A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

quinta-feira, 2 de março de 2017

O resultado não veio, mas a vantagem é do Tricolor

Paraná e Figueirense entraram em campo nessa quinta-feira (02) disputando uma vaga nas quartas da Primeira Liga. Se o Tricolor vencesse, estaria classificado; caso a vitória fosse do Figueirense, bastava só um empate no último jogo contra o Avaí para classificar; já se desse empate, - que foi o caso - a classificação do Tricolor estaria bem encaminhada, pois o Furacão de Santa Catarina teria que vencer o clássico por três gols de diferença ou por dois gols se marcar de quatro em diante.

paraná x figueirense primeira liga (Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo)
Ítalo disputando a bola com o zagueiro Dirceu (Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo)
A partida começou em ritmo lento, com pouca movimentação no campo ofensivo. A partir dos 15 minutos, o Figueirense teve controle total em campo até o final da etapa inicial. O Tricolor pouco chegou ao primeiro tempo e não ofereceu perigo ao gol adversário.

A primeira finalização a gol do Paraná foi aos 2 minutos do segundo tempo, numa cabeçada após cobrança de falta. O jogo ficou bem aberto e os dois times tiveram várias chances de gol, mas não foram bem aproveitadas. A melhor chance do Tricolor no jogo foi em uma cabeçada de Renatinho após cruzamento de Diego Tavares que passou por cima da meta de Thiago Rodrigues.

A classificação do Tricolor para as quartas já está bem encaminhada. Como já dito, o Paraná só não se classifica caso o Figueirense ganhe por três gols de diferença ou dois se fazer quatro gols os mais. Se a classificação seja concretizada, o adversário do Paraná será um dos primeiros colocados que será conhecido por sorteio. A única certeza é que, com a classificação, o Tricolor vai jogar fora de casa por se classificado em segundo lugar.

MELHOR DA PARTIDA

A partida do Tricolor foi sem brilho, mas ainda sim há jogadores que merecem destaque. Bruno Cantanhede foi o que mais buscou o jogo, principalmente pela direita, sendo o protagonista da maioria das jogadas de ataque do Paraná.

PRÓXIMO CONFRONTO

Paraná volta a campo no próximo domingo (05), às 16h, contra o Rio Branco em casa. O Tricolor entra na partida em busca da manutenção da liderança do Campeonato Paranaense.

Knicks vence os Magics com facilidade

Com mais uma boa atuação, os Knicks venceram o Orlando Magic por 101 x 90 jogando no Amway Center. Foi um jogo onde mantemos ritmo constante durante toda a partida, ficando sempre à frente no placar. Esperamos que essa vitória nos de confiança e moral para seguirmos melhorando.

Rose com mais uma das suas infiltrações sensacionais ( Foto: Fernando Medina/NBAE via Getty Images)
Nosso banco foi importante nesse jogo, mas o que chamou mais a atenção foi a distribuição dos pontos do time. Cinco jogadores com dois dígitos de pontuação e um com nove pontos. Na defesa, um crédito a mais para Lance Thomas (não é brincadeira). Como vem melhorando em todos os fundamentos, deixando os torcedores dos “Knickboxers” surpreendidos.

O jogo em si, não foi lá muito emocionante. Como os Knicks dominaram de ponta a ponta, ficou fácil tomar conta da partida. Durante o segundo período, os Knicks chegaram a liderar por 15 pontos de diferença. O jogo foi para o intervalo com o placar de 60 x 51 para Nova York. Depois, os dois últimos quartos restantes de um basquete bonito, boa defesa e precisão no ataque, com poucos turnovers. No final da partida, o jovem Chasson Randle, estreou pelos Knicks. Ele veio para suprir Jennings, que foi dispensado pela franquia.

Alguns destaques:

- A volta de Porzingis na posição de pivô, sendo o cestinha do time.

- Com a saída de Brandon Jennings para o Washington Wizards, Ron Baker ganhará mais minutos em quadra e nesse jogou mostrou mais uma vez que pode ser muito útil ao Knicks.

- Mesmo sem Hernàngomez, O'Quinn veio muito bem do banco defensivamente.

Porzingis - 20 pontos, 9 rebotes
Rose - 19 pontos, 7 rebotes, 4 assistências
Carmelo Anthony - 17 pontos, 9 rebotes
Justin Holiday - 14 pontos
Lance Thomas - 11 pontos, 5 rebotes
M. Kuzminskas - 9 pontos, 7 rebotes

Próximo jogo na sexta-feira, dia 3, contra o Philadelphia 76ers fora de casa.

Let's go Knicks - João Eduardo Gurgel

Classificado, mas preocupado

Fala, Turma da Fuzarca!

Não dá mais. Chega!

Apesar da vitória e da classificação do Vasco, ontem, contra o Vila Nova por dois a um, em Goiânia, o torcedor Cruzmaltino vive anos pavorosos e teme por mais uma frustração.

Foto: Terra Esportes
Não estou sendo pessimista, apenas estou expondo a mais dura verdade: Caso o Cristóvão não saia, não teremos muitas felicidades neste ano.

Qual a função do treinador? Treinar. Pois bem, já são dois meses de trabalho e não vimos nada. Cristóvão tentou dois meias como volantes, mesmo sem saberem marcar. Não deu certo.

O mais recente foi Wagner, que pode ter lugar no time, porém não no lugar do Guilherme. Cristóvão tentou, errou de novo.

E a alteração? Sempre a mesma. Escudero! Não importa quem saia, já sabemos quem entrará. É o novo Jorge Henrique, o famoso jogador “versátil”.

Se você estiver achando que estou sendo pesado demais, veja o histórico de Cristóvão: Seis grandes clubes e nenhuma passagem gloriosa. Ou seja, sem capacidade de treinar uma equipe do porte do Vasco.
 
Sem padronização, sem tática, sem comando, sem bola, sem futebol.
 
Na próxima fase, o Vasco vai encarar o Vitória, sendo o primeiro jogo em São Januário e o segundo no Barradão.

Abcs, Galera,

Matheus Freitas  @_MFreitas9_ 
Linha de Fundo   @sitelf

Sornoza desencanta e Flu passa na Copa do Brasil

Sinop x Fluminense - Copa do Brasil - 01/03/2017

Depois do preocupante jogo de sábado contra o Madureira, o Flu entrou em campo pela Copa do Brasil para enfrentar o Sinop em Mato Grosso. Dado o novo regulamento, o Tricolor não podia bobear, pois um empate significaria disputa de pênaltis e a derrota, eliminação. Ciente do perigo, Abel colocou o time titular para que evitássemos um vexame.

O jogo começou com o Fluminense jogando muito mal. A torcida adversária empurrava o time da Série D para cima de nós e o campo não ajudava a troca de passes. Até o time se acostumar com o gramado horroroso, Renato Chaves proporcionou uma boa chance para o time dirigido por Marcelo Birigui e alguns minutos depois Orejuela acabou perdendo a bola que originou o 1-0. Mesmo depois do gol, o Flu continuou perdido e o medo da eliminação começava a aumentar. Julio César fez boas defesas e conseguimos levar a derrota mínima para o vestiário.

Sinop x Fluminense - Copa do Brasil - 01/03/2017
Sornoza foi o cara do jogo e esperamos que faça ainda mais gols. Foto: Nelson Perez/Divulgação FFC
Veio o segundo tempo e Abel colocou Marquinhos Calazans no lugar de Léo. Isso ajudou a dar mais estabilidade ao time que começou a liberar mais os lados e Orejuela passou a voltar bem mais quase que como um terceiro zagueiro. Com a cabeça no lugar e as peças encaixadas, foi questão de tempo o belo gol de falta de Sornoza para empatar, o pênalti bem batido de Dourado para virar e o excelente chute de fora da área de novo do equatoriano para fechar o 3-1.

Sinop x Fluminense - Copa do Brasil - 01/03/2017
Ceifou! Foto: Nelson Perez/Divulgação FFC
Agora a preocupação é o Fla-Flu. Por enquanto a decisão continuará sendo no Engenhão e com torcida exclusiva Tricolor. Ainda espero que a decisão possa ser revertida para que possamos ver um estádio bonito com torcedores de ambos os times.

Falando do assunto dentro de campo, Scarpa tem boas chances de voltar, Orejuela também é dúvida e nosso único desfalque confirmado, além de Cavalieri que já está fora há bastante tempo, será Douglas pela expulsão contra o Madureira. Espero que o time jogue como jogou a fase de grupos da taça Guanabara e ganhe o título para nos dar tranquilidade para focar na Copa do Brasil e na Sul-Americana.

Saudações Tricolores

Matheus Garzon

Diá estreia e o Sampaio faz história na Copa do Brasil

Debaixo de forte chuva, o Sampaio Corrêa recebeu o Guarani de Juazeiro (CE), no Estádio Castelão, às 20h30 de ontem (01/03), em São Luís, pela 2ª Fase da Copa do Brasil. O Tricolor venceu por 2 a 0. Além de marcar a estreia de Francisco Diá no comando da equipe, a Bolívia Querida fez história na competição, pois é a primeira vez que o clube avança para a 3ª fase, igualando o feito do Maranhão Atlético Clube.

Tubarão avança na Copa do Brasil (Foto: Divulgação / sampaiocorreafc.com.br)
O técnico Francisco Diá, ex-Altos do Piauí, contratado no início desta semana, substituindo a Vinícius Saldanha (com apenas duas vitórias em nove jogos), não teve muito tempo de conhecer bem o elenco, mas com o auxílio de Arlindo Maracanã, Gerente de Futebol, escalou o time e promoveu algumas poucas alterações. Alex, afastado por um bom tempo por ter contraído catapora, e Breno voltaram ao comando da zaga. Giovani e Henrique ganharam a titularidade no ataque. O jovem Guilherme está machucado e não fez parte dos relacionados para a partida.

O Tricolor de São Pantaleão sentiu bastante dificuldade no início do jogo por conta do acúmulo de água no gramado do Castelão. Depois de adequar-se às condições, o Sampaio passou a pressionar o Guarani e criou algumas ótimas chances de gol, principalmente com Hiltinho. Durante o primeiro tempo, o time maranhense aproveitou pouco o gramado molhado para chutar de fora da área. Foram apenas dois tiros em direção ao gol.

Logo no início do segundo tempo, a pedido do treinador, Daniel Barros testou o goleiro adversário com um chute forte de fora da área, mas o guarda-redes defendeu. Um minuto depois, aos 3’, o Sampaio chegou ao seu primeiro gol dessa mesma forma. Giovani recebeu de costas, girou e chutou forte de direita no canto esquerdo de Fábio, que nem se mexeu.

A Bolívia Querida não tirou o pé do acelerador e ampliou o placar aos 22 minutos. Daniel Barros, em cobrança de falta, levantou a bola na área, o zagueiro Breno desviou levemente de cabeça na primeira trave e a bola “morreu” lentamente no cantinho do gol, entre as pernas do goleiro.

Mesmo à frente no marcador, o Sampaio não se acomodou, continuou criando oportunidades e só não ampliou o placar por conta dos erros nas finalizações. O Guarani partiu para o tudo ou nada e incomodou um pouco mais na metade da segunda etapa, obrigando Jean a trabalhar, mas não conseguiu diminuir a vantagem tricolor.

A vitória carimbou o passaporte boliviano para a terceira fase da competição, na qual enfrentará o Internacional, de Porto Alegre, agora em dois jogos, de ida e volta. As datas dos confrontos e os mandos de campo foram definidos em sorteio pela CBF nesta tarde. Sampaio Corrêa e Internacional jogarão no Castelão, em São Luís, no dia 08/03 (ainda sem definição de horário) e em Porto Alegre, no Estádio Beira-Rio, no dia 15/03 (também sem hora definida).

Agora o Sampaio volta as suas atenções ao Maranhense para enfrentar o São José, pela 5ª rodada, no Estádio Dário Santos, às 15h45 do próximo sábado (04/03), em São José de Ribamar. O Tricolor de Aço é o segundo colocado do Grupo A com cinco pontos, atrás do Imperatriz, já classificado, que tem 11.

FICHA DO JOGO:
SAMPAIO CORRÊA 2 X 0 GUARANI DE JUAZEIRO (CE)
Local: Estádio Castelão, São Luís (MA)
Data: 01 de Março de 2017, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Andrey da Silva e Silva (PA)
Gols: Giovani, aos 3’ 2º T, e Breno, aos 22’ 2º T
Cartões amarelos: Esquerdinha e Valderrama (Sampaio); Ítalo, Talisson Calcinha e Leilson (Guarani)

Sampaio Corrêa: Jean; Arthur, Alex Maranhão, Breno e Esquerdinha; Valderrama, Daniel Barros (Felipe Costa), Cleitinho (Ruhan) e Hiltinho; Henrique (Cloves) e Giovani. Técnico: Francisco Diá.

Guarani de Juazeiro: Fábio; Talisson Calcinha, Regineldo, Pedro Lucas (Sadrak) e Zé Aquiraz; Dim, Da Silva (Roberto Jacaré), Adenilson e Leilson; Ítalo e Ronda (Emerson). Técnico: Washington Luís.

Marcos Fernandes || Twitter: @poetafernandes
Linha de Fundo || @SiteLF

Oeste perde mais uma e volta ao Z6

Na noite desta quarta-feira (01), o Rubrão pegou o Rio Claro e teve um péssimo resultado na Arena Barueri. O time visitante foi para Barueri para jogar futebol e foi o que fez, já o time da casa não conseguiu jogar.

Na primeira etapa o Oeste perdeu muita bola no meio de campo, sempre resultando em contra-ataque do Rio Claro. O visitante fez o primeiro aos 35 minutos, após o cruzamento do Rayllan para a direita, Daniel aproveitou a sobra e empurrou para as redes abrindo o placar.

(Foto: Barueri Esporte Forte)
Depois ainda viria o segundo, aos 24’ do segundo tempo, no contra-ataque, Daniel Bruno invadiu a grande área e bateu entre o goleiro e a trave aumentando o placar.

O gol de honra do Oeste foi de Thiago Adam e saiu aos 43’ do segundo tempo, ele recebeu dentro da grande área e bateu rasteiro. Fazendo o único gol do rubro-negro na partida. O Galo Azul venceu o time mandante por 2x1.

O próximo jogo do Rubrão será fora de casa, contra o Sertãozinho no domingo (05), às 10h00, local ainda está indefinido.

Nova decepção

Duas vitórias e reaproximação das primeiras colocações na tabela. Foi com estes resultados que o Taubaté entrou em campo na noite da última quarta-feira para encarar fora de casa o Barretos. Um novo triunfo poderia levar o time para a zona de classificação para as semifinais.

Porém, o time comandando pelo técnico Evaristo Piza voltou a apresentar o velho futebol que deixou o torcedor preocupado nas primeiras rodadas. O Burro da Central ainda saiu vencendo com gol de Caíque, mas a alegria não durou muito tempo. Ainda na etapa inicial o Barretos virou o marcador, novamente graças a erros clamorosos da defesa e do goleiro, desta vez Célio Gabriel, que havia barrado o criticado Mauricio nas partidas em que o Alviazul saiu vencedor de campo.

No segundo tempo, o Taubaté jogou com um homem a mais desde os oito minutos, mas nem assim soube tirar proveito da vantagem. A dificuldade em criar jogadas foi preocupante.

Após duas vitórias seguidas, Burro da Central voltou a decepcionar o torcedor. Foto: Bruno Castilho/EC Taubaté
A gangorra de atuações volta a preocupar. Os resultados da rodada ajudaram, e o Taubaté segue na parte de cima da tabela, porém agora três pontos atrás do quarto colocado.

A dúvida que está na cabeça do torcedor taubateano é a seguinte: Teremos forças para brigar em cima, ou em breve, assim que começarmos a cruzar com os times mais fortes, estaremos lutamos contra a zona de rebaixamento? Cair seis times é cruel e preocupante demais para todos os envolvidos nesta Série A2.

Próxima parada, Rio Claro, enfrentar o Velo Clube na noite de sábado, adversário que está entre os últimos colocados. Se o Burro não somar os três pontos, a crise estará de volta ao Joaquinzão. 

Vai deixar o título escapar novamente?

Em jogo polêmico, com alarde de Bale, juiz mal intencionado e outros fatores influentes na partida, o Real Madrid enfrentou o Las Palmas, nesta quarta (01), pela 25ª rodada da La Liga. Vindo de vitória eletrizante contra o Villarreal, a equipe merengue enfrentou o Las Palmas, no Santiago Bernabéu, na qual apenas empatou e deixou a liderança escapar.

Tinha dito no texto anterior que o jogo seria teoricamente "fácil", pelo simples fato de que a equipe de Gran Canaria tem certa dificuldade de vencer fora de casa. Não estava enganado. A equipe do Las Palmas não venceu, mas também não saiu derrotado do Bernabéu. Nós, torcedores merengues, como conhecemos nossa equipe, sabemos que o Real Madrid gosta de dificultar coisas que aparentemente estão fáceis, e hoje não foi diferente.

Hoje, o nosso técnico Zinedine Zidane poupou algumas peças importantes, tais como: Casemiro, Modric e Pepe. O meia croata e o defensor português, foram relacionados para enfrentarem o Las Palmas, porém, estiveram no banco e não entraram no decorrer da partida. Já o volante brasileiro Casemiro, sequer foi relacionado. Utilizando o tradicional 4-3-3, o Real Madrid foi à campo com: Keylor Navas; Marcelo, Sérgio Ramos, Nacho e Carvajal; Kovacic; Kroos e Isco; Cristiano Ronaldo, Morata e Bale.

O Las Palmas surpreendeu no Bernabéu, e conseguiu arrancar um empate. (Fonte: ZeroZero)
No primeiro tempo, o Real Madrid começou surpreendendo. Em menos de um minuto, Morata recebeu cruzamento na medida de Bale, e finalizou marcando aquele que seria o primeiro gol da partida, porém, estava impedido - gol anulado corretamente. O primeiro gol posteriormente sairia após alguns minutos. Aos 8', Kovacic saiu carregando a bola no meio-campo, com boa visão de jogo, achou Isco livre da marcação e deu belo passe para o espanhol, que só teve o trabalho de bater para o gol, marcando o primeiro da partida. 1-0.

O Las Palmas, com rápido poder de reação, também não demorou pra marcar o seu primeiro gol. Aos 10', Tana recebeu passe de Simon, driblou e conseguiu limpar Sérgio Ramos e Kovacic da jogada, passando com facilidade pelos dois e finalizando com um forte chute para o gol de Keylor Navas, sem chance alguma para o goleiro costarriquenho. 1-1.

Nos primeiros 30 minutos do primeiro tempo, o Las Palmas tinha toda a posse de bola, só que, com dificuldade pra criar. A equipe de Quique Setién é a terceira com mais posse de bola na La Liga, vale ressaltar. Jonathan Viera, o líder de assistências da equipe e um dos que mais criam chances no Campeonato Espanhol, pra nossa sorte, não estava muito inspirado até então. Só que no segundo tempo incorporou, chamou a responsabilidade e foi crucial para o desempenho da equipe melhorar no segundo tempo.

Bale foi expulso no segundo tempo, o galês perdeu a cabeça. (Fonte: ZeroZero)
No segundo tempo as coisas começaram a piorar. Bale foi expulso após conduta violenta em Jonathan Viera. O nosso ponta-direita, que vinha fazendo boa partida, perdeu a cabeça e deu um forte empurrão no meia da equipe adversária e acabou sendo expulso, após tomar segundo amarelo, e consequentemente, o cartão vermelho. Aquilo afetou o psicológico de toda nossa equipe, e também, o rendimento em campo.

Aos 55', Sérgio Ramos interceptou Prince-Boateng na área, e bola sobrou no pé do lateral da equipe adversária, que chutou no braço de Sérgio Ramos (que tinha encolhido os braços, pênalti no mínimo duvidoso/discutível). Jonathan Viera cobrou no meio do gol e fez o gol da virada do Las Palmas. Além desse lance, houve outra jogada que resultaria em gol do Morata, mas foi indevidamente assinalado o impedimento. O jogador espanhol estava em posição regular, e novamente, influência do árbitro no resultado do jogo.

O terceiro gol da partida veio alguns minutos depois. Aos 59', Prince-Boateng recebeu belo lançamento de Jonathan Viera, limpou Navas fora da área, e chutou para o gol livre e sozinho. Jonathan Viera foi sem dúvidas o destaque da partida, o melhor em campo. Pro nosso azar, voltou com tudo no segundo tempo e teve participação direta em dois dos três gols do Las Palmas.

Cristiano Ronaldo voltou a "carregar a equipe nas costas" e salvou a equipe da derrota. (Fonte: ZeroZero)
Cristiano Ronaldo, que vinha tendo partida discreta até então, resolveu brilhar a sua estrela nos minutos finais, salvando a equipe de um resultado desastroso. Aos 85', recebeu livre pela direita e cruzou na área, a bola tocou no braço do defensor do Las Palmas e o juiz marcou pênalti. O gajo fez o que se esperava dele, converteu o pênalti, descontando pra equipe merengue.

Como sabemos, o maior artilheiro da história da nossa equipe, não precisa de 90 minutos pra decidir um jogo, e sim, apenas poucos minutos. Ele ama calar os críticos e "carregou" a equipe nas costas. Sim, entre aspas, até porque fez uma partida pífia e resolveu aparecer nos minutos finais, como de costume. Aos 89', recebeu cruzamento perfeito de James, cabeceou com força no gol, sem chances para o goleiro da equipe adversária. 3-3, e ficou por assim.

Após esse tropeço lamentável em pleno Santiago Bernabéu, o Real Madrid perdeu a liderança pro Barcelona, que goleou o Sporting Gijon por 6-1 e assumiu "provisoriamente" o primeiro lugar do Campeonato Espanhol. O nosso próximo confronto será no próximo sábado (04/03), contra o Eibar, no Municipal de Ipurua. O Eibar, do artilheiro Sergi Enrich, é o sétimo colocado da La Liga e também gosta de aprontar contra times da parte de cima da tabela.

#HalaMadrid

Por: Kayo Henrique | | Twitter: @Heenrique010
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana