A SUA LINHA DE NOTÍCIAS

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

TWITTER

FACEBOOK

Premier League Brasil

Siga-nos nas redes sociais

Popular Posts

Quem sou eu

CLASSIFICAÇÃO

terça-feira, 21 de março de 2017

Sem Waiters, Heat perde para o Blazers

O Miami Heat entrou na partida de ontem precisando da vitória para continuar na zona de classificação para os playoffs. Porém, o adversário da partida, o Portland Trail Blazers, também precisava da vitória, para se aproximar do oitavo lugar da conferência Oeste.

Com essa briga em jogo, os times começaram muito produtivo no ataque, com seus principais jogadores, Hassan Whiteside e Damian Lillard, liderando os placares no primeiro quarto. O segundo quarto começou com um placar de 29-28 para o Heat, mas a equipe deixou escapar a liderança e foi para o intervalo perdendo por 52-51.

Hassan Whiteside, considerado o jogador da semana da conferência Leste, enfrenta a marcação do bósnio Jusuf Nurkic (Foto: NBA.com)
No terceiro quarto, Lillard dominou e Whiteside acabou cometendo três faltas rápidas, dando a ele sua quarta, e forçando o técnico Erik Spoelstra a sacá-lo antes de acabar o período. Foi aí que o Blazers abriu seis pontos de vantagem, com um placar de 85-79 para o time de Oregon. O último quarto foi marcado pela grande performance do armador do Blazers, que fez 16 pontos nos últimos 8:26 do jogo, totalizando 49 pontos no jogo, e garantiu a vitória dos Portland por 115 a 104.

Essa é apenas a sexta derrota dos últimos 29 jogos do Miami Heat e a segunda em casa desde o dia 1º de Janeiro de 2017.

Além disso, no dia seguinte, o pivô Hassan Whiteside recebeu o prêmio de jogador da semana da Conferência Leste da NBA. Hassan teve médias de 20 pontos, 13.7 rebotes e 2.67 tocos, acertando 73% dos seus arremessos e liderando o Heat a uma campanha de duas vitórias e uma derrota durante essa sequência.

James Johnson- 24 pontos, 7 rebotes, 5 assistências
Hassan Whiteside- 17 pontos, 10 rebotes
Goran Dragic- 17 pontos, 3 roubos
Tyler Johnson- 14 pontos

Próximo jogo do Heat é a terça (21) contra o Phoenix Suns, em casa, na American Airlines Arena.

LET'S GO HEAT!

Gabriel Barros

Duas vitórias e uma certeza

Depois dessa maratona de jogos vamos ter um merecido descanso, o Manchester só volta a jogar agora no dia 1 de abril contra o West Bromwich em Old Trafford.

Romero vem cada vez mais jogando melhor, será que já faz sombra ao titular De Gea? (Getty Images)
Na quinta-feira passada o teatro dos sonhos foi o palco da partida de volta pela Liga Europa. Recebemos o Rostov e garantimos nossa classificação com uma vitória por 1x0 gol de Juan Mata e principalmente pela atuação do goleiro Sérgio Romero, defendendo inclusive uma falta cobrada no ângulo no último lance do jogo.

O goleiro argentino vem mantendo ritmo de jogo desde a chegada do treinador José Mourinho, atuando nas partidas de copa, ele não tem decepcionado, vem defendendo de forma consistente e a cada atuação a impressão que tenho é que ele vem numa melhora constante.

Fella deixa o dele em mais uma partida e vem somando boas atuações. (Getty Images)
No domingo fomos ao Riverside Stadium para enfrentar o Middlesbrough e apesar do placar de 3x1 favorável aos Red Devils o jogo foi duro e poderíamos ter nos complicado, marcando assim a nossa vitória de número 600 na Premier League.

No primeiro tempo Victor Valdez fez jus à lei do ex, e fechou o gol com três defesas importantíssimas, mas não foi páreo para a cabeçada do gigante Fellaini que abriu o placar.

No início do segundo tempo Lingard ampliou o marcador com um golaço e a partir daí o time se retrancou demais, trazendo o Boro para sua defesa. De tanto martelar eles marcaram um gol numa falha incrível de Smalling, o que fez o time da casa ir para o abafa, na esperança do empate.

Entre trancos e barrancos conseguimos suportar a pressão e num contra-ataque, aos 93 minutos do jogo, Valencia acreditou no lance e Valdez que vinha tão bem na partida fez uma lambança sem tamanho, quando tentou chutar a bola e escorregou feio, deixando o gol aberto para o equatoriano marcar.

Talvez Smalling não tenha condições nem de ser suplente. (Getty Images)
A certeza que tenho após mais essas duas partidas é que Smalling não tem o necessário para ser titular do Manchester United, nesta janela de transferência temos que buscar urgentemente um zagueiro para formar dupla com Bailly, se possível até mais de um, para já ficar como suplente, pois Smalling e Jones, assim como Rojo, não passam nenhuma segurança ao time. Assistimos aos jogos sempre na expectativa de nossa zaga falhar o que para um time com a história que temos é inaceitável. Precisamos honrar os grandes zagueiros que por aqui passaram.

Por hoje é isso, antes de finalizar, gostaria de deixar uma pequena homenagem a Ayrton Senna, que hoje completaria 57 anos caso o destino não tivesse o levado, onde você estiver: Parabéns campeão!

Parabéns campeão! (F1 Mania)

GGMU!

Ypiranga, vitória sofrida e o caminho contra o rebaixamento

O Ypiranga entrou em campo sábado com um único propósito, vencer o Novo Hamburgo, o Nóia líder do campeonato vinha de uma derrota para o Cruzeiro fora de casa e entrava em campo com uma equipe com vários ex-Ypiranga, com destaque para João Paulo, Jardel, Branquinho e Preto. Já o Ypiranga vinha para o jogo sem Tairone, o zagueiro que se tornou volante e acertou o sistema defensivo com a chegada de Macuglia. O sistema defensivo era o que deixava a torcida mais preocupada, Artur e Araújo não dispõem da mesma confiança que Tairone.

João Paulo chateado com sua saída do Ypiranga já havia demonstrado antes do jogo que iria entrar com vontade dobrada, e foi na base da vontade que ele venceu a marcação e tocou para Branquinho chutar na saída de Carlão e abrir o placar para o Novo Hamburgo logo aos 12 minutos do primeiro tempo. A torcida do Ypiranga se preocupou, com a derrota o Ypiranga ficava praticamente rebaixado a 2° Divisão Gaúcha.

Após o gol do Nóia, Thales fez uma boa jogada e finalizou no travessão, aos 29 minutos cruzamento da direita e mais uma bola na trave após cabeceio de Kaio, a sorte não estava com o Ypiranga, o time de Erechim jogava mal, a torcida estava impaciente nas arquibancadas do Colosso. No fim do primeiro tempo Kaio deu lugar a Franc fazer sua estreia pelo canarinho.

No segundo tempo o Ypiranga voltou melhor, o bom público que se fez presente no estádio viu Franc errar um gol ''ao estilo Michel'', sozinho e sem marcação. Mas aos 11 minutos na cobrança de falta de Thales, o zagueiro Léo Carioca cabeceou contra a meta 1x1 no marcador. Logo em seguida aos 13 minutos Maycon recebeu cruzamento da direita e foi derrubado na área, pênalti que Thales cobrou para virar o jogo e a torcida fazer a festa no Colosso da Lagoa.

Thales marca de pênalti (foto: Edson Castro (Atmosfera Online)
O final de jogo foi sofrido, tenso, lembrou-se os saudosos jogos Ypiranga x Glória pela 2° Divisão uns anos atrás. O Novo Hamburgo pressionava e o Ypiranga se segurava de todas as formas possíveis, a arquibancada vibrava a cada carrinho, a cada chute para fora do campo, a cada interceptação de Carlão, o jogo se encaminhou para o final com os ''nervos a flor da pele'' e o Ypiranga segurou o Novo Hamburgo.

Com a vitória seguimos na zona de rebaixamento com sete pontos, porém apenas um ponto atrás de São Paulo e Brasil.

Ypiranga x Internacional

O Ypiranga volta a entrar em campo nesta quarta-feira diante do Internacional, o duelo além de ser válido pela 9° rodada do Gauchão 2017, também vale o troféu da Recopa Gaúcha, pois o Internacional é o atual campeão Gaúcho e o Ypiranga garantiu a vaga através da Copa RS.

A direção do Ypiranga acertou em dividir as torcidas, deste modo agradou seus sócios torcedores, além disso, não será permitida a entrada de camisas de outros times na torcida do Ypiranga.

Briga contra o rebaixamento

A briga contra o rebaixamento segue acirrada São José, Brasil de Pelotas, São Paulo, Ypiranga e Passo Fundo são os times que lutam para não cair, logo abaixo uma análise de cada time e seus respectivos confrontos.

São José: A equipe da Zona Norte tem 10 pontos e ocupa a 8° colocação e tem um jogo decisivo na próxima quinta feira em Rio Grande contra o São Paulo, com uma vitória escapa do rebaixamento, se perder se torna sério candidato a 2° Divisão, pois pegará na sequencia Internacional em casa e Juventude fora, com grandes chances de não pontuar mais, ficando parado com 10 pontos.

Brasil de Pelotas: A equipe de Pelotas tem oito pontos e ocupa a 9° posição na tabela, com uma sequencia teoricamente mais fácil, enfrentará o Caxias e o Novo Hamburgo em casa e termina com o provável já rebaixado Passo Fundo fora de casa. Acredito que é o time mais tranquilo para escapar do rebaixamento.

São Paulo: A equipe da zona sul, tem oito pontos, ocupa a 10° posição na tabela e tem um confronto decisivo com o São José quinta-feira precisando vencer de qualquer modo pois enfrenta o Veranópolis na sequencia fora de casa e encerra com o Grêmio em casa. Será uma guerra quinta feira em Rio Grande
.
Ypiranga: O drama do Ypiranga tem início quarta-feira contra o Internacional, após enfrentará Cruzeiro em Gravataí e encerrará com o Caxias em casa, depende de resultados paralelos, pois está com sete pontos e na 11° colocação, estará quinta-feira torcendo por um empate ou uma vitória do São José em Rio Grande.

Passo Fundo: O lanterna do Gauchão está praticamente rebaixado, com cinco pontos enfrentará o Veranópolis e o Caxias fora de casa, e teoricamente pelo que vem apresentando ao longo do campeonato enfrentará já rebaixado o Brasil de Pelotas.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Inscreva-se no canal LFTV

Curta nossa página no Facebook

Siga-nos no Twitter

Mais lidas da semana