Série B)
Vitória: 14.780 (Série A)
Ceará: 13.837 (Série B)
Náutico: 10.262 (Série A)

2014:

Sport: 18.220 (Série A)
Santa Cruz: 13.373 (Série B)
Sampaio Corrêa: 13.220 (Série B)
Bahia: 12.579 (Série A)
Ceará: 11.257 (Série B)

2015:

Bahia: 16.904 (Série B)
Ceará: 16.142 (Série B)
Sport: 15.080 (Série A)
Vitória: 13.210 (Série B)
Santa Cruz: 13.189 (Série B)

2016:

Bahia: 17.200 (Série B)
Vitória: 13.996 (Série A)
Sport: 11.968 (Série A)
Ceará: 11.079 (Série B)
Santa Cruz: 8.022 (Série A)

Clubes que mais vezes ficaram na primeira colocação:

Bahia (5 vezes)
Sport (4 vezes)
Ceará (2 vezes)
Fortaleza (2 vezes)

Maiores médias:

Sport: 24.617
Fortaleza: 24.351
Fortaleza: 23.731
Ceará: 23.467
Bahia: 22.741
Sport: 21.776
Ceará: 21.200

Fontes de pesquisa:

Rssf Brasil
Bola na Área
Gol Aberto
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana