A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Sampaio perde novamente e está eliminado da Copinha 2017

Na tarde desta quinta-feira, o Sampaio Corrêa encarou a Chapecoense pela 2ª rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017, no Estádio Ernesto Rocco, em Porto Feliz (SP). O Tubarãozinho perdeu a sua segunda partida por 4 x 2 e não tem mais chances de classificação. Na outra partida do grupo, o Nova Iguaçu venceu o Desportivo Brasil por 3 x 1 e está com um pé na próxima fase.

Com a derrota por 4x2, o Tubarãozinho não tem mais chances de classificação (Foto: Emilio Botta)
Depois de uma longa espera de 25 minutos por conta do atraso da equipe de arbitragem, o jogo foi iniciado e, aos 11 minutos, a Chape abriu o placar com Thiago Pato. Já na segunda etapa, o Tricolor chegou ao gol de empate com o lateral esquerdo Wesley, aos 8 minutos.

Quando se pensava que haveria uma reação maranhense, o time catarinense voltou a tomar a vantagem no placar com Lima, de pênalti, aos 19 minutos. Nove minutos depois, a Chape ampliou com Lucas, aos 29’.

A Bolívia Querida ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti com Fabrício, mas um minuto depois, aos 35’, Lentine fez o segundo do Tubarãozinho. Ainda houve tempo para a equipe de Santa Catarina marcar mais um com Vinícius, nos acréscimos, e fechar o placar, 4 x 2.

O Sampaio Corrêa foi a campo com: Wanderson Lima, Yann, Thiago Tomais, Silas, Wesley, Morango, Marcelinho (Sidys), Vinícius Barata (Caio), Thaynan, Fabrício (Luquinha) e Lentine. Técnico: Valbson Cruz.

Chapecoense: Tiepo, Gabriel Alemão (Fauth), Luiz Pedro (Lauri), Bruno Gaúcho (Vinícius), Ronei, Guilherme Ned, Guilherme Pessoa (Canhoto), Igor Alemão, Lima, Japa (Lucas) e Thiago Pato (Silvano). Técnico: Emerson Cris.

O Sampaio se despede da competição diante do Nova Iguaçu, líder do grupo, apenas para cumprir tabela, no dia 07, sábado, às 14h (de Brasília), no Estádio Ernesto Rocco.

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Oficial, Thiago Neves é do Cruzeiro

Foto: Cruzeiro


Em vídeo divulgado pelo Cruzeiro no Twitter, Thiago Neves é confirmado na Raposa. o meia-atacante mandou um recado para a torcida celeste:


"Olá, Nação Azul, agora ninguém vai apagar. Pode tuitar e retuitar à vontade, Thiago Neves é do Cruzeiro. Estamos juntos!"
O anúncio já havia sido feito na segunda-feira, pelo presidente Gilvan, mas ainda faltava detalhes para oficializar a contratação do jogador. Mas, em sua conta oficial no Twitter, o clube afirmou a contratação e logo após apagou a publicação postando outra onde dizia que havia apenas o interesse no atleta.
Na noite de quarta-feira (4), Thiago Neves publicou em sua conta na rede social que faltava pouco para ser anunciado como o novo reforço do Cruzeiro, porém, logo após, o atleta também apagou a mensagem.


video

Por mais Autuoris no futebol brasileiro

Lucidez na abordagem dos temas, sereno nas coletivas mesmo pós-derrota. Paulo Autuori sempre foi uma figura admirável no esporte e na vida. É um intelectual do futebol. Antes da grande parcela dos torcedores atentar-se a conceitos táticos, metodologias que ultrapassam os 90 minutos muito além do futebol de resultado, resultado que veio em sua passagem pelo oriente médio, mas que por questões administrativas (e de palavra de dirigentes, ou falta delas), resultaram na alegria do hoje torcedor atleticano de Curitiba. Uma entrevista torna-se aula de conceitos táticos e humanos, pois futebol não é uma analogia da vida, é sinônimo.

Paulo Autuori conquistou a América, o mundo, e legião de torcedores por onde passou. Torcedores que para ele são pilares do futebol, como dito em entrevista ao globoesporte.com, em 2013, sobre o que, no seu ponto de vista, o futebol no Oriente Médio não evolui: “Tem de mudar muita coisa. Não há público nos estádios, e futebol para mim tem dois protagonistas: jogadores e torcedores. Quando técnicos, dirigentes e árbitros querem ganhar protagonismo, estragam o espetáculo”.

Campeão brasileiro pelo Botafogo, da Libertadores da América por Cruzeiro e São Paulo, e mundial pelo tricolor paulista, o técnico é um dos que acreditam que a base de um clube deve ser levada a sério, e trabalhada no sentido literal da palavra. Foi um dos argumentos apresentados do modelo de gestão do clube rubro negro que mais pesaram para a decisão de dirigir o clube à beira dos gramados: “Acho que o clube de futebol, nos dias atuais, precisa ter um olhar profundo e delicado para sua formação e proporcionar este processo em condições não só materiais, mas acima de tudo em termos de ideais. Pela primeira vez na minha vida, de forma surpreendente, uma instituição me propôs desenvolver um trabalho que eu acredito e que eu gostaria de ter desenvolvido em outros clubes...”, disse o treinador e técnico a um repórter do mesmo site, no final do ano passado. Mas o que mais chama a atenção nesta reportagem é o anúncio do fim da carreira de treinador ao fim do seu contrato com o Atlético. O vínculo vai até o final do ano de 2017. Se tratando de um homem de forte personalidade, que prioriza muito as palavras, acredita-se que realmente esse seja o último ano de Paulo Autuori no banco de reservas. Azar o nosso.

A notícia boa fica por conta do que vem após a aposentadoria. A tendência é que o treinador, como diz em diversas entrevistas, reforce os bastidores do futebol brasileiro sendo dirigente. Sorte do futebol.

Enquanto o futuro parece incerto, nos resta acompanhar de perto a possível última temporada de Autuori comandando uma equipe à beira dos gramados. Acompanhe o Atlético Paranaense nessa temporada.

(Foto: Antonio More/A Tribuna PR)

Bournemouth 3 x 3 Arsenal: Paradoxo

Agonia no começo.... (Foto: Rex)
Vivemos um turbilhão de emoções nesse dia 3 de janeiro de 2017. Como se já não bastasse o que Giroud nos proporcionou no primeiro dia do ano, agora temos esse jogo maluco que, no fim das contas, foi bom e ao mesmo tempo ruim para o Arsenal, e já vamos saber o motivo...

O primeiro tempo do Arsenal foi de longe a pior atuação do time em anos. Fomos dominados pelo Bournemouth de ponta a ponta, os caras defendiam e atacavam com a mesma qualidade e parecia até um treino para os Cherries, que ainda jogaram sem o seu melhor jogador - que por acaso pertence ao nosso time ainda. No primeiro gol, Stanislas deu um lindo lançamento para Daniels, que aproveitou um buraco deixado por Bellerin - que fez o pior jogo de sua carreira - e marcou para abrir o placar.

Daí em diante foi um baile. O segundo gol foi através de um pênalti cobrado por Wilson após Xhaka - de novo - derrubar o jogador deles dentro da área. O suíço teve mais uma atuação mais ou menos e Elneny fez falta. O terceiro tento do time da casa foi quando Ryan Fraser conseguiu vencer na velocidade e na massa de Bellerin e marcou um gol no maior estilo FIFA. 

Momento do gol de Ryan Fraser. (Foto: Warren Little/Getty)
Era tenebroso. O Arsenal não conseguia trocar quatro passes em sequência que o Bournemouth já recuperava a bola. Muito disso era culpa de Aaron Ramsey. O galês, que não joga nada desde a Eurocopa, teve mais uma atuação ruim e matou qualquer tentativa ofensiva do time. Mas tudo mudaria com a entrada de Lucas Perez. O espanhol, mesmo com pouco tempo, mudaria a cara do jogo.

Lucas então se juntaria a Alexis e Giroud e eles seriam os jogadores que seriam os principais responsáveis para a nossa retomada. Em cruzamento de Chamberlain, o francês desviou sem querer e o chileno marcou de cabeça. Com isso, os Gunners começaram a acreditar que era possível e foram pra cima do adversário, mesmo que o chute do primeiro gol fora o primeiro chute no alvo durante todo aquele tempo de partida (25 minutos do segundo tempo).

Minutos depois, Giroud deu uma linda assistência - em minha opinião por querer - e o Lucas acertaria um chute de canhota de raríssima felicidade. O Arsenal continuou pressionando e foi beneficiado com uma (polêmica) expulsão de Francis. Com um a mais e com todos no ataque, não teria um desfecho diferente: Giroud fez o gol de empate após cruzamento de Xhaka. 

Chute de Lucas. O espanhol merece mais tempo de jogo. (Foto: Stuart MacFariane)
Um gol que marca que o francês vem sendo muito importante para a gente. Já o critiquei muito, mas hoje o cara só merece palmas. Do jeito que está jogando, é titular absoluto até sem uma perna. Esforçou-se e não desistiu de buscar o empate, ofuscando o brilho de Alexis. O francês não é nenhum atacante de renome mundial, mas não é de longe ruim e vem mostrando o seu valor. Os torcedores que ainda conseguem criticar o francês têm sua opinião formada apenas em pirraça.

Lucas Perez é outro que merece aplausos. Vindo do futebol espanhol, sempre mostra a raça de seu país natal quando entra em campo. Por muitas vezes reservas, ele deveria ser o 12º jogador do time e não Chamberlain, que na maioria das vezes que entra não muda em nada no jogo. Mas vindo de Arsène Wenger isso provavelmente não vai mudar, já que ele continua insistindo em suas ideologias que há muito tempo não vem dando resultado. 

....alegria no final. (Foto: Warren Little)
Estamos vivenciando um dilema. Ao mesmo tempo estamos felizes com a super-reação do time e a vontade de (alguns) jogadores em não desistir e ir atrás do resultado mesmo com o placar muito alto - o que é admirável e deve ser exaltado - e ao mesmo tempo estamos vendo cada vez mais longe nossas chances de alcançar o Chelsea - que ainda joga na rodada. É literalmente um paradoxo. Ora temos motivo para sorrir, ora para ficar preocupado. O campeonato é longo e como torcedor temos a obrigação de não jogar a toalha, mas com essas atuações malucas e com decisões erradas de nosso treinador será realmente difícil alcançar o primeiro lugar.

Tá difícil, mas a gente não para de torcer! COYG.

Twitter: @SiteLF / @LFEuropa
Autor: Sergio Santana (@sergiostn_)

Futebol e resultado em apenas um tempo de jogo

Pelo grupo 17 o Corinthians fez a sua estreia na Copa São Paulo de Futebol Junior. O Sub20 do Timão chegou a realizar na tarde desta terça-feira (3) o reconhecimento do gramado do Joaquinzão, em Taubaté-SP, casa do Timãozinho na Copinha. O técnico Osmar Loss reduziu um pouco o tempo da atividade, pois quando a delegação chegou começou uma forte chuva.

Atual vice-campeão, o Timão foi em busca do seu décimo título na Copinha. Venceu em 1969, 1970, 1995, 1999, 2004, 2005, 2009, 2012 e 2015. Desde a chegada de Osmar Loss, no fim de 2013, o Corinthians chegou a todas as finais do torneio. Será a última participação de Loss a frente da base Corintiana, pois o mesmo irá integrar a comissão do futebol profissional após o torneio. A campanha do comandante a frente do alvinegro é bastante positiva, com 90% de aproveitamento Loss soma em 25 jogos, 22 vitórias, dois empates e uma derrota.

O Alvinegro contava em seu elenco com nove jogadores que compuseram o time do ano passado: Filipe (GOL), Luan (GOL), Guilherme Romão (LAE), Del’Amore (ZAG), Renan Areias (VOL), Mantuan (VOL), Fabricio Oya (MEI), Pedrinho (MEI) e Carlinhos (ATA), dentre eles, Mantuan e Carlinhos integram o elenco profissional do Corinthians.

Já a equipe do Pinheiro participou pela primeira vez da Copa São Paulo e é o atual campeão Maranhense Sub-19 conquistado de maneira invicta. O time comandado por Mael Reis contava com o meia Idvaldo que já jogou profissionalmente disputando a Série B do Campeonato Maranhense e apostava suas fichas no meia Neto.

Foto: Corinthians/Divulgação
Com a bola rolando acho que nem os que previam uma vitória do Corinthians imaginou que seria goleada por 6x0. Só na primeira etapa foram cinco gols marcados dentre eles dois golaços. Guilherme Romão, Mantuan (2), Pedrinho e Carlinhos (2) foram os nomes do jogo ao anotar seus gols, Carlinhos anotou um de seus gols em cobrança de penalidade.

Alguns garotos da base chamaram atenção, o zagueiro Del’Amore jogou bem, soube se defender nas raras vezes que o Pinheiro tentou atacar e saia bem ao jogo; o lateral esquerdo Guilherme Romão soube se defender, atacar e cruzar a bola na área; Mantuan mostrou dentro de campo o porque é o capitão desta equipe, o volante estava presente em todas as jogadas que o Corinthians tentava apresentar; Carlinhos mostrou o porque veste a camisa 9, não desistiu das jogadas e foi ao ataque.

É o primeiro jogo apenas desta equipe na Copinha, é cedo ainda para tirar qualquer conclusão, porém a primeira impressão da equipe foi interessante ao estrear goleando. Mas não se deixe enganar, foi apenas um bom primeiro tempo, a etapa complementar ficou um pouco monotoma sem grandes oportunidades, o goleirão Felipe praticamente assistiu ao jogo inteiro sem ser acionado.

Fábio Carille, atual treinador do elenco profissional do Corinthians esteve presente em Taubaté para acompanhar o futebol que essa garotada irá apresentar, e claro, ficar de olho para os nomes que irão subir ao time principal.

Corinthians: Felipe, Samuel, Del’Amore, Thiago, Guilherme Romão (Carlos); Mantuan (Ralo), Renan Areias, Pedrinho (Lucas Amorim), Frabricio Oya (Matheus), Marquinhos (Luisinho); Carlinhos. Técnico: Osmar Loss

Isabela Macedo || @ismacedo_
Linha de Fundo || @SiteLF

No grupo da morte, Brasil busca campanha inédita no Mundial Masculino de Handebol

(Foto: Cinara Piccolo/Photo&grafia)
Dia 11 começa a caminhada da Seleção Brasileira na busca de uma campanha histórica no Mundial Masculino de Handebol, que será realizado na França.

E o adversário da estreia são os donos da casa ou um dos favoritos ao título da competição. Além dos Franceses, o Brasil tem como adversários no Grupo a Polônia em 14 de janeiro; o Japão (15/1); a Noruega (17/1); e a Rússia (19/1). Parada difícil, o grupo da morte.

Mantendo a base que disputou os Jogos Olímpicos do Rio 2016, o técnico Washingon Nunes que assumiu o comando após a saída do espanhol Jordi Ribera em setembro do ano passado, convocou no último dia 23, os 16 jogadores que representarão o Brasil no Mundial. São eles:

Goleiros: César Augusto de Almeida 'Bombom' (OIF Arendal-Noruega) e Maik Santos (AL-Rayyan-Qatar).

Armadores: Gabriel Ceretta Jung (FC Barcelona-Espanha), Haniel Lângaro (BM Naturhouse La Rioja-Espanha), José Guilherme de Toledo (Orlen Wisla Plock-Hungria), Oswaldo Maestro Guimarães (Anaitasuna-Espanha), Thiago Alves Ponciano (BM Ciudad Encantada-Espanha) e Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos (Mol-Pick Szeged-Hungria).

Centrais: Henrique Teixeira (CB Huesca-Espanha) e João Pedro Francisco da Silva (Chambery Savoie Handball-França).

Pontas: Claryston David Cordeiro Novais (Taubaté/FAB/Unitau-SP), Fábio Chiuffa (KIF Kolding Kobenhav-Dinamarca), Guilherme Torriani (Taubaté/FAB/Unitau-SP) e Lucas Cândido (BM Guadalajara-Espanha).

Pivôs - Alexandro Pozzer (Fertiberia Puerto Sagunto-Espanha) e Rogério Moraes (WC Vardar-Macedônia)

Comissão técnica:

Técnico: Washington Nunes
Assistente técnico: Hélio Lisbo Justino
Treinador de goleiros: Diogo Castro
Preparador físico: Fernando Millaré
Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa
Supervisor: Cássio Marques

O Campeonato Mundial de Handebol Masculino de 2017 será a 25ª edição do evento. São quatro grupos com seis seleções cada, as quatro primeiras colocadas avançam para as oitavas de final. 

Após férias, atletas do Sada Cruzeiro se reapresentam

Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro
A equipe do Sada Cruzeiro se reapresentou na última segunda-feira (2), no CT no Barro Preto, para dar início aos treinamentos para o segundo turno da Superliga. A próxima partida do líder da competição será neste sábado (7), às 19h, no Riachão, contra o São Bernardo.

O técnico Marcelo Mendez comentou sobre a volta da equipe aos treinamentos e elogiou a equipe.

Todos voltaram muito bem. Foi um descanso muito bom, principalmente pela rotina que estávamos vivendo, com muitos jogos, muitas competições. Todos os jogadores retornaram bem, com ânimo renovado para este ano que se inicia. Agora é concentrar nossa preparação para as primeiras partidas que vamos disputar”.

Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro
Invicto na Superliga, Sada Cruzeiro terminou o primeiro turno com 32 pontos, perdeu apenas um contra o SESI, na vitória por 3 sets a 2 contra a equipe paulista. Foram 11 vitórias em 11 jogos, a melhor campanha do turno, mostrando que é o favorito ao título.

A mesma retórica

A velha história, os mesmos problemas e os resultados nada além de satisfatórios para manter o Middlesbrough fora da zona de rebaixamento. Time defensivamente agrada, pois é regular, porém ofensivamente deixa a desejar e por esta deficiência o Boro segue perdendo pontos importantes - que deixariam a equipe distante do grupo que leva a Championship - que certamente daria mais tranquilidade para os seus fanáticos adeptos.

Nesta segunda (02) o Middlesbrough mediu forças com o Leicester no Riverside. Karanka mandou a campo um time com algumas alterações devido a desgastante rodada do Boxing Day, já que a equipe havia jogado no dia 31 de dezembro contra o Manchester United no Old Trafford, partida na qual terminou em derrota por 2 a 1. No confronto contra os foxes, o Boro não conseguiu sair de um empate por 0 a 0. O que se viu do Middlesbrough foi algo recorrente: uma defesa sólida, que passa confiança, e um ataque pobre com dificuldades de acertar os arremates no alvo. Negredo e Ramírez tiveram boas chances de marcar, mas não conseguiram marcar o gol. Karanka foi neutro ao falar sobre o resultado: "Um ponto valioso que nos permite seguir somando e ganhar confiança nesta liga tão exigente. Seguimos trabalhando na mesma direção".

De Roon (MID) e Okazaki (LEI). Fonte: Mirror
O empate deixou o Middlesbrough na 16ª colocação da Premier League, quatro pontos a frente do primeiro time da zona de rebaixamento. O próximo confronto da equipe pelo campeonato inglês será contra o Watford, no próximo dia 14. Mas antes disso a equipe encara o Sheffield Wednesday pela FA Cup no domingo (08) dentro de casa.

Ante a carência ofensiva, o Middlesbrough foi ao mercado e anunciou nesta quarta-feira (04) a contratação do atacante francês Rudy Gestede que estava atuando pelo Aston Villa. Gestede chega com status de solução para o ataque do Boro, já que Rhodes e Negredo não conseguem mostrar consistência na parte ofensiva.

Por: Ronaldo Lopes / @RonaldoLopes777
@SiteLF / @LFEuropa
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana